sábado, 29 de fevereiro de 2020

O QUE DE FATO IMPORTA?



“A indiferença é a maneira mais polida de desprezar alguém”. (Mário Quintana)

​Terminada a folia momesca, no calendário dos cristãos católicos, é hora de circunspecção e reflexão. Inicia-se o período da quaresma e, com ele, a campanha da fraternidade que, neste ano, tem como tema "Fraternidade e Vida: dom e compromisso".

​Sobre a escolha do tema, Dom Joel Portella Amado, secretário-geral da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), fez referência à proteção da vida – considerada o maior dom - com o incentivo ao cuidado consigo mesmo e com o próximo, seja um familiar, um amigo, um vizinho, um conhecido e, até mesmo, sejam os desconhecidos à nossa volta.

​Independente de credo, trata-se de uma temática atualíssima. Vivemos na era da individualidade e da indiferença. O psicólogo americano John Gottman, especialista em relacionamentos, criou a tese dos “Quatro cavaleiros do apocalipse”, que define os quatro fatores responsáveis pelo desgaste entre as relações: defensividade, indiferença, crítica destrutiva e desprezo.

Mas qual são os antídotos para esses males? Recorro a Tomás de Aquino, filósofo e teólogo católico que se dispôs a estudar os ensinamentos de Aristóteles e, por meio destes, discorrer acerca da justiça e considerar a perspectiva de Deus a partir da razão (leitura que recomendo, a despeito de qualquer fé que alguém venha professar).

​Em sua Suma Teológica, Tomás de Aquino nos leva a pensar acerca da finalidade das coisas que nos rodeiam e da esperança que nos move para a realização do propósito que colocamos como objetivo a ser alcançado. Respeitar o espaço no qual fomos inseridos – com todos os seus componentes – e abrir outro espaço para o ânimo em direção a novas conquistas são maneiras de combater o desprezo e a indiferença que cunham esta era.

​Quer queiramos ou não, estamos todos interligados. A revista Galileu publicou, em 2014, uma reportagem com o interessante título “7 fatos que provam que você e o cosmos estão intimamente conectados”, e enumera as razões em que a ciência se apoia para demonstrar essa afirmação, a partir também das constatações de Carl Sagan que cunhou a célebre frase “somos todos poeiras das estrelas”.

​Somos todos habitantes de um mesmo lugar. E importar-se com nossa morada e com aqueles que nela também habitam é, em última perspectiva, proporcionar um espaço de maior qualidade para o alcance de nossas realizações.

​As guerras, as instabilidades econômicas, as intempéries políticas, as disputas por poder e até as recentes epidemias podem ser debeladas, se enfrentadas por pessoas altruístas e generosas.

​Neste exato momento, cientistas mundo afora se debruçam em pesquisas com o fito de combater o coronavírus. Homens e mulheres de bem intencionam projetos para minorar os males daqueles que sofrem necessidades. Jovens dedicam seu tempo a tornar a vida de comunidades carentes um pouco mais fácil.

​Respeito, tolerância e compaixão são sentimentos que, tornados em prática diária, resultam num lugar melhor para nós mesmos e para os outros.

​Na verdade, sem “fraternidade e vida: dom e compromisso” para que se combatam a indiferença que se apodera destes dias, nada de fato importa, porque só restaria à aparente polidez do desprezo.

Por Natalino Salgado Filho

BARREIRA DE PROTEÇÃO É INSTALADA AO REDOR DO NAVIO ENCALHADO NA BAIA DE SÃO MARCOS - MA

Uma barreira de proteção com mais de mil metros foi colocada ao redor do navio Stellar Banner, que está encalhado a cerca de 100 quilômetros da costa do Maranhão, informou neste sábado o coordenador de atendimento a emergências ecológicas Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), Marcelo Amorim.
O navio, que saiu do Terminal Marítimo de Ponta da Madeira, em São Luís, e iria para a China, encalhou com cerca de 275.000 toneladas de minério de ferro, além de quatro milhões de litros de combustível e óleo.
De acordo com Amorim, a medida faz parte de uma série de ações para evitar um desastre ambiental caso haja vazamento de óleo. Na sexta-feira, o Ibama disse ter identificado durante um voo de inspeção uma mancha de óleo a 830 metros ao redor da embarcação.

“Todas as ações preventivas estão sendo planejadas e os recursos disponibilizados para que, se ocorrer um vazamento, as empresas possam dar a melhor resposta o mais rápido possível”, disse Amorim Durante coletiva para tratar das ações tomadas para evitar um vazamento de material.
O representante do Ibama disse que os 333 litros de óleo avistados são residuais e que uma vistoria constatou que os tanques da embarcação estão intactos, a casa de máquinas do navio está seca e os motores de geração de energia estão em funcionamento. Um novo voo para detectar possível novo vazamento será realizado na tarde deste sábado.
“O que foi detectado foram pouco mais de 300 litros do que chamamos de resíduos oleosos, esse material foi carregado quer seja pela chuva, quer pela água do mar e se encontra na superfície da água. É uma camada muito fina”, disse. “A melhor prática no mundo para esta situação se chama dispersão mecânica, que é quando se utiliza a própria embarcação para que o óleo se quebre em partes menores e seja mais fácil de ser naturalmente absorvido por bactérias que se alimentam do petróleo no mar.”
Durante a coletiva, o comandante do 4º Distrito Naval, vice-Almirante Nilton de Almeida Costa Neto disse que está em elaboração um plano para reflutuar o navio. A medida envolve, entre outras ações a retirada do óleo combustível que está nos porões da embarcação e parte do minério. Ainda não há uma data para a realização da operação, que está sendo construída em conjunto com a marinha, o Ibama a empresa Polaris, proprietária da embarcação e a Vale, que abasteceu o navio com o minério.

“A primeira carga que provavelmente vai sair é a de óleo para evitar qualquer tipo de contaminação e a parte do minério vai ser retirada conforme a necessidade para que o navio possa reflutuar, as vezes não há necessidade de se retirar todo o minério”, disse o comandante.
Duas embarcações da Marinha foram deslocadas para o local do incidente e ajudarão no levantamento de informações, entre elas sobre a densidade do banco de areia onde o Stellar está encalhado. Costa neto disse que outras quatro embarcações especializadas no atendimento a derramamento de óleo em plataformas de petróleo, chamadas de Oil Spill Recovery Vessel (OSRV), foram direcionadas para o local onde o navio está encalhado.
Elas também darão apoio de forma preventiva ao incidente. “Não vamos esperar que haja algum problema para que a gente coloque alguma situação, porque é muito longe e não teríamos como deslocar para lá e instalar barreira depois de ter começado um vazamento, tem correntes fortes”, disse o comandante. “Temos que tomar uma série de medidas para qualquer tipo de eventualidade”, acrescentou.
Um inquérito administrativo foi aberto para apurar as causas do acidente. A expectativa é que a análise das informações demore cerca de 90 dias. “Nenhum acidente desta monta se estipula uma causa de imediato. O inquérito vai levantar todos os dados técnicos e as oitivas com todos os envolvidos que tiveram algum tipo de participação no incidente”, disse.

SENADOR ROBERTO ROCHA VISITA A UFMA E PRETENDE BUSCAR RECURSOS PARA CONCLUSÃO DA BIBLIOTECA CENTRAL

O senador também defende a criação da nova Universidade Federal da Amazônia Maranhense.

Nesta sexta-feira, 28, o senador Roberto Rocha visitou a Universidade Federal do Maranhão com o objetivo de conhecer as demandas da instituição e compartilhar projetos para pleitear recursos com a bancada federal maranhense. Na ocasião, ele foi recebido pelo reitor Natalino Salgado e integrantes de sua equipe, composta por pró-reitores, superintendentes e diretores.

Para o senador, a UFMA é fundamental para o desenvolvimento do Maranhão. “Nesse encontro, tivemos a oportunidade de falar sobre nossos projetos e do importante papel da Universidade para o crescimento do estado”, disse.
Devotado em contribuir com a expansão e melhoria da UFMA, Roberto Rocha já destinou uma emenda parlamentar na ordem de R$ 2 milhões para a aquisição de novos livros, conseguiu aprovação orçamentária para a construção de um prédio acadêmico no câmpus de Imperatriz, entre outras ações de apoio à Universidade.
“Talvez, na história da Instituição, eu seja o parlamentar que mais tenha lutado por emendas destinadas a este centro universitário. Ao visitar a Biblioteca Central, que está com as obras paralisadas, entendo a necessidade de buscar recursos para inaugurarmos essa importante obra. Uma biblioteca que deve ser, ao mesmo tempo, tradicional, com livros físicos, mas interligada com o mundo, de maneira tecnológica”, frisou o senador, que, nessa tarde, visitou, ainda, o planetário da UFMA.
Sobre o arrojado projeto de criação da Universidade Federal da Amazônia Maranhense, ele revela que é primordial a participação do reitor Natalino Salgado. “Já apresentei o projeto ao presidente da República e ao Ministro da Educação, e, agora, com o apoio do reitor, estamos buscando recursos para dotar os câmpus de Balsas, Imperatriz e Grajaú, para, quando nascer a nova universidade federal, eles já estejam bem-equipados”, revelou.
O reitor Natalino Salgado reconhece o trabalho e a cooperação do senador Roberto Rocha às ações da UFMA. “Como senador, ele está imbuído dos melhores propósitos para levar nossos projetos à aprovação na bancada federal maranhense e, assim, atender às demandas mais emergenciais, como a consolidação do câmpus de Balsas e a construção de um prédio no câmpus de Imperatriz, porque lá os estudantes estão tendo aulas em escola cedida pela Prefeitura”, afirmou.
ASCOM-UFMA

DUARTE JÚNIOR MANDA PROCESSAR RÁDIO MIRANTE PORQUE OUVINTE "FALOU MAL" DELE NO PROGRAMA

Novo áudio do pré-candidato a prefeito de São Luís, deputado estadual Duarte Júnior (Republicanos), revela que o ex-presidente do Procon tem um perfil ditador e não aceita que ouvintes façam qualquer tipo de critica que não o agrade.

Resultado de imagem para DUARTE JUNIOR NA RÁDIO
Na mensagem, direcionada a sua advogada Tairinne Morais, Duarte Júnior assume o perfil típico da época da ditadura militar, na qual o cidadão comum e os veículos de comunicação eram proibidos de fazer qualquer crítica.

“Tairinne entra com uma ação contra a Mirante porque eles permitiram que um ouvinte falasse mal de mim na rádio”, diz parte do áudio.

Em seguida, de maneira equivocada, o pré-candidato a prefeito de São Luís tenta convencer a advogada de como as rádios devem se comportar.

“Pelo simples fato deles terem deixado alguém entrar na rádio para falar, é… tá errado”, diz outra parte do áudio.

O ex-presidente do Procon, que é alvo de ação proposta pelo Ministério Público Eleitoral segue defendendo a censura contra ouvintes que usam programas de radio e até TV para cobrar eficiência de gestores públicos, deixando claro de como será sua postura contra participantes de programas de rádio caso seja eleito prefeito de São Luís.

“As rádios corretas não permitem que o ouvinte participe para não correr esse risco”, diz outro trecho da conversa.

No final do áudio, Duarte termina dizendo o que ele realmente quer dos veículos de comunicação de São Luís.

“Eu quero que entre com uma ação, pedindo que eu participe do programa pra falar bem de mim, claro, eu não sou doido, faz isso agora, urgente, eu tô puto aqui.” Conclui o então pré-candidato a deputado estadual.

Nesta sexta-feira (28), após o vazamento do áudio, a conceituada jornalista Carla Lima, editora de Política do jornal O Estado, comentou os áudios de Duarte Júnior.

A jornalista afirma ter feito questionamentos sobre os áudios vazados diretamente ao próprio Duarte Júnior. De acordo com Carla Lima, ele não respondeu à nenhuma pergunta.

A jornalista lembrou que Duarte Júnior é alvo de um processo que pede a sua cassação por suposto uso do Procon para benefício próprio e inelegibilidade por até oito anos.

A editora de Política concluiu sua participação fazendo uma relação dos questionamentos com o áudio em que Duarte ameaça processar a emissora de rádio. “Fazendo a relação com ele, naquele áudio que ele ameaça processar a Mirante porque um ouvinte o criticou e ele não pôde responder, como se ele quisesse censurar o que o ouvinte tem pra dizer, ele perdeu na justiça isso, quando lhe é dado a oportunidade, parece que ele não tem o mesmo interesse de responder. Mas fica aí, procurado ele foi, mas não respondeu.” Concluiu a jornalista.

MARAMAIS

CAOS NA UEMA! O GOVERNADOR COMUNISTA ESTÁ SEM PAGAR TERCEIRIZADOS HÁ 3 MESES

Depois da postagem do grito dos estagiários, foi a vez dos terceirizados se manifestarem. Informações que chegaram ao Blog Neto Cruz apontam que os terceirizados da UEMA também estão com salários atrasados há três meses. A informação é de que não tem recursos para passar para a Fundação de Apoio ao Ensino, Pesquisa e Extensão (FAPEAD).


Veja e-mail recebido:
Por Neto Cruz

sexta-feira, 28 de fevereiro de 2020

BRK AMBIENTAL RETIRA 1.150 TONELADAS DE LIXO DAS REDES DE ESGOTO EM PAÇO DO LUMIAR E RIBAMAR


Mais de 1.200 atendimentos foram realizados pelas equipes de operação para desobstruir as redes coletoras. A BRK faz um alerta a população. 


Em Paço do Lumiar e São José de Ribamar, as equipes de manutenção da BRK Ambiental, empresa responsável pelos serviços de água e esgoto nestes municípios, realizaram cerca de 1.200 atendimentos para desobstrução de redes de esgoto, uma média de 3,5 atendimentos por dia, retirando ao todo 1.150 toneladas de lixo – problema causado pelo descarte irregular de resíduos na rede de esgoto por parte da população.
Um dos maiores vilões é o óleo de cozinha. Mas também são encontrados itens como papel higiênico, fraldas descartáveis e absorventes, roupas, medicamentos, materiais de construção e até balões de festa de aniversário.
Os materiais são responsáveis pela obstrução das redes coletoras e provocam o retorno do esgoto para dentro dos imóveis e rompimento de tubulações dimensionadas para receber apenas o efluente.
Segundo o Gerente de Operações da BRK Ambiental no Maranhão, Lineu Machado, a rede de esgoto é um equipamento público responsável por coletar, afastar e transportar apenas o que sai de banheiros, pias e lavanderias. “Essa água ‘suja’ deveria chegar até as estações de tratamento com as bactérias e dejetos que já estão previstos, no entanto, as coletoras são tomadas por resíduos orgânicos, dificultando o processo de tratamento e desviando ações das equipes que atuariam em ocorrências como falta de água imprevista e vazamentos, para atividades de desobstrução”, pontua ele.
Contaminação
O lixo no sistema de esgotamento pode contaminar, além de animais, rios e mar, e assim a água que retorna à população, sobretudo quando há presença de medicamentos. Além do impacto causado pelo descarte incorreto de materiais sólidos, as dificuldades encontradas na operação das ETEs estão diretamente relacionadas à ligação irregular de águas pluviais com a rede coletora. O sistema de esgotamento local foi concebido considerando o separador absoluto, ou seja, a rede deve receber apenas esgoto doméstico, e não está dimensionado para águas provenientes das chuvas.
O custo aproximado para a realização das desobstruções de rede de esgoto em 2019 foi de R$1,3 milhões. Essa realidade pode e deve ser mudada através da conscientização das pessoas, com o simples ato de não descartar indevidamente itens como esses que acabam obstruindo as redes do sistema de esgotamento sanitário.
OESTADO

O IBAMA INFORMA QUE O NAVIO ENCALHADO TEM CERCA DE 4 MIL TONELADAS DE ÓLEO

O Ibama (Instituto Nacional de Meio Ambiente e Recursos Naturais Renováveis) informou nesta quinta (27) que o navio encalhado na costa do Maranhão, contratado pela Vale, tem 4.000 toneladas de óleo combustível. As autoridades tentam acelerar o processo de retirada, para evitar um desastre ambiental.
Resultado de imagem para navio Stellar Banner
O volume de combustível no navio é quase equivalente às cerca de 5 mil toneladas de resíduos oleosos (óleo misturado a areia e água) recolhidas nas praias do Nordeste após vazamento de origem não identificada em 2019. Ainda não há sinais de vazamento no Maranhão, mas especialistas alertam para o risco de rompimento do casco da embarcação. Segundo a Vale, são 3,5 mil toneladas de óleo residual e 140 toneladas de óleo destilado.
O navio Stellar Banner deixava o terminal da Ponta da Madeira rumo à China quando sofreu avarias no casco após tocar o fundo do mar. Para evitar naufrágio, o comandante encalhou a embarcação em um banco de areia a cerca de cem quilômetros da costa.
Segundo a Vale, o Stellar Banner pode carregar 294,8 mil toneladas de minério de ferro. Ele mede 340 metros de comprimento, o equivalente a três campos de futebol, e tem 55 metros de largura. Seu tamanho é um dos fatores que amplia o risco de vazamento, já que a distribuição irregular do peso da carga ou a força das ondas pode provocar a ruptura do casco. Nesta quinta, quatro rebocadores prestavam apoio no local. Um deles ajudava a manter o navio na posição em que se encontra.
Ainda não há prazo para o início da operação de retirada do óleo — que geralmente é feita com o apoio de barcaças, que recebem o produto dos tanques dos navios. A Vale informou que pediu à Petrobras embarcações recolhedoras de óleo no mar e está contratando barreiras de contenção, para o caso de vazamento. O Ibama sobrevoou a área por volta das 16h desta quinta.
Segundo o coordenador de Atendimento a Acidentes Tecnológicos e Naturais do Ibama, Marcelo Amorim, inspeção visual não identificou manchas de óleo perto do navio. Devido ao clima, porém, não foi possível usar os sensores da aeronave. A equipe sobrevoou também praias que poderiam ser atingidas por eventual vazamento, de acordo com simulações de maré, e também não encontraram sinais de poluição por óleo. Novo sobrevoo será feito nesta sexta-feira (28).
Pela manhã, as autoridades se reuniram para discutir o processo de resgate com a Vale e a Ardent Global, empresa contratada pela dona do navio. Segundo a Marinha, a Ardent está realizando inspeções das condições estruturais do navio. Caso a retirada do óleo seja bem sucedida, o próximo passo é tentar flutuar artificialmente o navio, para transporte até o terminal, onde o minério seria retirado. Todo o processo, porém, depende da manutenção das condições estruturais do casco.
Em nota distribuída nesta quinta, a Polaris diz que o Stellar Banner “entrou em contato com algo não identificado no fundo do mar”, o que levou a danos em tanques de água e espaços vazios em seu casco — trata-se de um navio de casco duplo, que é uma proteção extra contra colisões. “Acredita-se que os porões de carga esteja intactos e a situação está sob controle”, afirmou a companhia.
Sediada em Seul, a Polaris é uma empresa especializada no transporte de minério de ferro, que tem em sua frota 36 navios. Deles, 27 deles são da mesma classe do Stellar Banner. Em 2017, um navio de sua frota, Stellar Daisy, afundou na costa uruguaia quando levava 260 mil toneladas de minério da Vale para a China. Apenas dois dos 24 tripulantes foram encontrados. Eles haviam escapado em um bote salva vidas.
Por Juraci Filho

CRÍTICAS COM SERENIDADE

Resultado de imagem para josé sarney
Para quem passou por vários mandatos eletivos e entende de perto a estrutura das instituições, sabe da importância de se preservar – em momento turbulento – a serenidade nas opiniões. Foi o que fez o ex-presidente da República, José Sarney (MDB), quando emitiu opinião a respeito do compartilhamento de vídeo do presidente Jair Bolsonaro convocando a população para se manifestar contra o Congresso Nacional e o Poder Judiciário.
Sem precisar alardear que a intenção do chefe do Executivo do Brasil parece tender para um fechamento do sistema político, Sarney lembrou que o país passou por um momento de transição quando estas instituições estavam frágeis e também em um processo que poderia levar ao fortalecimento, logo a uma democracia.
Foi no período da transição que uma constituição foi discutida e votada no Congresso Nacional, e que entre tantas cláusulas petras está a de que os poderes são independentes entre si e devem existir em harmonia.
Além de dar o exemplo do momento histórico brasileiro, Sarney lembrou da importância da Câmara dos Deputados e do Senado, já que ele, segundo o que disse ao site 247, passou metade de sua vida num parlamento.
“Passei 52 anos no Parlamento, mais da metade da minha vida. E afirmo com a certeza da experiência que sem Parlamento forte não há democracia forte. Sem Congresso, não há democracia”, disse o ex-presidente.
As declarações deixam claro a importância dos princípios constitucionais e a defesa da democracia. Opinião completamente diferente de quem quer dividendos políticos pensando na tentativa de sempre polarizar com os olhos voltados para 2022.
Estado Maior

quinta-feira, 27 de fevereiro de 2020

DEPUTADO WELLINGTON DENUNCIA NOVAMENTE O DESCASO DO GOVERNO COMUNISTA SOBRE A MA - 315

O deputado estadual Wellington do Curso realizou visita de inspeção à MA-315, que liga os municípios de Barreirinhas e Paulino Neves. A visita foi feita durante o período carnavalesco, aproveitando o intenso fluxo de veículos que passavam pela importante estrada dos Lençóis Maranhenses. Já na manhã de hoje (27), o parlamentar expôs em suas redes sociais a realidade da rodovia estadual e solicitou de Flávio Dino que se manifestasse sobre o caso.
Ao solicitar ações imediatas, Wellington relembrou a Flávio Dino que, no início do ano, em janeiro de 2020, fiscalizou tal rodovia e encaminhou o pedido de recuperação ao Governo do estado, mas até o presente momento a situação da MA segue sendo precária.
“Realizamos uma visita de inspeção à MA-315 no início do ano. Encaminhamos o pedido de recuperação a Flávio Dino. Já se passaram 02 meses e a situação da MA segue em estado precário. A estrada, que foi construída ano passado, possui vários trechos totalmente deteriorados. Foram gastos mais de R$ 10 milhões e o que se vê hoje é só buraco. Flávio Dino sabe dessa realidade, mas prefere investir em propaganda mentirosa a ter que realizar melhorias nas rodovias estaduais. Essa é a prova de que, no Maranhão, a realidade é bem diferente da propaganda. O governador que ofereceu ajuda para o presidente do país nas rodovias federais é o mesmo que abandona as rodovias estaduais. Estamos encaminhando dossiê completo e aguardamos ações imediatas a fim de se garantir a recuperação de tal estrada”, disse Wellington.
A ecorodovia foi inaugurada em janeiro do ano passado com a promessa de que iria fomentar o turismo maranhense com a diminuição da distância entre dois destinos da Rota das Emoções, Lençóis Maranhenses e Delta das Américas.
Por Jorge Aragão

UFMA: SHOW DE ACOLHIDA RECEBERÁ CALOUROS COM ATRAÇÕES MUSICAIS, JOGOS ELETRÔNICOS E MUITO MAIS

A Universidade Federal do Maranhão está realizando um grande evento para dar as boas-vindas aos novos estudantes. Bandas de rock, reggae, MPB, jogos eletrônicos, feira criativa são alguns dos espetáculos que farão parte do Show de Acolhida, que ocorrerá no dia 2 de março.
A banda de rock Michelly, o reggae de Emanuele Paz e os Salvadores, toda a musicalidade de Milla Camões, os ritmos da bateria da Atlética “Matraca”, do curso de Medicina da UFMA, são as atrações já confirmadas que se apresentarão, a partir das 15h30, no Centro de Convenções da Cidade Universitária Dom Delgado.
Além desses espetáculos, a Liga de E-Sports das Atléticas do Maranhão (Lesama) proporcionará experiências interativas ao trazer a cultura do e-sport para o ambiente acadêmico, apresentando as modalidades de jogos eletrônicos mais disputados na atualidade, como League of LegendsCounter Strike, Arena Free Play, entre outros.
Não é só o entretenimento que terá espaço nessa festa. Durante as atividades, haverá a Feirinha de Economia Criativa, um projeto piloto construído por estudantes da UFMA, em parceria com a Pró-reitoria de Assistência Estudantil e a Pró-reitoria de Extensão e Cultura,  que estreará no Show de Acolhida.
O projeto disponibilizará vinte barracas compartilhadas para acolher os estudantes que desenvolvem algum tipo de atividade econômica no câmpus. Entre a programação da acolhida, serviços literários, alimentícios e brechós serão oferecidos ao público, com o objetivo de consolidar a feirinha como um ponto de encontro fértil entre os jovens empreendedores da UFMA.
Show de Acolhida no continente
A recepção aos calouros ocorrerá, também, nos câmpus do continente. Acompanhe a programação:
No câmpus de Bacabal, a programação terá início às 14 horas, com a palestra intitulada "Literatura e ensino", que será ministrada pelo professor Rebenil Silva Oliveira, da UFMA e UEMA.
Já no câmpus de Chapadinha, começará às 8h30, com a palestra Área, perfil e perspectiva do profissional da Engenharia Agrícola, das Ciências Biológicas, da Agronomia, e da Zootecnia. À tarde, haverá a solenidade da botina, do chapéu e do jaleco, e encerará com shows. A programação vai até o dia 7. 
No câmpus de Pinheiro, a programação ocorrerá no dia 3 de março, com um Trote Solidário: Trote Verde - Doação e plantio de mudas de plantas frutíferas e ornamentais (O trote solidário consiste na escolha de um tema a ser trabalhado com os calouros e buscando inserir os veteranos também com o apoio dos CAs). A proposta é plantar, no ano de 2020, mil mudas de plantas no entorno dos prédios. Haverá ainda a aula inaugural intitulada “Saúde e meio Ambiente: reflexões para a formação acadêmica”, ministrada pelo professor José Aquino Junior, além do momento cultural com a Roda de Tambor ou música com cantores da terra.
E no câmpus de Imperatriz, as atividades terão início às 16 horas, Auditório UFMA – Centro, com a apresentação de João Lucas (Voz e Violão), Neres (Voz e Violão), Cia. Sotaque e Boi Bem Querer, apresentação dos serviços da Assistência Estudantil e Biblioteca, lançamento do logotipo UFMA 40 Anos-Imperatriz, e a Participação dos Centros Acadêmicos, com stands para recepção aos calouros.
Ascom-UFMA

FIES 2020: ESTUDANTES PRÉ-SELECIONADOS JÁ PODEM CONSULTAR E COMPLEMENTAR INSCRIÇÃO

Saiu, na noite desta quarta-feira, 26 de fevereiro, o resultado do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) do primeiro semestre de 2020. Cerca de 270 mil pessoas se inscreveram para concorrer a 70 mil vagas, ou seja, quase 4 candidatos por vaga.
Quem foi selecionado, agora, deve acessar o site do Fies e inserir novos dados exigidos pelo programa, como dados bancários e informações sobre o fiador e sobre o seguro para pagamento de dívida em caso de falecimento. Depois, o candidato precisa validar suas informações, em até 5 dias, junto à Comissão Permanente de Supervisão e Acompanhamento (CPSA), que fica na própria instituição de ensino onde fará o curso.
Com essa validação, o próximo passo é ir, em até 10 dias, à agência da Caixa Econômica Federal escolhida na hora da inscrição. A formalização do contrato de financiamento é feita nesse momento.
Lista de espera – Quem participou da seleção, mas não foi aprovado, tem mais uma chance: a lista de espera. Os candidatos que não foram pré-selecionados são automaticamente incluídos nessa lista. Os estudantes devem acompanhar sua eventual pré-seleção, de 28 de fevereiro a 31 de março, no site do Fies.
Pagando o Fies – O estudante que aderiu ao Fies começa a pagar o financiamento estudantil a partir do primeiro mês após a conclusão do curso. Caso o estudante esteja empregado, a parcela é descontada em folha de pagamento. A taxa efetiva de juros do Fies para estudantes que se enquadrem na modalidade Fies será de juros zero; e, para estudantes que se enquadrem na modalidade P-Fies, dependerá das taxas estipuladas instituição financeira (que pode ser privada ou banco regional de desenvolvimento).
Caso o estudante não possua renda no momento previsto para o início da amortização do saldo devedor ou em qualquer momento durante o período de amortização, o financiamento será quitado em prestações mensais equivalentes ao pagamento mínimo, de acordo com regulamento do programa.
O financiamento respeitará a capacidade de pagamento do estudante. A estimativa é que a dívida seja quitada em um prazo de 14 anos.
Com informações do MEC

ELEIÇÕES 2020: EDUARDO BRAIDE REFORÇA SEU TIME COM NOVAS FILIAÇÕES

O deputado federal Eduardo Braide e pré-candidato a prefeito de São Luís, anunciou, nesta quinta-feira (27), a filiação do médico Érico Cantanhede., Fundador e ex-presidente da Associação dos Médicos dos Socorrões I e II (AMESS).
Segundo Braide, a filiação de Érico Cantanhede ao Podemos reforça que a saúde será uma de suas prioridades.
“É muito importante ouvir os profissionais que atuam nos Socorrões, uma vez que são responsáveis pela maioria dos atendimentos de urgência e emergência da nossa capital. Por isso, a chegada do médico Érico Cantanhede ao Podemos, demonstra que a saúde permanece como uma de nossas prioridades para São Luís”, disse Braide.
Antes do Carnaval, Braide já havia anunciado a filiação no Podemos de Alex Paiva, uma das lideranças políticas da região Itaqui-Bacanga e do delegado Marcos Affonso.
Além disso, Braide confirmou as alianças do Podemos com o PSD e PMN.

ESCOLA FLOR DO SAMBA É A GRANDE CAMPEÃ DO CARNAVAL NO MARANHÃO

É o 14º título da história da escola, que homenageou na passarela as festas que são Patrimônio Cultural e Imaterial do Brasil.


Levando para a passarela um enredo sobre as festas que são Patrimônio Cultural e Imaterial do Brasil, a Flor do Samba conquistou seu 14º título do carnaval de São Luís. Ao todo, a escola atingiu 140 pontos somando todos os nove quesitos avaliados.

Veja a pontuação completa das escolas de samba de São Luís:

  • Flor do Samba - 140 pontos
  • Turma do Quinto - 139.5 pontos
  • Turma da Mangueira - 139.3 pontos
  • Favela do Samba - 139.3 pontos
  • Império Serrano - 138.5 pontos
  • Marambaia - 138.3 pontos
  • Mocidade Independente da Ilha - 136.6 pontos
  • Terrestre do Samba - 136.2 pontos
  • Unidos de Fátima - 135.9 pontos
  • Túnel do Sacavém - 135.6 pontos
Dentro de seu enredo, a Flor do Samba apresentou fantasias com uma nova visão, como o Bumba Meu Boi, que além de alas, dividiu um carro alegórico com a representação do Boi Bumbá, por exemplo.

Durante o desfile, a escola comunicou ao público que a mistura das manifestações europeias, indígenas e afrodescendentes foram a fórmula perfeita para tornar o Brasil rico culturalmente. Os principais destaques foram para as homenagens à Festa do Divino, ao tambor de crioula, ao Bumba Meu Boi, ao Boi Bumbá e ao Círio de Nazaré. Veja abaixo o samba-enredo da escola.

História

A escola Flor do Samba foi a responsável pelo processo de modernização das escolas de samba de São Luís, introduzindo alegorias e materiais especiais para a confecção de roupas e acessórios que eram usados somente por escolas do carnaval do Rio de Janeiro. Com isso, a agremiação se tornou conhecida pelo luxo e pela beleza em seus desfiles.

Fundada por um grupo de pescadores em 11 de novembro de 1939 em São Luís, a Flor do Samba é a segunda agremiação mais antiga da capital maranhense. Veja abaixo um vídeo especial do G1 Maranhão com a história e a preparação da Flor do Samba para o carnaval deste ano.

G1 MA

A MARINHA DO BRASIL ESTABELECE GABINETE DE CRISE E PLANOS DE DESENCALHE E SALVATAGEM DO NAVIO MV STELLAR BANNER


A Marinha do Brasil instaurou um inquérito administrativo para apurar causas, circunstâncias e responsabilidades do incidente envolvendo o navio mercante MV Stellar Banner. A Marinha também estabeleceu um Gabinete de Crise na Capitania dos Portos do Maranhão, em São Luís, no Comando do 4° Distrito Naval, em Belém, e no Comando de Operações Navais, no Rio de Janeiro, para tratar os possíveis danos ambientais advindos do encalhe da embarcação e dos planos de desencalhe e salvatagem para a retirada da embarcação do local.

O navio está encalhado, após apresentar um problema nas proximidades da Baía de São Marcos, a cerca de 100 quilômetros da capital maranhense. Carregado com minério no porto da Ponta da Madeira no início da semana, a embarcação pertence à empresa Vale e seguia para a China.
A avaria foi registrada na proa do navio, que precisou ser evacuado. Quatro rebocadores se deslocaram em direção ao navio mercante para coletar mais informações e prestar apoio. Vinte tripulantes permanecem em segurança na área à bordo dos rebocadores.
Em nota, a operadora portuária Vale informou que está atuando com suporte técnico operacional, com o envio de rebocadores e colaborando com autoridades marítimas.

MA10

quarta-feira, 26 de fevereiro de 2020

NAVIO CARREGADO COM MINÉRIO DE FERRO DA VALE ESTÁ AFUNDANDO NA BAIA DE SÃO MARCOS

Embarcação saiu do Terminal Portuário da Ponta da Madeira, em São Luís, e teria como destino a cidade de Qingdao, na China

Embarcação está afundando perto da costa do Maranhão / BandNews FM
Embarcação está afundando perto da costa do Maranhão.
Um navio carregado de minério de ferro da Vale corre o risco de afundar perto da costa do Maranhão. A embarcação saiu do Terminal Portuário da Ponta da Madeira, em São Luís, e teria como destino a cidade de Qingdao, na China.

De acordo com as informações da Capitana dos Portos, o problema na embarcação foi constatado ainda na noite de terça-feira. As primeiras informações apontam que entrou água nos compartimentos de carga, indicando possíveis fissuras no casco.

O comandante do MV Stellar Banner emitiu um alerta de emergência via satélite e levou a embarcação para um banco de areia. No momento, o navio está encalhado. Equipes da Capitania dos Portos e da Vale foram encaminhadas ao local e cerca de 20 tripulantes foram evacuados.

Veja a nota enviada à imprensa sobre o caso:

Informado em 26.02.2020 pela manhã que o MV Stellar Banner a aproximadamente 65 milhas náuticas (fora da poligonal do Porto) verificou entrada de água nos seus compartimentos de carga, indicando possibilidade de fissura no casco. Comandante pediu apoio de terra e estão em buscando solução, sendo uma delas buscar um banco de areia para tentar encalhar o navio e evitar um possível naufrágio. Enviado embarcações, helicópteros e recursos ao local. Em fase de avaliação pelos envolvidos: Vale, Autoridade Portuária e Capitania.

CINEGRAFISTA DA TV ASSEMBLEIA MORRE ENQUANTO FAZIA COBERTURA DO CARNAVAL EM SÃO LUIS

Resultado de imagem para cinegrafista Gilson Cardoso Rodrigues
O cinegrafista Gilson Cardoso Rodrigues, de 35 anos, morreu na noite dessa terça-feira (25), no circuito Beira Mar após sofrer um infarto fulminante do coração. Gilson trabalhava com a equipe de reportagem que cobria o Carnaval com a repórter Milena Dutra, quando começou a sentir-se mal.
O profissional foi atendimento prontamente pela equipe do Corpo de Bombeiros com o auxílio de vários policiais que abriram caminho em meio a multidão, o próprio comandante do Corpo de Bombeiros, Cel. Célio Roberto, acionado por Juraci Filho, esteve presente para comandar todo o trabalho.
Gilson recebeu reanimação e foi levado para o hospital de campanha montado na Praça Maria Aragão, mas infelizmente após sofrer quatro paradas cardíacas, não resistiu e acabou morrendo ainda no local.
O Velório dar-se-á na Igreja que Gílson Cardoso frequentava, e o sepultamento será no cemitério na Estrada da Maioba. Gilson era torcedor do Moto Club, que hoje enfrenta o Fluminense pela Copa do Brasil.
Com informações do Blog do Juraci Filho

O COMUNISTA FOMINHA DOS IMPOSTOS! FLÁVIO DINO INSTITUI TAXA DE 3% SOBRE A SOJA E OUTROS PRODUTOS PRODUZIDOS NO MARANHÃO

A lei de autoria do Governo do Estado, e a partir de março, o tributo incidirá sobre a soja, milho, milheto e sogo produzidos e transportados no Maranhão

Entra em vigor no próximo dia 10 de março, a lei de autoria do Governo do Maranhão, que, dentre outras coisas, institui uma nova taxa de 3% sobre a tonelada da soja, do milho, do milheto e do sogo “produzidos e transportados no Estado do Maranhão”.
O dispositivo foi aprovado pela base aliada ao governador Flávio Dino (PC do B) no final do ano passado. Como a sanção do comunista se deu ainda em dezembro, a nova lei – assim como a nova contribuição dos produtores – passa a valer a partir de março.
O tributo foi incluído na mesma lei que reduziu o Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) do gás de cozinha, que isentou do pagamento de IPVA mototaxistas e novas categorias de taxistas, e que autorizou o Estado a privatizar a Companhia Maranhense de Gás (Gasmar).
O texto foi aprovado por unanimidade pela Assembleia Legislativa no início de dezembro de 2019.

A nova contribuição foi incluída na Lei nº 8.246/2005, que cria o Fundo Estadual de Desenvolvimento Industrial do Estado do Maranhão. É para esse fundo que serão direcionados os novos recursos arrecadados, de acordo com o texto aprovado.
Ainda no ano passado, quando se descobriu que a contribuição havia sido “camuflada” num projeto com benefícios aos maranhenses, o deputado estadual Adriano Sarney (PV) comentou, em vídeo divulgado em suas redes sociais, a decisão do governador de taxar esses produtos.
“O Governo do Estado, no apagar das luzes de 2019, decidiu tributar produtos agrícolas, aqueles que vêm do campo, que geram riqueza, que trazem investimentos de fora do estado para o Maranhão, que geram mais emprego, mais renda. E você sabe que, no final das contas, quem vai pagar é você”, destacou (saiba mais).
Por Gilberto Léda

segunda-feira, 24 de fevereiro de 2020

FLÁVIO DINO RECRUTA ESTUDANTES PARA FAZEREM PESQUISA NO CARNAVAL PAGANDO A BAGATELA DE APENAS R$ 100,00


Pesquisadores receberam o auxílio na Sexta-feira de Carnaval, mas terão que devolvê-lo em 24 horas em caso de falta.

Resultado de imagem para flávio dino e dinheiro
O governador Flávio Dino (PC do B) gasta milhões com aluguéis de aeronaves e carros de luxo, com pagamento de cachês a artistas de fora, banquetes para convivas no palácio, para acomodar aliados e apaniguados com cargos em sua gestão, entre outras extravagâncias. Mas na hora de investir em atividades que possam produzir conhecimento e informações estratégicas, o dinheiro é regrado.
Que o digam 25 estudantes de nível técnico e superior, todos formandos, selecionados para aplicar o questionário de uma pesquisa de satisfação com turistas que estejam passando o Carnaval em São Luís, “agraciados” com a modesta quantia de R$ 100,00 (cem reais) para executar o trabalho. Como se não bastasse a quantia irrisória para a importância da tarefa, ainda tiveram que liberar o uso gratuito de suas imagens para exploração em propaganda.
Por meio do edital n° 001/2020, de 11 de fevereiro de 2020, a Secretaria de Estado do Turismo (Setur) abriu inscrição para credenciamento de “pesquisador júnior” para prestar serviços na área de estudos e pesquisas ao Observatório do Turismo do Maranhão. Os candidatos deveriam ter idade acima de 18 anos e estar cursando nível técnico ou graduação em Turismo, Administração, Ciências Contábeis, Ciências Econômicas, Comunicação Social, Direito, Hotelaria, Marketing e Serviço Social – nível técnico ou graduação.
O trabalho
A tarefa a ser desempenhada é a seguinte: realizar pesquisa de campo sobre perfil e satisfação do visitante, no período do Carnaval (23, 24 e 26 de fevereiro de 2020), no Circuito Carnavalesco (Beira-mar e proximidades) e nos portões de entrada (aeroporto, ferry boat e rodoviária) da capital.
Uma das regras impostas pela Setur é a de que os estudantes tenham disponibilidade para realizar a pesquisa de campo durante três dias no período do Carnaval (23, 24 e 26 de fevereiro) nos turnos matutino e vespertino, segundo escala a ser realizada pela coordenação executiva.
Devolução
Em caso de não comparecimento na realização da pesquisa de campo, o candidato será obrigado a devolver à Setur os R$ 100,00 recebidos antecipadamente como “auxílio deslocamento”, por meio de depósito em uma conta aberta especialmente aberta para esse fim no Banco do Brasil e enviar o comprovante da devolução do valor ao e-mail (observatorioturismoma@gmail.com).
A carga horária será de até 24 horas, distribuídas em três dias, segundo escala a ser definida pela coordenação executiva. Os recrutados também foram obrigados a autorizar o uso gratuito dos seus direitos de imagem e voz pelo governo.
Pouco dinheiro e muito trabalho, que poderia muito bem ser realizado pelo númeroso contingente de apaniguados pendurados nos cabides de emprego que existem em todos os escalões da administração comunista.
OESTADO

VIGIA É PRESO POR TER ELETRIFICADO PORTÃO QUE VITIMOU FOLIÃ COM CHOQUE FATAL

Corpo da mulher vítima de choque elétrico e viaturas no local da tragédia.
A polícia prendeu em flagrante, nesta segunda-feira (24), o vigia responsável pela ligação elétrica ilegal em um prédio na rua Parque 15 de Novembro, fora do circuito de carnaval da Beira Mar, que levou à morte de uma mulher.
O prédio, da Junta Comercial, passa por reforma conduzida pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), que contratou a empresa privada RG Verde. O vigia trabalha para essa empresa.
O funcionário, que apresentava sintomas de embriaguez ao ser abordado pela polícia, eletrificou ilegalmente o portão e o tapume da obra, que são de zinco, um material condutor de corrente elétrica.
O vigia admitiu ter feito a ligação ilegal, que foi encontrada pela polícia. Ele foi preso em flagrante e conduzido à delegacia.

domingo, 23 de fevereiro de 2020

GOVERNO DO MARANHÃO PODE SER OBRIGADO PELO MP-MA A TERMINAR O HOSPITAL GERAL DE SÃO MATEUS

Resultado de imagem para obras do Hospital Geral de São Mateus no ma
O Ministério Público do Maranhão ingressou, nesta terça-feira,18, com Ação Civil Pública (ACP), com pedido de tutela antecipada, contra o Estado do Maranhão em razão do atraso da obra do Hospital Geral de São Mateus. O MP-MA solicitou à Justiça que obrigue o Poder Executivo estadual a prestar esclarecimentos, no prazo de 30 dias, sobre a existência de recursos específicos para a construção da unidade hospitalar, além da conclusão da obra dentro de 250 dias.
Em caso de não previsão orçamentária, a ACP requer a realocação de recursos de áreas não prioritárias para o Fundo Estadual de Saúde. O pedido foi realizado pela promotora de justiça Alessandra Darub Alves.
As primeiras investigações sobre o atraso na construção do hospital foram realizadas em junho de 2019. Na época, o secretário de estado da Saúde informou que a execução da obra faz parte das atribuições da Secretaria de Estado da Infraestrutura do Maranhão (Sinfra). Foram enviados três ofícios à Sinfra, entre os dias 26 de setembro e 12 de dezembro, solicitando informações. O Ministério Público não obteve respostas.
Na ação, a promotora de justiça ressaltou que o município possui um hospital para atender uma população de 45 mil habitantes e que parte da demanda de saúde de São Mateus é realizada por outras cidades, como Peritoró, São Luís e Teresina. “Não se pode admitir que os cidadãos usuários do SUS, que moram em São Mateus, sejam expostos a risco de morte ou agravamento de seus problemas de saúde pela ineficiência de atendimento do Estado e do Município. É notável a carência de leitos, médicos e estrutura hospitalar que precisa urgentemente ser remediada, pois vidas estão em risco, pessoas agonizam e morrem enquanto aguardam atendimento médico”, afirmou, na ACP, Alessandra Darub.
Também foi requisitada pelo MPMA a inspeção no Hospital São Mateus pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), para que seja verificado se estão sendo atendidas as condições técnicas exigidas na construção de estabelecimentos hospitalares
A ação solicita, ainda, a aplicação de multa de R$ 15 mil em caso de descumprimento dos pedidos.