quinta-feira, 30 de abril de 2020

DENÚNCIA: EMAP EXPÕE SEUS FUNCIONÁRIOS À RISCOS CONTANTES DE CONTAMINAÇÃO POR CORONAVÍRUS

Em vídeo, funcionários aparecem desembarcando, carregando um caixão vindo do navio


Hoje recebemos a denúncia de funcionários do Porto do Itaqui, de que as empresas que compõem o complexo não estão se importando com a pandemia e não abriram mão de que seus funcionários, os quais  continuam a trabalhar normalmente, mesmo com o risco iminente de contaminação, o que tem resultado com que vários trabalhadores do setor saiam todos os dias em ambulâncias por estarem passando mal com sintomas da Covid-19. Os empresários não estão aceitando os atestados médicos, e ameaçam os funcionários de demissão se eles não comparecerem aos seus postos de serviço.

Mesmo com a exigência de que não filmassem nenhuma situação comprometedora no local, uma pessoa gravou através do celular, a retirada de um corpo em um caixão! O procedimento foi muito rápido para que não levantassem muitas suspeitas.


Segundo informações, o corpo é de um tripulante de um navio que veio da China, e não é o primeiro, pois todos os dias, pelo menos um corpo é retirado de algum navio atracado na Baia de São Marcos, e isso é muito grave! Os funcionários estão completamente abandonados pelas as autoridades públicas, que tem afrouxado a fiscalização do Porto!

Não estão aferindo a temperatura dos funcionários, e mais da metade deles tem sintomas febre, mesmo assim, continuam operando. Outros que fizeram o teste e tiveram o resultado positivo, voltaram a trabalhar antes de completar a quarentena, colocando o restante em risco!

Enquanto empresas como a Maxtec estão sem funcionários por conta que a maioria contraiu o Coronavírus, a Empresa Maranhense de Administração Portuária – EMAP não quer nem saber se tem relatos de funcionários com sintomas graves da doença no Porto.

É preciso que se tome providências urgentes! Uma delas é paralisar todas as operações de todas as empresas, pelo menos por 7 dias, para tentar bloquear a proliferação do vírus dentro do ambiente de trabalho, outra é que seja feita uma higienização profunda nos principais locais e equipamentos de trabalho!

COVID-19: LOCKDOWN NO MARANHÃO É DEVIDO O ESTADO APRESENTAR O MAIOR CRESCIMENTO DE ÓBITOS

Se ocupação de UTI for 80%, decreto lockdown, diz governador do ...

A Justiça do Maranhão decretou nesta quinta-feira (30) o 'lockdown' (bloqueio total) em quatro municípios da Região Metropolitana de São Luís, pelo prazo de dez dias, a partir do dia 5 de maio, por conta do aumento de casos e mortes pelo novo coronavírus nas regiões. A ação é do Ministério Público do Maranhão (MPMA).

A determinação é do juiz Douglas de Melo Martins, da Vara de Interesses Difusos e Coletivos da Comarca da Ilha de São Luís. Os municípios de São Luís, São José de Ribamar, Paço do Lumiar e Raposa são as primeiras cidades brasileiras a adotar esse tipo de restrição.

Por meio de nota ao G1, o governo do Maranhão informou que vai aguardar a decisão judicial, analisar e ver as medidas necessárias para o cumprimento das determinações.

De acordo com a decisão, ficarão suspensas todas as atividades não essenciais à manutenção da vida e da saúde, com exceção de serviços de alimentação, farmácias, portos e indústrias que trabalham em turnos de 24 horas. Também está proibida a entrada e saída de veículos da Ilha de São Luís, por dez dias, com exceção para caminhões, ambulâncias, veículos transportando pessoas para atendimento de saúde e atividades de segurança.

A decisão também vai suspender a circulação de veículos particulares, sendo autorizados somente a saída para compra de alimentos ou medicamentos, para transporte de pessoas e atendimento de saúde, serviços de segurança ou considerados essenciais pelo decreto estadual.

Serão limitadas a circulação de pessoas em espaços públicos e a regulamentação do funcionamento de bancos e lotéricas que devem ser abertas somente para o pagamento do auxílio emergencial, salários e benefícios sem lotação máxima nesses ambientes, com organização de filas.

O uso de máscara continua sendo obrigatório nas cidades e foram estendidas a suspensão das aulas na rede privada nos quatro municípios, decisão baseada no decreto estadual para as escolas da rede privada. Os municípios serão responsáveis pela fiscalização efetiva e cumprimento das medidas.

Alta incidência de casos


O juiz fundamentou sua decisão com dados da Fio Cruz, onde afirmou que o Maranhão é o estado da federação que apresenta maior ritmo de crescimento no número de mortos por COVID-19 no Brasil. Douglas Martins também lembra que os hospitais privados já noticiam que a capacidade máxima de seus leitos para pacientes com COVID-19 foi atingida.

Por fim, o juiz diz ainda que a adoção do bloqueio total é necessária porque 'é a única medida possível' e eficaz no cenário para contenção da proliferação da doença e para possibilitar que o sistema de saúde público e privado se reorganize, a fim de que se consiga destinar tratamento adequado aos doentes.
"Do contrário, conforme se viu em outros lugares do mundo, viveremos um período de barbárie", completa o juiz.
A ação do Ministério Público foi assinada por quatro promotores da Defesa da Saúde dos municípios de São Luís, São José de Ribamar, Raposa e Paço do Lumiar. No documento, os promotores pediam que a medida fosse aplicada o quanto antes, para evitar o avanço da doença e novas mortes.

De acordo com o último boletim da Secretaria de Estado da Saúde (SES), divulgado na quarta-feira (29), os quatro municípios juntos possuem 2.728 casos do novo coronavírus e 166 mortes por Covid-19.

G1 MA

COVID-19: CONTRA NÚMEROS NÃO HÁ ARGUMENTOS; O QUE ESTÁ ERRADO NO MARANHÃO?

Contra números não existem argumentos plausíveis, e são justamente os números que comprovam que o Maranhão está no caminho totalmente equivocado no combate a pandemia da Covid-19.
Quase 70% dos casos da Covid-19 no Maranhão atinge pacientes entre ...
No Maranhão, pelo boletim de quarta-feira (29), já tínhamos registrados 3.190 casos, com 184 mortes. A Secretaria de Saúde afirma ainda, no boletim, que um pouco mais de 7 mil testes foram feitos no estado, dentro de um universo de quase R$ 7 milhões de pessoas, correspondente a população do Maranhão.
Inicialmente, chamou a atenção, pois, de acordo com os boletins das respectivas Secretarias de Saúde, os números de óbitos nos estados do Piauí, com 513 casos e 24 mortes, e do Mato Grosso, com 292 casos e 11 óbitos.
No entanto, alguns poderiam achar injusta a comparação, afinal os dois estados possuem população menor que o Maranhão. Sendo assim, para ser mais justa a comparação, comprovando que, infelizmente, estamos no caminho errado, decidimos comparar com os estados do Paraná e Bahia.
No Paraná, de acordo com o boletim da Secretaria de Saúde da quarta-feira, já são 1.348 casos confirmados do novo coronavírus e 82 mortes. No estado já foram feitos 17 mil testes, para uma população de aproximadamente de 11 milhões.
Na Bahia, de acordo com o boletim da Secretaria de Saúde da quarta-feira, já são 2.676 casos confirmados do novo coronavírus e 100 mortes. No estado já foram feitos 17 mil testes, para uma população de aproximadamente de 15 milhões.
Ou seja, os nossos números são alarmantes e situação extremamente grave! Desta forma, fica evidenciado que algo está errado no Maranhão, afinal contra números e fatos, não existem argumentos plausíveis.
E, para o bem de todos, evitando mais óbitos, precisamos corrigir o erro mais rápido possível.
Por Jorge Aragão

quarta-feira, 29 de abril de 2020

GRAVE! EM MEIO A UMA PANDEMIA TÃO SÉRIA, FLÁVIO DINO MASCARA DADOS DA SECRETARIA DE SAÚDE

Com base em levantamento do blog do Jorge Aragão, o blog Marco Aurélio D’Eça calculou os anúncios feitos pelo governador desde o dia 26 de março e cruzou com o relatório oficial da Secretaria de Saúde, do dia 28 de abril; resultado: comunista aponta mais do que existe no Maranhão para o combate ao coronavírus.

Os números de leitos oficiais apresentados pela Secretaria de Saúde estão bem distantes dos anúncios de vagas feitos por Flávio Dino
O blog do jornalista Jorge Aragão fez nesta quarta-feira, 29, importantíssimo levantamento do número de leitos para enfrentamento da pandemia de coronavírus anunciados pelo governador Flávio Dino (PC do B) ao longo dos últimos 32 dias. (Leia o detalhamento aqui)
Com base nestes dados, o blog Marco Aurélio D’Eça fez o cruzamento entre as informações de Dino e os dados oficiais da própria Secretaria de Saúde do Estado. E o resultado é um déficit de 113 leitos entre o que anuncia o governador e o que existe de fato nas unidades de saúde maranhenses.
Segundo todos os anúncios do governador, o Maranhão teria hoje nada menos que 741 leitos – e este número poderia ser de 1.007, não fossem os critérios de eliminação usados pelos blogs.
O relatório oficial da SES, divulgado nesta terça-feira, 28, no entanto, diz que são apenas 628 leitos na rede estadual, bem abaixo do anunciado pelo governador. (Veja quadro acima)
Acompanhe abaixo os anúncios de Flávio Dino, dia após dia, desde 26 de março, segundo levantamento de Jorge Aragão:
Dia 26/03: montagem leitos e equipes do HCI e mais leitos de UTI em Coroatá (sem números);
Dia 27/03: anúncio de mais leitos de UTI (fotos sem descrever qual hospital) e 52 novos leitos no Genésio Rego;
Dia 30/03: incorporação de seis ambulâncias UTI e “150 leitos na rede estadual de saúde”.
Dia 03/04: foto do HCI como hospital 100% Covid e mais 52 leitos incorporados à rede estadual
Dia 05/04 outra vez “52 leitos” no Genésio Rego;
Dia 07/04: 23 leitos em Timom;
Dia 14/04: “na próxima semana teremos mais 100 leitos”;
Dia 15/04: “obra onde vamos instalar mais 50 leitos”;
Dia 17/04: “Na próxima semana, teremos mais 100 leitos…”;
Dia 20/04: “Hoje vamos abrir mais 10 leitos de UTI em São Luís”;
Dia 21/04: “começamos a pandemia com 252 leitos. Hoje temos 564 leitos exclusivos e estamos ampliando”;
Dia 21/04: aluguel de mais 200 leitos para rede estadual;
Dia 22/04: “mais leitos UTI disponíveis” (sem dizer quantos e onde);
Dia 25/04: “neste Sábado abrimos mais 76 leitos de UTI clínicos no Hospital Real”;
Dia 26/04: “em breve atenderemos mais 30 leitos”;
Dia 28/04: anúncio de mais 104 respiradores que irão chegar.
Dia 28/04: relatório da Secretaria de Saúde: 628 leitos (clínicos e de UTI) na rede estadual.
Flávio Dino passa o dia anunciando novos leitos em suas redes sociais, mas os pacientes não acham esses leitos em seus périplos pelas unidades de saúde
Perceba que a soma dos dados no levantamento de Jorge Aragão leva a uma soma ainda maior de leitos anunciados por Flávio Dino. Isso ocorre por que o blog Marco Aurélio D’Eça decidiu eliminar do cálculo, números que parecem repetidos pelo governador ao longo de vários dias.
É o caso, por exemplo, dos 52 leitos anunciados por ele no Hospital Genésio Rego, em 27/03, 03/04 e 05/04, embora com enunciados diferentes nas redes sociais.
blog Marco Aurélio D’Eça também resolveu tirar do cálculo as seis ambulâncias UTI anunciadas pelo governador, os 76 leitos do Hospital Real anunciados também pelo secretário Carlos Lula e os 100 leitos anunciados por Dino em duas ocasiões na mesma semana, como sendo para “a próxima semana”.
Tudo isso somado, aumentaria os “leitos” de Flávio Dino em mais 266. 
De qualquer forma, os números agora catalogados pela imprensa mostram que há um abismo entre o que diz Flávio Dino em sua propaganda de redes sociais e o que existe de fato nas unidades de saúde contra o coronavírus.
E a realidade mostra que a situação é cada vez mais grave!
Por Marco Aurélio D'Eça

SIKÊRA JÚNIOR ESTÁ COM CORONAVÍRUS E SEGUE TRATAMENTO DOMICILIAR

siqueira junior Archives - Pará Web News
O apresentador Sikêra Jr. disse, em entrevista ao “Alerta Nacional”, que está com coronavírus. Ele continua em tratamento domiciliar e não tem previsão de retorno à RedeTV!

“Estou tomando a medicação, seguindo o que o infectologista e o cardiologista orientaram. Pedi a Deus que eu passe por essa. É um vírus novo, a ciência está brigando para conseguir uma fórmula rápida. Mas tudo é novo”.

“A enfermeira que cuidava da minha esposa estava com Covid-19. Ela passou para nós. E todo mundo pegou (…) Não subestimem a doença. É mais sério do que eu imaginava”, finalizou.

O Antagonista

PREFEITURA DE SANTA RITA ADQUIRE UM TÚNEL DE DESCONTAMINAÇÃO NO COMBATE À COVID-19

Túnel de descontaminação será instalado no Centro de Santa Rita para uso da população
O prefeito Hilton Gonçalo tomou mais uma medida para combater o avanço do novo coronavírus em Santa Rita. O gestor municipal adquiriu, com recursos do tesouro municipal, um túnel inflável de descontaminação do novo coronavírus da empresa Inflatech. 
A cabine vai ser instalada no Centro da cidade e as pessoas poderão utilizar a tecnologia do gás Ozônio, que minimiza o risco de contágio pelo coronavírus e por outros micro-organismos presentes na pele e nos objetos pessoais.
A tecnologia já vem sendo adotada na China e nos países desenvolvidos. No Brasil, o sistema adquirido pela Prefeitura de Santa Rita é o mesmo utilizado nas plataformas de petróleo da Petrobras, todos funcionários passam pelo túnel antes de embarcar para a plataforma. O Ministério da Saúde também passou adquirir unidades.
De acordo com o prefeito Hilton Gonçalo, o objetivo da compra do túnel de descontaminação é “acabar ou reduzir a contaminação cruzada. Ou seja, as pessoas que estão circulando na cidade, vão deixar de ser contaminantes, diminuindo ainda menos o risco, caso alguém esteja assintomático”, esclareceu.
Equipamento foi adquirido com recursos próprios do tesouro municipal
O túnel tem 2,2 metros de comprimento, pode receber até oito pessoas simultaneamente. Esse túnel é antecipadamente preparado, passando por uma esterilização de uma hora. As pessoas que passam por esse túnel tem suas roupas, pele, objetos, cabelo e mãos descontaminados. Nesse túnel de dois metros, existem dois ozonizadores. 
O sistema do túnel de descontaminação também promete descontaminar as vias aéreas respiratórias superiores. Vale lembrar que o ozônio é conhecido desde 1950 como um agente antimicrobiológico, principalmente o ozônio em gás. O ozônio é testado e mundialmente utilizado e aceito.
OEstado

VEJA O TUTORIAL: WHATSAPP LIBERA ATUALIZAÇÃO PARA CHAMADA DE VÍDEO COM OITO PESSOAS

Mensageiro aumentou o limite de participantes em atualização; veja como fazer chamada de vídeo com mais pessoas no WhatsApp

Como fazer video chamada com oito pessoas no WhatsApp | Tekimobile


O WhatsApp liberou, nesta segunda-feira (27), a possibilidade de iniciar chamadas de vídeo com até oito pessoas em um grupo. O recurso, disponível no aplicativo para Android e iPhone (iOS), foi lançado para usuários que buscam uma ferramenta de videoconferência para se comunicar com amigos, parentes e contatos profissionais no período do isolamento contra a Covid-19. O mensageiro, então, dobrou o número de participantes que podem participar da conversa de vídeo pelo celular.

Na conferência, a tela fica divida em até oito quadros em que a imagem ao vivo de cada usuário é apresentada. Assim como as conversas de texto, a transmissão por vídeo é protegida com criptografia de ponta-a-ponta, o que garante maior segurança. O novo recurso está disponível apenas para usuários com a versão mais recente do app — veja como atualizar o WhatsApp. No tutorial a seguir, confira como fazer chamada de vídeo com até oito pessoas no WhatsApp.

TUTORIAL



Passo 1. Para iniciar o procedimento, abra o WhatsApp e toque sobre o ícone no canto superior direito da tela. Em seguida, escolha a opção "Novo grupo";


Passo 2. Selecione os participantes do grupo e pressione o botão "Avançar". Na página seguinte, defina o nome e a imagem de exibição do grupo. Para avançar e finalizar a configuração do grupo, toque em "Criar";


Passo 3. No chat do grupo, toque sobre o ícone de telefone no canto superior direito da tela. Feito isso, selecione até sete pessoas além de você e use o botão com o ícone de câmera para iniciar a conferência.


Pronto. Aproveite a dica e saiba como fazer chamada de vídeo com oito pessoas no WhatsApp.

Fonte: Tech Tudo

terça-feira, 28 de abril de 2020

FUNCIONÁRIA DE SUPERMERCADO É BALEADA E MORTA APÓS CONFUSÃO POR USO DE MÁSCARA



Coronavírus: tiroteio em supermercado do Paraná acaba com funcionária inocente de 25 anos morta. Cliente que não queria usar máscara entrou em luta corporal com um segurança

cliente supermercado condor máscara
Uma funcionária de 25 anos do hipermercado Condor, em Araucária, região metropolitana de Curitiba, morreu na tarde desta terça-feira (28) ao ser atingida por uma bala perdida de uma arma em posse do segurança do estabelecimento. Ele estaria em luta corporal com um cliente que se recusava em usar máscara de proteção para entrar no local.

O cliente iniciou a confusão quando um funcionário o alertou que só poderia fazer as compras se utilizasse o acessório. A orientação não teria sido acatada e o segurança precisou intervir após o funcionário ser agredido. Houve luta corporal e dois disparos foram efetuados pelo segurança.

A primeira bala atingiu de raspão o cliente, que ficou ferido sem gravidade no abdome. O segundo tiro acertou a fiscal do estabelecimento. A funcionária se dirigiu à confusão para explicar ao cliente sobre a obrigatoriedade do uso da máscara.

Desde sexta-feira (24), a utilização da máscara em locais públicos e privados compartilhados é obrigatória em Araucária em razão dos oito casos confirmados do novo coronavírus na cidade. O governador do Paraná, Ratinho Jr (PSD) também sancionou hoje uma lei que obriga o uso da proteção em todo o estado sob pena de multa de até R$ 533 ao cidadão e R$ 10.660 à empresa que permitir a entrada sem o acessório.

O Grupo Condor emitiu nota afirmando que ofereceu gratuitamente a máscara ao cliente, que teria recusado.

“O incidente foi desencadeado por um cliente que tentou entrar no estabelecimento sem máscara e, que ao ser informado sobre o decreto municipal que exige o uso da EPI [Equipamento de Proteção Individual], agrediu o funcionário, que inclusive tentou oferecer uma máscara da empresa, sem custo, para que ele pudesse fazer as suas compras”, afirmou a rede de supermercado, em nota.

A empresa também alegou que a arma teria sido disparada quando o cliente tentou pegá-la do vigilante.

“O funcionário agredido pediu ajuda pelo rádio para empresa terceirizada de segurança. O cliente e o vigilante estavam calmamente se direcionando para a entrada da loja, onde o cliente iniciou uma série de agressões contra o vigilante e tentou pegar a arma do segurança”, complementou.

O cliente atingido foi encaminhado pelo Corpo de Bombeiros para o Hospital do Trabalhador, em Curitiba, e não corre risco de morte.

O Grupo Protege, terceirizada que presta serviços de segurança ao supermercado também emitiu nota.

“A empresa lamenta profundamente o ocorrido e presta total solidariedade à família e aos amigos da vítima. Informamos que empresa está colaborando com as autoridades na busca de informações que possam contribuir para a investigação do caso”, resumiu.

Fonte: Pragmatismo Político

PREFEITO DE BACABAL-MA FECHA O SOCORRÃO DA CIDADE DEIXANDO A POPULAÇÃO SEM LEITOS

Enquanto o Brasil e o mundo constroem hospitais de campanha a procura de leitos para montar suas UTIs, acreditem, aqui em Bacabal aconteceu ao contrário, a prefeitura fechou o seu único Hospital de Urgência. 

Sim! Isso mesmo! O Hospital Socorrão fechou para reforma, mas o pior:
  • sem indicar o tempo da obra;
  • sem indicar a construtora;
  • sem mensurar o valor e a origem do recurso.
Se não bastasse, ainda alugaram um prédio (antigo Veloso Costa), que foi fechado no passado pela vigilância sanitária do Estado, por estar, na época, inadequado para o uso, com suspeita de alto risco de infecção hospitalar.

Você pode protestar como bom cidadão ou continuar aplaudindo todo o desmantelo da administração municipal.

A DECISÃO É SEMPRE SUA!

Fonte: Blog do Drº Rogério Alves

COVID-19: PROPORCIONALMENTE, SÃO LUIS É A CAPITAL BRASILEIRA COM MAIOR ÍNDICE DE INFECTADOS

Maranhão é o 6º do país com mais mortes pela Covid-19; UTIs em São ...
Proporcionalmente, São Luís é a capital brasileira com maior índice de infectados por coronavírus, segundo levantamento do Dataglass divulgado na segunda-feira (27). Para cada grupo de 100 mil habitantes, de acordo com o levantamento, há 128,6 testados positivamente para a doença, enquanto em Palmas (TO), que tem a menor proporção do país, são apenas 8,7. 

Para que se tenha ideia do que isto representa, São Paulo, estado que tem o maior número de infectados e mortos, onde há 21.696 infectados no estado, na capital são 87,3 pessoas testadas positivamente para cada 100 mil habitantes.

O balanço sobre coronavírus no Maranhão, divulgado nesta segunda-feira (27) pela Secretaria Estadual de Saúde, traz uma revelação assustadora: uma morte no curto intervalo de pouco mais de 60 minutos, ou seja, praticamente um falecimento por hora. 

Foram acrescidos, de domingo (26) para esta segunda, mais vinte óbitos, e assim, passaram a ser 145 as vítimas fatais do Covid-19 no estado até segunda-feira, o que é uma situação assustadora, pois mostra que as estratégias de combate ao vírus não vêm surtindo os efeitos desejados.



Por Aquiles Emir

FLÁVIO DINO E VÁRIOS GOVERNADORES NA MIRA DA PROCURADORIA GERAL DA REPÚBLICA

Aumento da pobreza e denúncias de corrupção marcam gestão Dino
O governador do Maranhão, Flávio Dino, assim como os demais chefes do executivo dos estados brasileiros estão na mira da Procuradoria Geral da República. 
A subprocuradora geral da República Lindôra Maria Araujo, a mesma que decidiu reabrir uma investigação contra o comunista por suposta compra superfaturada de combustível para um helicóptero, pediu aos chefes das Procuradorias da República nos estados que enviem a Brasília “todas as notícias de fato/procedimentos/documentos envolvendo governadores de Estado”. Segundo a subprocuradora, o objetivo é “análise de eventuais práticas criminosas” dos chefes do Executivo.
A PGR disse, pela assessoria, que o ofício foi enviado a todos os governadores e que ele “foi necessário devido a informações de arquivamentos, na primeira instância, de procedimentos que noticiavam crimes atribuídos a governadores, especialmente na aplicação de verbas para o combate à Covid-19”.
O Maranhão vem sendo beneficiado com uma série de recursos federais.
Por Diego Emir

ANDRÉ MENDONÇA É O NOVO MINISTRO DA JUSTIÇA E SEGURANÇA PÚBLICA DO BRASIL

O nome do novo ministro da Justiça e Segurança Pública saiu no DOU desta 3ª feira

Bolsonaro nomeia André Mendonça novo ministro da Justiça
O novo ministro da Justiça e Segurança Pública, André Mendonça, agradeceu nesta 3ª feira (28.abr.2020) a indicação do presidente Jair Bolsonaro para o cargo.

No Twitter, Mendonça prometeu fazer 1 “trabalho técnico” na pasta. “Conto com o apoio do povo brasileiro”, escreveu.


O nome de Mendonça foi publicado no Diário Oficial da União desta 3ª feira (28.abr.2020). Até então ele era advogado-geral da União.

Mendonça entra no lugar de Sergio Moro, que demitiu-se em 24 de abril depois de acusar Bolsonaro de querer uma pessoa de seu “contato pessoal” em cargos de comando na Polícia Federal para obter informações sobre investigações em andamento.

QUEM É ANDRÉ MENDONÇA

Sérgio Lima/Poder360 – 9.dez.2019
André Luiz de Almeida Mendonça, 47 anos, nasceu em Santos, São Paulo. Foi advogado da União desde 2000 e advogado-geral da União desde janeiro de 2019. No comando da AGU, foi responsável por alterar o entendimento da instituição para defender, no STF (Supremo Tribunal Federal), a constitucionalidade da prisão a partir de condenação em segunda instância. O posicionamento foi defendido em uma das 10 sustentações orais que realizou na Suprema Corte ao longo deste período.

Foi corregedor-geral e diretor do Departamento de Patrimônio e Probidade da AGU. Em 2011 recebeu o Prêmio Innovare –que reconhece as melhores práticas exercidas no âmbito do Poder Judiciário– na categoria especial cuja temática foi o “combate ao crime organizado”. Este prêmio lhe foi concedido pela idealização e coordenação do Grupo Permanente de Atuação Proativa da AGU, que recuperou para os cofres públicos bilhões de reais desviados em casos de corrupção.

É doutor e mestre em Direito pela Universidade de Salamanca, na Espanha, onde apresentou teses sobre recuperação de ativos desviados pela corrupção que receberam o Prêmio Extraordinário da instituição de ensino. É, também, pós- graduado em Direito Público pela UnB (Universidade de Brasília). Graduou-se em Direito na Faculdade de Bauru (SP).

Entre 2015 e 2016, foi pesquisador e professor visitante na Universidade de Stetson, nos Estados Unidos. Atualmente, é professor do programa de Doutorado em Estado de Direito e Governança Global da Universidade de Salamanca, dos programas de Doutorado e Mestrado da Faculdade de Direito de Bauru, do curso de Direito da Faculdade Presbiteriana Mackenzie em Brasília e do LL.M em Direito: Compliance, da Fundação Getúlio Vargas.

Publicou os livros “Negociación en casos de corrupción: fundamentos teóricos y prácticos” e “La validez de la prueba en casos de corrupción”, ambos pela Editora Tirant lo Blanch, de Valência, Espanha, dentre outras publicações científicas.

Fonte: Poder 360

segunda-feira, 27 de abril de 2020

MARINHA INFORMA QUE PLANO DE SALVATAGEM DO NAVIO STELLAR BANNER ESTÁ EM PROSSEGUIMENTO

A operação do navio Stellar Banner, que permanece encalhado na Baia de São Marcos, continua


Segundo informações da Marinha, o navio mercante Graneleiro Alfred Oldendorff, de bandeira liberiana, partiu do Porto de Fujairah, nos Emirados Árabes Unidos, e chegou dia 26 à cena de ação para auxiliar na retirada da carga de minério de ferro para a reflutuação e salvatagem do Stellar Banner.

Segundo a informação da Marinha do Brasil, a retirada da carga de minério do navio Stellar Banner será realizada pela empresa especializada Ardent, contratada pela proprietária do navio, seguindo o plano de salvatagem por ela proposto, que será aliviar a carga que está embarcada para que seja possível a reflutuação do navio.

A forma definida será o alijamento da carga (depósito ao mar), mediante autorização das autoridades marítima e ambiental à Ardent, seguindo os critérios legais e normativos vigentes.

Para decisão da melhor forma de destinar a carga de minério, foram levados em consideração fatores como a segurança das pessoas envolvidas na operação de salvatagem, a segurança do meio-ambiente e outros aspectos próprios da salvatagem.

Baseado nos estudos técnicos realizados por consultoria ambiental especializada, o minério de ferro em contato com a água do mar não apresenta risco ao ambiente marinho ou à saúde humana. A carga contida no navio é um material inerte, pois possui baixa solubilidade em água, ou seja, não reage quimicamente e nem se dissolve. Os resultados de avaliações indicam que não há risco para a vida marinha. Estudo da International Maritime Organization (IMO) classifica esse tipo de carga como "não perigosa ao ambiente marinho". 

A operação de reflutuação e salvatagem do navio permanece sob supervisão das autoridades marítima e ambiental, com objetivo de solucionar o ocorrido o mais rápido possível, obedecendo normas e procedimentos de segurança, priorizando a mitigação dos riscos à poluição e à navegação.

Com informações de:PDM Agencia Marítima  

GRANDES AGLOMERAÇÕES NO PRIMEIRO DIA DE SAQUE DO AUXÍLIO EMERGENCIAL EM POUPANÇA DIGITAL

Consulte aqui o calendário, pois em São Luís, Barreirinhas e Balsas, muitas pessoas passaram horas para conseguir o benefício depositado na poupança digital da Caixa

Agência da Caixa na Avenida dos Holandeses teve grande fila no primeiro dia de saque do auxílio emergencial — Foto: Renato Zenni

O primeiro dia de saque para os trabalhadores que podem receber o Auxílio Emergencial do governo federal, por meio da Poupança Social Digital, causou enormes filas em vários municípios do Maranhão.

Em São Luís, uma agência da Caixa na Avenida dos Holandeses registrou aglomerações na porta. Em Barreirinhas, a fila foi tão grande que obrigou as pessoas a se organizarem em três linhas retas.

Registro de enorme fila para receber o auxílio emergencial em Barreirinhas, no Maranhão — Foto: Redes Sociais

Na única agência da Caixa na cidade de Balsas, centenas de pessoas ficaram esperando em uma grande fila. Mesmo antes do atendimento, a fila tinha que ser organizada pela Guarda Municipal, já que muitas pessoas não respeitavam o distanciamento de dois metros.


Para evitar aglomerações, a Caixa estabeleceu o seguinte calendário para os trabalhadores sacarem, em espécie, o auxílio direto da poupança digital:

  • 27 de abril – para os nascidos em janeiro e fevereiro
  • 28 de abril – para os nascidos em março e abril
  • 29 de abril – para os nascidos em maio e junho
  • 30 de abril – para os nascidos julho e agosto
  • 4 de maio – para os nascidos em setembro e outubro
  • 5 de maio – para os nascidos em novembro e dezembro
Essa medida só é válida para as duas primeiras parcelas do Auxílio Emergencial creditadas da poupança digital. A Caixa ainda vai divulgar um novo calendário para a retirada da terceira e última parcela do benefício.

Os trabalhadores poderão sacar o auxílio nos caixas eletrônicos e casas lotéricas de todo o país, sem a necessidade de usar um cartão. Será preciso solicitar a retirada por meio do aplicativo Caixa TEM. A Caixa pede aos beneficiários que atualizem o aplicativo antes de solicitar o saque.

Passo a passo para solicitar o saque em espécie da poupança digital:

  1. Atualize o aplicativo Caixa TEM;
  2. Depois de atualizar, acesse o aplicativo e selecione a opção "Saque sem cartão";
  3. Aperte a tecla "Entrar" e escolha a opção "Saque Auxílio Emergencial";
  4. Agora clique em "Gerar código para Saque";
  5. Digite sua senha de acesso ao Caixa TEM
  6. Após colocar a senha, um código será gerado - ele terá validade de 2 horas;
  7. Anote o código e vá até um caixa eletrônico ou na lotérica;
  8. Se optar pelo caixa eletrônico, digite o código no campo específico;
  9. Se optar pela lotérica, é só informar o código ao atendente.
G1 MA

MORRE NESTA MANHÃ (27), O JORNALISTA ALFREDO MENEZES COM SUSPEITA DA COVID-19

Ex-editor de Esportes do jornal O EstadoMaranhão faleceu na manhã desta segunda-feira, 27, segundo familiares; ainda não há informações oficiais sobre a causa da morte, suspeita de CoVID-19.

Morreu na manhã desta segunda-feira, 27, o jornalista Alfredo Menezes.
Vascaíno apaixonado, Menezes foi editor de esportes do jornal O EstadoMaranhão e editor da coluna Esporte Amador, por mais de 30 anos.

Comunico com tristeza que o meu tio Alfredo acabou de falecer – disse uma das sobrinhas do jornalista, em contato com o blog.

Aposentado há cinco anos, Menezes mantinha contato com os colegas de profissão, sempre falando da sua paixão pelo Vasco.

Por Marco AurélioD'eça

QUADRO DA TAXA DE OCUPAÇÃO DE LEITOS EM SÃO LUIS CHEGA A UM ESTADO CRÍTICO

O boletim da Secretaria de Estado da Saúde (SES) divulgado neste domingo (26), aponta um dado preocupante em relação à ocupação dos leitos de UTI para pacientes com a Covid em São Luís. Os números mostram a importância do distanciamento social e da necessidade das pessoas ficarem em casa.
Dos 112 leitos disponíveis, neste momento 106 estão ocupados num percentual de 94,64%. Apenas 6 leitos estão liberados.
No interior, a taxa de ocupação; e de 12,35%. Dos 81 leitos disponíveis, apenas 10 estão ocupados, restando livres 71 leitos.
Em relação ao leitos clínicos, a taxa de ocupação em São Luís é de 65,17% e no interior a ocupação é de 6,55%.
A Secretaria de Estado da Saúde (SES) registrou neste domingo (16), mais 187 novos casos positivos da Covid-19 no Maranhão.
De acordo com os dados da SES, chegou a 2410 o número de casos positivos, sendo 125 óbitos.
A SES registra ainda, 67 casos descartados e 463 pessoas recuperadas.
Por Zeca Soares

domingo, 26 de abril de 2020

NO FÓRUM SARNEY COSTA NESTE DOMINGO (26), 30 PESSOAS AGUARDAVAM CERTIDÃO DE ÓBITO


Fórum de São Luís disciplina funcionamento dos setores ...
O colapso da saúde pública do Maranhão ficou evidente na manhã deste domingo (26), na porta do Fórum Desembargador Sarney Costa, uma vez que pelo menos 30 pessoas estavam esperando o atendimento para tirar o atestado de óbito. Obviamente que nem todos os registros seriam em decorrência da covid-19, porém chama a atenção o volume de pessoas que precisaram utilizar o serviço, que funcionado aos fins de semana no regime de plantão e nunca há um “amontoado” de gente.
De acordo com informações do Governo do Maranhão, já existe uma ocupação de 90% dos leitos de UTI da rede pública na Grande Ilha de São Luís, porém muitas pessoas já relatam que não conseguem transferir ou internar um parente para um leito de terapia intensiva.
Por Diego Emir

O GIGANTE ALIADO NO COMBATE AO MAL



Por Natalino Salgado Filho*

“Se te fatigas correndo com homens que vão a pé, como poderás competir com cavalos?” A partir dessa pergunta feita por Deus, por meio do profeta Jeremias (12:5), é possível uma série de inferências, entre elas, que há uma medida para a capacidade de todo enfrentamento. Volto a atenção, em especial, para os profissionais da área da saúde que atuam no HUUFMA. Frágeis diante da perversidade da praga – que desconhece fronteiras, sejam físicas, sejam sociais – arriscam todos os dias suas vidas num cenário de vulnerabilidade, onde ainda não existe remédio específico e vacina.

É verdade que, diante das batalhas, revelam-se os heróis, e os bravos são testados. E, se há uma instituição neste Estado que mostrou ainda mais sua vocação para a grandeza e seu chamado para o bom serviço, esta instituição, uma das referências científicas em todo o Norte-Nordeste,  atende pelo nome de Complexo Hospitalar - Hospital Universitário da Universidade Federal do Maranhão - HUUFMA, dono de uma rica história de serviço ao povo do Maranhão e a outros Estados.

Uma breve digressão: o prédio foi construído nos anos 1950 e se confunde com a história da criação do Curso de Medicina da UFMA. Em 1991, foi incorporado à Universidade Federal e passou a ser um campo de pesquisa, de formação de profissionais e, desde a graduação, de quase duas dezenas de residências médicas. O primeiro paciente curado no HUUFMA foi justamente um residente de Medicina que, após sete dias na UTI, lembrou-se, na saída, de fazer um discurso de gratidão e expressar sua crença de que conseguiria vencer a batalha, pelo excelente trabalho de seus pares, sob a ajuda de Deus.

Entretanto, em quase quarenta anos de bons serviços, o HUUFMA ainda não havia sido provado em nível tão desafiador como nesta Pandemia que a Covid-19 lhe impôs. Temos sido testados de maneira que jamais teríamos pensado, exceto pelas histórias que lemos ou pelos filmes a que assistimos sobre sociedades distópicas. A situação é grave e desperta preocupação diária. Mas não estamos inertes: muitos cientistas, trancados em seus laboratórios, estão dedicados, horas a fio, a conseguir uma resposta eficaz. Já são contabilizados, mundo afora, cerca de 2.600 trabalhos publicados. Sim, não há cura física porque ainda não há remédio possível, mas temos o poder de fazer com que alma e mente não adoeçam.

Nessas semanas de quarentena, profissionais de todas as áreas que atuam no HUUFMA têm se mostrado verdadeiros gigantes no combate à peste que assola por todos os lados. Desde o gesto simples e carinhoso – como as palavras de conforto e superação escritas nas embalagens de alimentação que são destinadas aos pacientes com Covid-19 à grande rede de solidariedade que se formou em torno da fabricação de EPIS´s - numa parceria, entre diversos departamentos e cursos da UFMA, com a Secretaria Estadual da Ciência, Tecnologia e Inovação (SECTI). Merece calorosos aplausos, o esforço hercúleo de todas as equipes que, incansavelmente, trabalham para auxiliar os pacientes infectados, proporcionando conforto, zelo e meios de cura.

Guimarães Rosa diz em seu romance Grande Sertão Veredas que qualquer amor já é um pouquinho de saúde. Eu acredito que cada um destes profissionais adjetiva seu dia a dia não apenas com a responsabilidade, mas com o cuidado amoroso, a atenção esperançosa. No ambiente do amor, temos a possibilidade de deixar vicejar o otimismo. Acredito que ser otimista não é sonhar tolamente sem trabalhar e esforçar-se, mas acreditar que tudo isso dará fruto. O pai da psicologia americana, William James, dizia que otimismo é como a saúde da alma. Concordo.

Nunca uma doença despertou tanto medo, incerteza e insegurança. Mas somos as pessoas certas para este tempo. Em destaque, aqui, os profissionais que atuam no HUUFMA. Mais do que correr, eles voam. Agradecendo, também, a todos os profissionais de saúde que estão no front dessa guerra da Covid-19 no nosso imenso Brasil, irmano-me com cada homem e cada mulher que sabe de sua vocação e chamado e enseja coragem e destemor diante de nosso inimigo. Com certeza, não se fatigariam correndo com homens que vão a pé e estariam prontos para competir com aqueles que vão a cavalo, sim. Porque é de gigante a medida que têm demonstrado para o enfrentamento desta pandemia.  

*Reitor da Universidade Federal do Maranhão - UFMA

sexta-feira, 24 de abril de 2020

FLÁVIO DINO SEM MORAL! O COMUNISTA ACOBERTOU ESPIONAGEM NA SEGURANÇA PÚBLICA DO MARANHÃO

O escândalo de espionagem no Maranhão foi parar na Comissão de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado da Câmara Federal


O governador do Maranhão, Flávio Dino, não tem moral para pedir impeachment de Bolsonaro sobre a alegação de ele querer usar a Policia Federal em beneficio próprio. 
Asseclas do governador Flávio Dino no Maranhão são acusados de usarem o sistema de inteligencia estadual para espionarem deputados, desembargadores e lideranças políticas contrárias ao projeto do PCdoB, partido de Flávio Dino.
O escândalo de espionagem no Maranhão foi parar na Comissão de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado da Câmara Federal, onde dois delegados delataram todo um esquema de vigilância a oposicionistas e até a magistrados, que até hoje se mantém de joelhos ao governador comunista do Maranhão, sem dar uma declaração sequer sobre o assunto.
Então, meus amigos, em matéria de interferência no aparato de segurança pública, nosso governador não tem moral alguma para questionar Bolsonaro.
Por Weberth Saraiva

JOSÉ SARNEY COMPLETA 90 ANOS - TRAJETÓRIA DE VIDA QUE MARCOU O BRASIL

Nesta sexta-feira (24), o ex-presidente José Sarney completa 90 anos, 60 dos quais dedicados à vida política e ao povo brasileiro

Entidades e amigos preparam festa dos 90 anos de José Sarney ...
Foi presidente da República (1985-1990); senador por cinco mandatos (1971-1985 pelo Maranhão e 1991-2015 pelo Amapá); presidente do Senado Federal por três vezes; governador do Maranhão (1966-1970) e deputado federal pelo mesmo estado (1955-1958 como suplente e 1959-1965 como titular). Ninguém, na história do país, exerceu, por tão longo período, mandato conferido pelo voto popular.
Elegeu-se para a Câmara dos Deputados contra o establishment da época, encarnando o anseio por renovação. Na UDN, comandou o Bossa Nova, movimento de oposição aos veteranos do próprio partido cujo lema era o desenvolvimento com justiça social.
Em seu mandato, foi promulgada a Constituição de 1988. Em suas palavras, representava o “grande e novo pacto nacional, que far[ia] o país reencontrar-se com a plenitude de suas instituições democráticas”. Ao Judiciário, caberia uma das mais importantes tarefas, a de “descobrir a alma da Carta”.
Sarney promoveu também a aproximação entre Brasil e Argentina. Em 1985, assinou com o presidente da Argentina, Raúl Alfonsín, a Declaração de Iguaçu. Selou-se ali um dos mais bem-sucedidos tratados de cooperação nuclear do mundo, o embrião do Mercosul.
O Presidente Sarney nos legou um país capaz de gerir sua volumosa dívida externa, graças a medidas de modernização da administração orçamentária como a criação da Secretaria do Tesouro Nacional, que possibilitou a unificação do Orçamento geral da União. Não fosse essa iniciativa, é provável que não tivéssemos hoje a Lei de Responsabilidade Fiscal.
Na sua longa caminhada como homem público, Sarney nunca descurou da família, à qual sempre dedicou amor, carinho e atenção. Também nunca deixou de cultivar boas amizades, muitas delas com intelectuais do mundo todo.
Poeta, romancista, contista e ensaísta, José Sarney é da estirpe dos intelectuais maranhenses que remonta à São Luís do século 18, a “Atenas brasileira”. Integra a Academia Maranhense de Letras desde 1952 e a Academia Brasileira de Letras desde 1980. Durante 20 anos ininterruptos, escreveu crônica semanal para o jornal Folha de S.Paulo.
A biografia de Sarney traz muitas lições para o momento delicado pelo qual passamos. Ele sempre escolheu o caminho do diálogo, da conciliação e da manutenção da institucionalidade, em prol do bem maior que é a democracia. Disse ele: “[m]inha contribuição, a maior de todas, foi não ter deixado a democracia morrer nas minhas mãos. Que ela se consolide, dê frutos, faça a felicidade do povo e seja forte para resistir a perigos”.
Em seu aniversário, é preciso ouvir nosso presidente da transição democrática. Ainda que nos tempos mais complexos, não há solução possível fora do Estado democrático de Direito. Não há caminho sem respeito à Constituição, nosso pacto fundante e nossa guia. Urge que exercitemos a serenidade, a capacidade de diálogo e o espírito conciliatório, para o bem do país e da democracia.
Parabéns, ex-presidente José Sarney!

VIDA E TRAJETÓRIA POLÍTICA DE JOSÉ SARNEY


Nascimento
José Ribamar Ferreira de Araújo Costa nasce em 24.abr.1930, em Pinheiro (MA)
Formação
Conclui em 1953 o bacharelado na Faculdade de Direito do Maranhão
Primeiro cargo eleito
Em out.1954 elege-se quarto suplente de deputado federal pelo Maranhão, então no PSD (Partido Social Democrático). Em 1956 e 1957, chega a ocupar uma cadeira na Câmara por curtos períodos de tempo
Professor
Em 1957 começa a dar aulas na Faculdade de Serviço Social da Universidade Católica do Maranhão
Deputado
Elege-se deputado federal em out.1958, já na UDN (União Democrática Nacional), partido conservador do qual seria um dos principais líderes
Governador
Em out.1965, com o apoio do marechal Castello Branco, primeiro presidente da ditadura militar, elege-se governador do Maranhão. No mesmo ano, adota legalmente o nome José Sarney, referência ao pai, Sarney de Araújo Costa
Partido governista
Pouco após a eleição para o governo maranhense, é instituído o bipartidarismo no Brasil. Sarney ingressa na sigla que dá sustentação ao regime militar, a Arena (Aliança Renovadora Nacional)
Senado
Em 1970, é eleito para o primeiro mandato de senador, cargo que manteria até 1985
Imortal
Autor de mais de uma dezena de livros, entre romances, contos, poesia e ensaios, é eleito em 1980 para uma cadeira na Academia Brasileira de Letras
Vice de Tancredo
Uma complexa articulação coloca Sarney como vice-presidente na chapa de Tancredo Neves, do PMDB, opositor da ditadura, na votação indireta realizada pelo Colégio Eleitoral em 15.jan.1985
Presidente
A internação de Tancredo para uma cirurgia na véspera da posse, em 15.mar.1985, faz com que Sarney assuma interinamente a Presidência. Com a morte de Tancredo, em 21.abr, Sarney assume em definitivo. Seu governo é marcado, no campo interno, pela hiperinflação e sucessivos planos econômicos fracassados, e no campo externo, pelo estreitamento de relações com a Argentina que cimentaria as bases para o Mercosul
Volta ao Senado
Sarney deixa a Presidência em 1990. Após falhar em articular sua candidatura a senador pelo Maranhão, consegue se eleger pelo Amapá, ex-território alçado à condição de estado naquele ano. Permanece no Senado até 1º.fev.2015, um ano após anunciar que não tentaria a reeleição. Foi presidente da Casa em três ocasiões: 1995-1997, 2003-2005 e 2009-2013
OEstado