sexta-feira, 27 de fevereiro de 2015

Saúde Mental e questão de saude Pública! Compartilhe essa ideia!


Prefeitura oferece atendimento em saúde mental para crianças e adolescentes 
 
Da Redação
Agência São Luis

Crianças e adolescentes até os 18 anos de idade, com limitações mentais ou que utilizem substâncias ilícitas, estão sendo atendidas no Centro de Atenção Psicossocial Infanto Juvenil (CAPSi), mantido pela Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semus). A unidade conta atualmente com 25 pacientes.
A secretária municipal de Saúde, Helena Duailibe, diz que a atenção voltada à saúde mental de crianças e adolescentes e seu reconhecimento como uma questão de saúde pública têm sido priorizados na gestão do Prefeito Edivaldo. "Seguimos a política de ampliar os serviços e qualificar a assistência prestada a esse público infanto-juvenil, na perspectiva de promover saúde, inserir o usuário no meio social e reabilitá-lo", afirmou.
Para ter acesso ao serviço do CAPSi, o usuário deve levar o documento de identificação e o cartão SUS. Ao chegar à unidade o paciente será recebido pelo corpo de profissionais e submetido a uma série de avaliações físicas e psicológicas. Dependendo do diagnóstico, inicia tratamento, a base de medicamentos e psicoterapias.
A mãe de um dos pacientes atendidos atualmente pelo CAPsi, que tiveram as identidades preservadas, parabenizou a Prefeitura pela oferta do serviço. "É importante saber que a gente, diante de um problema tão grave de família, pode contar com o apoio da gestão pública", disse.
O CAPSi tem uma equipe de profissionais composta por psicólogos, terapeutas ocupacionais, assistentes sociais, psicopedagogos, pedagoga, pediatra, psiquiatra, enfermeiros, fisioterapeutas, agentes administrativos e técnicos de enfermagem. Os profissionais lotados na unidade foram escolhidos por meio do último seletivo, organizado pela Prefeitura.
A diretora do CAPSi, Janicelma Fernandes, destaca as vantagens do tratamento ambulatorial. "A assistência à saúde mental na infância e adolescência tem complexidades próprias, mas o nosso trabalho busca estimular um ambiente facilitador e acolhedor, com várias modalidades de tratamento e, principalmente, envolvendo a família", afirmou.
O horário de atendimento do CAPSi, que funciona na Rua H, quadra F, casa 5, Jardim Atlântico (Turu), é de segunda a sexta-feira, das 8h ao meio-dia e das 14h às 17h30.

quinta-feira, 26 de fevereiro de 2015

MOBILIDADE URBANA! ASSIM É QUE SE FAZ!

Prefeitura realiza ação de desobstrução das vias públicas no Centro de São Luís
Da Redação
Agência São Luis

A Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Urbanismo e Habitação (Semurh), realizou na manhã desta quarta-feira (25), na Rua Grande, uma operação de desobstrução das vias públicas. A ação foi para garantir a mobilidade de pedestres no passeio público e calçadas.
"A Prefeitura esta agindo de maneira constante em diversos pontos da cidade para organizar o espaço público. Hoje estamos aqui no Centro da cidade, onde há um grande fluxo de pedestres para notificar os lojistas a se adequarem à legislação urbanística da cidade", declarou Ivete Nagai, superintendente de Fiscalização de Obras.
A ação consistiu na notificação dos lojistas para coibir as proibições que constam na Lei de Muros e Calçadas, como a criação, instalação, colocação ou construção de qualquer tipo de obstáculo que prejudique a livre circulação dos pedestres. Bancas comerciais, produtos comerciais, cavaletes, caixas de som, e outros materiais similares são alguns dos objetos que, caso colocados sobre as calçadas, desrespeitam a legislação.
A Lei 4590/2006, no capítulo IV, Art. 14, prevê ainda que o descumprimento à notificação para a regularização gera a aplicação de multa no valor de R$ 25 por metro linear do perímetro do terreno, a ser paga no prazo máximo de vinte dias, a partir da ciência da penalidade.

Mais uma Ação em prol da Saúde do trabalhador.


Prefeitura promove ação de saúde preventiva com trabalhadores
Da Redação
Agência São Luis
A Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semus), realizou nesta quarta-feira (25) uma ação em referência ao Dia Internacional de Conscientização sobre as Lesões por Esforço Repetitivo (LER) ou Distúrbios Osteomusculares Relacionados ao Trabalho (DORT), comemorado no dia 28 deste mês. O público alvo foi um grupo de trabalhadores de uma fábrica do Distrito Industrial onde mais de mil atendimentos foram prestados.
A ação foi coordenada pelo Centro de Referência em Saúde do Trabalhador (Cerest) da Prefeitura de São Luís. Profissionais da área de Fisioterapia e Terapia Ocupacional deram orientações aos funcionários sobre como evitar as LER/DORTs, com demonstrações de exercícios aos participantes.
A atenção à saúde do trabalhador é uma das diretrizes da atual gestão municipal, conforme explicou a secretária municipal de Saúde, Helena Duailibe. "Esforços demasiados e repetitivos, devido à carga de trabalho, podem resultar no desenvolvimento de doenças; por isso, temos ações específicas para prevenção desses problemas, conforme determinação do prefeito Edivaldo em qualificar a assistência de saúde oferecida ao trabalhador", afirmou.
Durante as ações, os trabalhadores passaram também por um circuito de saúde montado especificamente para o evento, que ofereceu serviços como vacinação, aferição da pressão arterial, testes de glicemia, orientação nutricional, medição de altura e peso corporais, dentre outros.
Francisco Dias, um dos funcionários da empresa, foi atendido na ação. "A gente se sente muito bem quando, no local do nosso trabalho, a gente pode dar uma paradinha para cuidar da saúde", disse.
A Prefeitura possui o Centro de Referência em Saúde do Trabalhador (CEREST Regional), que é um órgão de atenção especializada em saúde do trabalhador, com serviços voltados para a promoção da saúde e qualidade de vida no trabalho, bem como à assistência a trabalhadores vitimados por alguma patologia ocupacional.

quarta-feira, 25 de fevereiro de 2015

BALSAS,CIDADE QUERIDA.DESPRESO TOTAL.


Prefeito de Balsas Rochinha.
Prefeito de Balsas Rochinha.


Balsas vira cidade deteriorada pela falta de gestão de Rochinha

por Neto Ferreira 

Várias são as dificuldades que o município enfrenta por conta de uma má gestão do prefeito Luiz Rocha Filho, o Rochinha (PSB), e da omissão do Ministério Público. Problemas de infraestrutura, saúde e segurança viraram rotina na vida da população de Balsas.
O caos instalado na cidade mobilizou toda a classe empresarial no sentido de iniciarem uma resolução do problema que independente do poder publico, ou seja,”não aguentam mais esperar por promessas políticas”.
Para se ter idéia do contexto social, o grupo Mateus, a maior rede supermercadista do estado e oriunda daquela cidade, ensaia a mudança do seu centro de distribuição para Imperatriz, o que ocasionará uma grande perda arrecadativa e desemprego.
Mesmo assim, nenhuma autoridade local se sensibilizou.
o descaso público com a cidade, onde reina os buracos pelas ruas e avenidas. A população sofre também pela falta de água tratada e de boa qualidade, assim como pela falta de tratamento do esgoto que é jogado” in natura” diretamente em uma das maiores riquezas dos munícipes, o rio balsas. Uma triste realidade.
Fora isso, a cidade também encontra-se desamparada no quesito saúde, pois, ainda não tem um hospital digno, obrigando ao povo de balsas buscar atendimento medico em Araguaína/Tocantins (200km) ou imperatriz (450km).
A insegurança aflige e impõe aos moradores de Balsas ou visitante um regime semelhante ao de cárcere privado, grades e toques de recolher são comuns no panorama local.
A classe empresarial cobra diuturnamente do prefeito Luiz Rocha Filho ações e resultados efetivos para mudar a realidade do “celeiro brasileiro”. Mas, até o momento nada foi feito pelo Executivo Municipal.

AÇÕES QUE MODIFICAM E MELHORAM A VIDA DOS CIDADÃOS DE SÃO LUIS.

 Canindé apresenta avanços do setor de Trânsito e Transportes na Câmara

 O Imparcial

A Prefeitura de São Luís, por meio da secretaria municipal de Trânsito e Transportes (SMTT), apresentou na Câmara Municipal de São Luís ações da secretaria e o andamento do processo de licitação do transporte público. O secretário de governo, Lula Fylho, representou o prefeito Edivaldo na audiência. O secretário de Trânsito e Transportes, Canindé Barros, fez uma explanação e apontou os avanços que já foram conquistados em São Luís, a partir do remodelamento do sistema de transporte definido pelo prefeito Edivaldo.

Para o secretário Lula Fylho, esta foi uma grande oportunidade de a Prefeitura demonstrar os avanços no setor de transporte, com importantes projetos se concretizando este ano. "A licitação vai muito bem e seguimos o acordo. Até maio ela estará concluída, juntamente com a biometria facial e o GPS. Em abril vamos iniciar o processo para, até o final do ano, concretizarmos a implantação do Bilhete Único, que é aguardado com ansiedade pela população", afirmou.

O secretário Canindé Barros mostrou, de maneira prática, o passo a passo da Licitação que está em andamento, cumprindo o Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) assinado pela Prefeitura. O primeiro passo, em setembro de 2014, foi a contratação da Sistran para os estudos técnicos da licitação.

TECNOLOGIA

O segundo passo é a elaboração do projeto de Lei que está na Câmara Municipal em tramitação. Depois, a biometria facial que já foi licitada e está em fase de implantação. A Prefeitura já implantou a biometria facial em mais de 200 ônibus. Segundo Canindé, até o final do mês de abril, o equipamento estará implantado em toda a frota, além do sistema de GPS, para que se tenha controle dos horários de circulação dos ônibus.

"Ao longo dos anos, se perdeu totalmente o controle dos tempos de duração das viagens e dos itinerários. O serviço melhora com fiscalização e controle. O GPS irá nos dar o mapeamento dos tempos de espera dos usuários, se os ônibus desviam rotas, e assim aprimorar o serviço", disse.

FISCALIZAÇÃO

Outro ponto foi o aprimoramento da fiscalização da frota de transporte ilegal, os "táxis-lotação". A implantação do Bilhete Único também está em processo avançado para ser realizada em breve.

"Como foi claramente demonstrado, o TAC está sendo cumprido seguindo todos os ritos. Estamos combatendo de forma dura os veículos ilegais e os retirando de circulação. Vamos fazer o que for preciso para melhorar o transporte dos ludovicenses. Queremos o apoio da Câmara para buscar a melhoria do sistema de transporte", afirmou.

NOVA FROTA

Canindé respondeu aos questionamentos de todos os vereadores e também ouviu elogios de muitos parlamentares pelo esforço dele e do prefeito Edivaldo para melhorar o sistema de transporte com intervenções eficazes como a feita no Anel Viário e a viabilização da entrega de 124 ônibus.

Sobre os ônibus, Canindé fez questão de reafirmar que as empresas compraram ônibus novos dentro do que está estabelecido no acordo judicial. "Algumas pessoas questionam se os ônibus eram velhos, usados. Nós fizemos questão de que fosse entregue esta grande quantidade de ônibus para evitar este comentário. Quando se entrega 10 [ônibus] aqui, 20 [ônibus] ali, é que as pessoas dizem que os ônibus velhos. É preciso deixar claro que os empresários compraram ônibus novos porque a Lei exige isto e o prefeito Edivaldo exigiu que a Lei fosse cumprida", afirmou. O secretário também explicou que a demora para a entrega ocorreu em virtude das férias das montadoras no final do ano e da dinâmica de transporte destes coletivos, que não permite o transporte de 250 ônibus de uma só vez.

O líder do governo, vereador Osmar Filho (PSB), enalteceu a condução da Prefeitura do processo de licitação e os avanços no setor de transporte. "A Prefeitura tem atuado com afinco neste setor. Apesar de a audiência ser para tratar da licitação, sempre que um secretário está no parlamento é uma oportunidade para se discutir várias questões da sua secretaria. E o secretário Canindé mostrou as ações e não se eximiu de responder os questionamentos", aplaudiu Osmar.

INTERVENÇÕES EM PARCERIA

O secretário de Trânsito e Transportes também apresentou uma prévia das intervenções que serão feitas em 31 pontos da capital por meio da parceria entre a Prefeitura de São Luís e governo do Estado, para melhorar o tráfego principalmente nas Avenidas Guajajaras e Holandeses. Rotatórias e cruzamentos passarão por adaptações que garantirão maior fluidez, a exemplo do que foi feito no Anel Viário.
A audiência foi proposta pela vereadora Rose Sales e contou com a participação de representantes do SET, Sindicato dos Rodoviários, Associação de Usuários, representantes de movimentos estudantis e outras entidades da sociedade civil organizada que estiveram no plenário Simão Estácio da Silveira.

PRA FRENTE E QUE SE ANDA:E AGORA COM ASLFATO NOVO!

 Bem Vinda as novidades.

O programa contempla serviços de requalificação asfáltica, calçalmento, drenagem profunda e superficial além de sinalização horizontal e vertical dos bairros: Janaína, Santa Clara, Vila Riod, Vila Vitória e Jardim América. A obra terá impacto na melhoria da mobilidade urbana de toda região da Cidade Operária.Os serviços, que incluem drenagem e recapeamento, serão iniciados nesta quarta-feira (25), no Jardim América.

terça-feira, 24 de fevereiro de 2015

BALSAS EM ESTADO DE CALAMIDADE!



Vergonha de gestão pública na Cidade de Balsas-MA,a desculpa do prefeito era que o antigo governo nao o apoiava nas suas ações e assim não tinha verba pra fazer os projetos no qual havia pensado pra sua tão querida cidade.

Se aos que ele ama ele da esse tratamento, imagine aos que ele despreza?!!!

"Moradores ficam sem água, pedem ajuda para SAAE e eles resolvem o problema da falta de água, mas, deixam buraco na Rua e entregam obra a população dessa forma."



PARCERIA QUE DARÁ CERTO!

Parceria entre Samu e Ciops beneficia população durante o Carnaval
 
Da Redação
Agência São Luis

A Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semus), desenvolveu, durante o período carnavalesco, uma parceria entre o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e o Centro Integrado de Operações de Segurança (Ciops). Na ocasião, servidores do Samu permaneceram durante 24 horas em um dos setores do Ciops, recebendo de forma imediata as informações sobre as ocorrências na capital maranhense e, quando necessário, encaminhando profissionais do serviço e ambulâncias aos locais indicados.
A secretária municipal de Saúde, Helena Duailibe, ressalta a importância das parcerias para ampliar a prestação de serviços à população. "Foi uma determinação expressa do prefeito Edivaldo, que solicitou da Semus novas possibilidades de aperfeiçoar o atendimento de urgência e emergência, garantindo benefícios diretos para a população ludovicense", disse.

O trabalho entre o Samu e o Ciops não ocorria há mais de 10 anos e facilitou o atendimento à população, proporcionando acompanhamento ainda mais efetivo das ocorrências. A ação também agilizou o encaminhamento de uma das 15 ambulâncias disponíveis até o ponto da ocorrência.
O objetivo da Semus é transformar a parceria entre Samu e Ciops em ação permanente, já que os resultados apresentados demonstram a relevância e a eficácia do trabalho integrado dos dois serviços. Dados do Samu contabilizam que, durante os dias 13 e 18 deste mês (período das festas de Carnaval na cidade), o serviço recebeu aproximadamente mil ligações. Para a metade das ocorrências registradas, foi necessário o encaminhamento de ambulâncias a fim de realizarem o atendimento das chamadas.

segunda-feira, 23 de fevereiro de 2015

Uma grande obra de intervenção no transito da capital.

Por: Marco D'ça

Uma obra e tanto da gestão de Holandinha…

O alargamento das avenidas e a eliminação da rotatória garantiu melhor fluxo de veículos.

A obra já está na segunda etapa,
dando beleza e praticidade às vias do Portinho.

A obra está sendo feita de forma lenta, mas não há como negar que a intervenção da Secretaria Municipal de Trânsito e Transporte na região do Anel Viário tem tudo para se transformar na mais importante obra de mobilidade urbana realizada pela Prefeitura de São Luís nos últimos 30 anos.

A requalificação das avenidas, mudanças de retornos, ampliação das pistas, troca de sentido e fim dos cruzamentos e rotatórias já garantem – mesmo ainda não concluída a obra – um fluxo no trânsito nunca visto no local.

A obra no Anel Viário começou com a eliminação da antiga rotatória que servia de ligação entre o Centro, a área Itaqui-Bacanga e o bairros, a partir da avenida dos Africanos.

Na área, os engarrafamentos eram constantes e gigantescos.

A SMTT mudou tudo, garantiu melhor fluxo de veículos e o fim dos congestionamentos. A obra agora já está em outra fase, nas proximidades do Anel Viário, também com mudança de sentido e eliminação de sinais, dando maior fluidez ao trânsito.

Com as primeiras intervenções, o trânsito já flui melhor no Bacanga.

Não foi apenas no Anel Viário que as intervenções da prefeitura melhoraram o trânsito.

Na avenida dos Africanos, na altura do Coroado, foi resolvido o gargalo que formava uma calda de veículos que chegava ao Bairro de Fátima nos horários de pico.

No Renascença,  o fechamento de retornos e a inclusão dos retornos de quadra também melhoraram o trânsito.

A prefeitura continua fazendo um belo trabalho em diversas áreas...

Mas é preciso reconhecer quando um belo trabalho está sendo realizado e uma grande obra muda a cara da cidade…

sexta-feira, 20 de fevereiro de 2015

CUIDADO,AS CENAS QUE VOCÊ VERÁ SÃO DE FORTE IMPACTO!

ISSO E BALSAS-MA,CAPITAL DA SOJA!














E o grupo Dino afundando Balsas!

Com as fortes chuvas dos últimos dias, muitas ruas de Balsas têm ficado quase intrafegáveis. Lama e muitos buracos têm tomado conta das vias e dificultam o tráfego de veículos e pedestres.
A falta de infraestrutura é visível em vários pontos da cidade. Em alguns bairros as crateras tomaram conta das ruas e ameaçam até as estruturas das residências. Os moradores reclamam também das poças de lama que se formam nas portas das casas. Têm lugares que mais parecem lagoas no meio da rua.
Alguns pontos de ruas importantes da cidade foram transformados em verdadeiros atoleiros. Os motoristas precisam de atenção redobrada e fazerem malabarismos para poder desviar dos buracos e não ficarem atolados ou quebrarem os veículos.


Segundo a Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Balsas, os trabalhos emergenciais já começaram para conter as erosões na periferia da cidade e que o trabalho de recuperação mais completo será feito assim que o terminar o período chuvoso.
BláBláBlá...
Quanto mais o tempo passa só piora a situação da "Princesinha do Sul do Maranhão", que atualmente ta parecendo mais é "Princesinha dos Buracos do Sul", deva se também observar que nessa administração "Luis Rochinha" o quase nada, virou nada é feito pela cidade.
Onde falta de verbas não é!(Apenas vemos à administração na rede e água de coco e a população "a ver navios")!

Com a palavra o ausente Prefeito de Balsas Sr. Luis Rocha Filho!


Por: Lucas Bernard

Resultados positivos no transporte da Capital!

Ainda com números positivos da semana carnavalesca a capital maranhense conta ainda com uma boa nova, que vem sendo tramitada e arquitetada através da SMTT. Um projeto que visa melhorar a qualidade de transporte oferecido na capital.
Com as ações foram garantidos mais de 120 novos ônibus. Beneficiando assim mais de 200 mil pessoas que utilizam o sistema de transporte da capital.
Os novos ônibus são equipados com elevadores elétricos e adaptados as pessoas com necessidades especiais. 

"Programa de Recuperação Ambiental e Melhoria da Qualidade de Vida"

 Prefeitura Realiza o Monitoramento da Água do Lago do Bacanga
Da Redação
Agência São Luis
A Prefeitura de São Luís, através da Secretaria Municipal de Projetos Especiais (SEMPE), realiza desde 2014 o monitoramento da qualidade da água do lago do Bacanga, que é uma das ações do Programa de Recuperação Ambiental e Melhoria da Qualidade de Vida da Bacia do Bacanga.
O Secretário Municipal de Projetos Especiais, Gustavo Marques, explica que a necessidade dessa consultoria se deu em virtude das obras e intervenções que a Prefeitura vem realizando ao longo do Canal do Rio das Bicas, que deságua no Lago do Bacanga. "É necessário fazermos o monitoramento da qualidade da água do lago para saber quais os impactos positivos que as intervenções estavam causando, pois essa é uma preocupação permanente do prefeito Edivaldo" explicou o secretário.
O monitoramento do Lago do Bacanga tem como objetivo fornecer uma visão geral da qualidade das suas águas e acompanhar a evolução de parâmetros físico-químicos, microbiológicos, hidrobiológicos e a fauna planctônica. A previsão é que até o final do ano sejam realizadas um total de quatro coletas em épocas diferentes englobando o período chuvoso e de estiagem.
As duas coletas em fevereiro de 2014 e de 2015, apontaram que o lago não possui contaminação com metais pesados. "Quando contratamos essa consultoria para realizar o trabalho de coleta e analise da água esperávamos encontrar índices de cádmio (espécie de metal pesado), devido a grande quantidade de oficinas situadas na proximidade do Lago, mas o resultado nos mostrou que a água encontra-se livre dessa substância", explicou o especialista socioambiental da Sempe, José Antonio Lopes.
De acordo com o engenheiro químico responsável pela analise, Márcio Castro, o diagnóstico prévio aponta para um Lago diretamente impactado pelos despejos domésticos e comerciais em seus afluentes, além do descarte inadequado de lixo, prejudicando a sua balneabilidade e elevando a presença de substâncias nocivas a comunidade aquática. Também foi comprovado que o regime de abertura das comportas afeta diretamente nos níveis de qualidade da água melhorando-a em vários aspectos.
Segundo José Antonio Lopes, espera-se que com a execução das obras de drenagem do canal do coroado e do canal do rio das bicas na margem direita do bacanga e de implantação de rede de esgotamento sanitário na margem esquerda (Vila Embratel, Sa Viana, Piancó) previstas no Programa Bacia do Bacanga e com a recuperação e normalização da operação da Barragem do Bacanga, estes efeitos possam ser minimizados, melhorando a qualidade da água do lago.
Ao final do monitoramento, um relatório consolidado será emitido, fornecendo todas as informações levantadas pela consultoria contratada, a respeito da qualidade da água do Lago do Bacanga após as obras de intervenções na área.

quinta-feira, 19 de fevereiro de 2015

PRA FRENTE E QUE SE ANDA!! E AGORA COM NOVA FROTA!

Prefeitura de São Luis entregará 130 Ônibus para o sistema de transporte coletivo.

Por Zica Fonseca
download (1)
A Prefeitura de São Luis , entregará nesta sexta-feira(20), o equivalente a 130 Ônibus ao sistema de transporte coletivo da capital maranhense. A renovação da frota integra remodelamento do sistema de transporte público. A entrega será feita pelo prefeito Edivaldo Holanda Júnior juntamente com o secretário de trânsito e transporte Canindé Barros.
De acordo com o calendário apresentado pelo Sindicato das Empresas de transportes de passageiros de São Luis (SET) ainda será entregue mais 120 veículos até Março.

DE VOLTA AOS TRABALHOS!

Prefeitura retoma atendimento domiciliar.(do Programa da Família-PSF)destaque nosso.
Da Redação
Agência São Luis
A prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Sáude (Semus), retomou as visitas domiciliares do Programa da Família (PSF), beneficiando idosos, acidentados, mulheres no pós-parto, pessoas com limitações físicas e pacientes da rede de urgência e emergência que tenham recebido alta, mas necessitem de acompanhamento. A medida faz parte dos investimentos do prefeito Edivaldo em programas que melhorem a qualidade de vida da população. O programa integra o conjunto de ações do Projeto Municipal de Qualificação, Articulação e Fortalecimento da Atenção Básica.
Segundo a secretária de Saúde, Helena Duailibe: "Prestar assistência de saúde no ambiente familiar é uma forma de garantir também o envolvimento das pessoas nos tratamentos, chamar a atenção delas para a necessidade de ter hábitos saudáveis de vida e construir novas  relações entre os usuários do SUS e a equipe do PSF. Tudo isso tem sido feito de forma humanizada e acolhedora", afirmou.
Com o compromisso de cumprir a meta de 60% de cobertura do Programa, mais 356 novos agentes de saúde deverão ser contratados pela gestão municipal até 2017. Atualmente, 849 profissionais da área atuam na zona urbana e rural de São Luís. Neste mês a prefeitura fez a entrega de 4 mil novos kits com uniformes para Agentes Comunitários de Saúde. Cada integrante recebeu boné, bolsa e 2 camisetas, além do tradicional colete. Edivaldo também anunciou o novo piso salarial da categoria, que passará dos atuais R$ 900,00 para R$ R$ 1.014,00, mais os acréscimos de 20% de adicional de insalubridade e outras vantagens inerentes à profissão. "Tenho a grata satisfação de anunciar que vamos cumprir o piso nacional da categoria, cujos valores serão aplicados já a partir deste mês. Fazemos isso porque sabemos da importância do trabalho dos agentes comunitários de saúde como estratégia fundamental na nossa política de saúde preventiva", destacou o prefeito.
Em 2014, 12 novos veículos foram entregues pelo Prefeito Edivaldo para o deslocamento das equipes até os usuários do SUS e suas famílias. Há cinco anos, as visitas domiciliares estavam suspensas por falta de estrutura do programa e, com a reorganização do serviço de Atenção Básica executada pela atual administração municipal, as visitas puderam ser retomadas.
Visitas- O cronograma de atendimentos inclui 53 unidades básicas de saúde, em que uma equipe realiza visitas nas residências de idosos, acidentados, mulheres no pós- parto, pessoas com limitações físicas e pacientes da rede de urgência e emergência que tenham recebido alta, mas necessitem de acompanhamento. A equipe de visita médica é formada por um médico generalista, um enfermeiro, um auxiliar ou técnico de enfermagem e agentes comunitários de saúde. O PSF abrange sete Distritos de Saúde de capital, como o do Bequimão, Centro, Cohab, Coroadinho, Itaqui-Bacanga, Tirirical e Vila Esperança. As demandas de visitas das equipes do Programa são identificadas pelos agentes comunitários de saúde nas atividades externas às unidades de saúde. O atendimento conta com o suporte de toda a rede municipal de saúde que atua como apoiadora das ações de atenção básica. Nas visitas domiciliares, as equipes do PSF, além de prestarem assistência ao doente, também orientam sobre os procedimentos na rede municipal que devem ser buscados pelos demais integrantes da família. 

quinta-feira, 12 de fevereiro de 2015

PREPARADOS PARA O CARNAVAL? A SEMUS SIM!

Prefeitura garante atendimento de urgência e emergência no Carnaval
Da Redação
Agência São Luis
A Prefeitura de São Luís e o Governo do Estado firmaram uma parceria para garantir o atendimento de urgência e emergência à população, durante o Carnaval. Como resultado da parceria será montado, pelas secretarias estadual e municipal de Saúde, um hospital de campanha que vai funcionar na Passarela do Samba, no Anel Viário, a partir desta quinta-feira (12), para atender às ocorrências do Circuito da Folia.
A secretária municipal de Saúde, Helena Duailibe diz que as estatísticas de anos anteriores mostram que durante as festas de Momo o número de atendimentos duplica e, por isso, é indispensável reforçar as escalas de plantão e aumentar o número de profissionais. "O Prefeito Edivaldo determinou que toda a estrutura seja reforçada para assegurar que as pessoas que necessitarem de atendimento de urgência e emergência durante o Carnaval possam contar com os serviços da rede municipal. Estamos trabalhando de forma articulada", disse.
O hospital de campanha da Passarela vai realizar o primeiro atendimento de todas as ocorrências e, de acordo com a gravidade, o paciente será referenciado imediatamente para outras unidades. Os Socorrões serão referências para os casos graves, de média e alta complexidade. As ocorrências de menor relevância clínica serão encaminhadas para as UPAs, Unidades Mistas e Prontos Socorros. Para assegurar o atendimento pré-hospitalar e a remoção de pacientes, a população vai contar com o Samu, que terá uma frota de 15 ambulâncias funcionando regularmente.
A Superintendente de Assistência à Rede da Secretaria Municipal de Saúde, Sabrina Furtado Cunha, explica que o hospital de campanha está totalmente equipado e vai contar com equipes multiprofissionais, além do suporte da rede de urgência e emergência, que estará de plantão 24 horas.
"Toda a estrutura foi bem planejada e vai funcionar tendo como base o sistema de classificação de risco de paciente, para garantir o atendimento de toda a demanda com eficiência, agilidade e de forma humanizada", disse.

Mobilidade para o pedestre!Pedestre tambem faz fluir o transito.

Começamos ontem a realizar uma operação que vai melhorar a mobilidade de pedestres no Centro de São Luís. Comandada pelo subprefeito Fábio Carvalho, a ação está retirando cavaletes, cones, cadeiras e outros objetos utilizados de maneira irregular e que interditam vias públicas e dificultam a livre circulação de pessoas. Partimos do princípio de que nenhuma empresa, loja ou ambulante pode obstruir calçadas, dificultando ou até mesmo impedindo o trânsito de pedestres. Com o apoio da população, que recebeu muito bem as primeiras ações, vamos continuar organizando os espaços públicos e fazendo o que for necessário para que a lei seja cumprida.

quarta-feira, 11 de fevereiro de 2015

Prefeitura intensifica fiscalização em estabelecimentos farmacêuticos.

O trabalho, que ocorrerá até a próxima sexta-feira (13), visa coibir os abusos e irregularidades cometidos por esses estabelecimentos
A Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semus), e com o apoio da Gerência de Proteção e Defesa do Consumidor do Maranhão (Procon) e do Conselho Regional de Farmácia, está intensificando as fiscalizações a farmácias da capital maranhense. O trabalho, que ocorrerá até a próxima sexta-feira (13), visa coibir os abusos e irregularidades cometidos por esses estabelecimentos.
De acordo com a secretária municipal de Saúde, Helena Duailibe, a fiscalização reforça o trabalho da Prefeitura no zelo pela qualidade dos produtos comercializados em farmácias. "É uma determinação direta do prefeito Edivaldo que reforcemos as ações para garantir o efetivo controle sanitário dos medicamentos que a população consome, minimizando os riscos à saúde", disse.
Nesta terça-feira, dez farmácias foram vistoriadas no que se refere a aspectos como a estrutura física, a qualidade dos produtos e as condições gerais de funcionamento dos estabelecimentos. Entre as irregularidades encontradas pela fiscalização estavam a falta de alvará sanitário atualizado (documento, renovado anualmente, que comprova que o estabelecimento segue aos padrões de higiene e limpeza) e a comercialização de medicamentos fracionados. As irregularidades vão desde notificação até interdição da farmácia.
Os proprietários de farmácias e drogarias que estejam irregulares junto ao poder público devem procurar a sede da Vigilância Sanitária e Epidemiológica, localizada na Avenida dos Franceses, bairro Alemanha (em frente ao Hospital da Criança). "Nestes casos, os gestores da Vigilância vão orientar estes donos de estabelecimentos para que se adequem às normas legais o quanto antes", disse.
A dona-de-casa Maria Aparecida Souza, de 35 anos, que ia adquirir medicamento em um dos locais fiscalizados elogiou a ação do Município e entidades parceiras. "É importante que as autoridades tenham essa preocupação, porque a gente se sente mais segura, ao comprar um medicamento", afirmou.

AÇÃO DA SAÚDE CONTRA GLAUCOMA!

No último final de semana, realizamos, pela segunda vez, o mutirão contra o glaucoma, desta vez no bairro Bequimão. Foram cerca de 150 atendimentos realizados de forma gratuita e, nos casos de diagnóstico de algum sintoma, os pacientes foram encaminhados para outros procedimentos. Esse é mais um compromisso da nossa gestão: levar saúde de qualidade para mais perto da população ludovicense. Continuaremos investindo em projetos como esse, descentralizando os atendimentos e melhorando a vida de quem vive aqui.

terça-feira, 10 de fevereiro de 2015

MAIS UMA AÇÃO DA SAUDE!

Prefeitura promove mutirão de combate ao glaucoma no Bequimão.

Por Maranhão da Gente
A Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semus) promoveu na manhã deste sábado (07), na Unidade Mista do Bequimão (localizada na avenida Principal do bairro), o mutirão de combate ao glaucoma. Essa é segunda atividade semelhante realizada, por determinação do prefeito Edivaldo, em pouco mais de uma semana (a primeira foi realizada no dia 28 de janeiro na Unidade Mista Itaqui-Bacanga). Durante as ações, mais de 150 pessoas foram atendidas e passaram por exames clínicos feitos por profissional habilitado e de forma gratuita.
Além do exame, o paciente diagnosticado por algum sintoma de glaucoma foi encaminhado para outros procedimentos e, caso seja necessário, o paciente será submetido à cirurgia. “Esta é a segunda atividade do tipo, em pouco mais de uma semana, que promovemos na rede pública municipal. É uma determinação expressa do prefeito Edivaldo que seguimos no setor e, desta forma, ofertamos saúde a uma parcela da população que sofre com problemas na visão”, disse a secretária titular da Semus, Helena Duailibe.
O oftalmologista Venner Pinto de Aguiar, responsável pelo diagnóstico dos pacientes, explicou que o glaucoma é considerado uma doença mais grave do que a catarata, porém caso seja diagnosticada de forma precoce, possui tratamento. “Por isso a importância deste procedimento, que verifica de perto como está a visão dos pacientes. Apesar de atingir, em sua maioria, pessoas acima dos 60 anos de idade, pessoas mais jovens também estão suscetíveis à doença”, explicou.
A aposentada Raimunda Aparecida Pereira, de 62 anos, moradora da Vila Palmeira, esteve no local durante o Mutirão para realização de exame de rotina. “Sinto um pouco de coceira em um dos olhos e quando soube do Mutirão, decidi vir para saber em que situação estava a minha visão”, disse. Ao passar pelo exame, foi constatado que a paciente terá que passar por outras avaliações médicas.
GLAUCOMA
O glaucoma é uma doença que atinge o nervo óptico (parte responsável por levar as informações captadas pelos olhos ao cérebro). A doença é hereditária e recomenda-se que pessoas acima dos 40 anos de idade procurem ajuda médica, pelo menos uma vez por ano, para saberem se possuem a enfermidade.

segunda-feira, 9 de fevereiro de 2015

MAIS UMA AÇÃO EM SAÚDE PUBLICA NA CAPITAL MARANHENSE,SOB COMANDO MUNICIPAL.


 Dia D de combate à Dengue e a Febre Chikungunya
Da Redação
Agência São Luis
O prefeito Edivaldo participou na manhã do último sábado (07) do Dia D de combate à Dengue e a Febre Chikungunya. A Secretaria Municipal de Saúde (Semus) promoveu a ação conforme orientação do Ministério da Saúde (MS). Durante as atividades, realizadas nos 7 distritos da capital maranhense (Centro, Coroadinho, Cohab, Bequimão, Tirirical, Vila Esperança e Itaqui-Bacanga), foi divulgado um balanço do número de casos da doença no ano passado. De acordo com a Semus, somente em 2014, foram notificados 960 casos de dengue na cidade, número 17.22% inferior ao registrado no ano de 2013.
Ainda segundo a Semus, em 2015 já foram registrados apenas 17 casos de dengue na cidade. Já em relação à Febre Chikungunya, foram notificados em 2015 dois casos suspeitos, sendo um já descartado e o outro ainda em análise laboratorial. No Dia D, a concentração dos agentes do distrito Centro ocorreu às 8h em frente à Biblioteca Pública Benedito Leite.
Ao lado da titular da Semus, Helena Duailibe, o prefeito fez questão de demonstrar a importância da ação e o apoio aos servidores engajados nas atividades. "A Saúde é uma de nossas prioridades nessa gestão. Os resultados que temos alcançado nessa área refletem o nosso compromisso com a população e são consequências de um envolvimento conjunto dos membros que compõem esta administração", afirmou.
De acordo com a secretária Helena Duailibe, a ação do Dia D reforça um compromisso da gestão pública municipal com o bem-estar dos ludovicenses. "Foi uma determinação direta e expressa do prefeito Edivaldo, que fez questão que estivéssemos aqui hoje para prestigiar e destacar os dados positivos relacionados à dengue, no ano passado, já que houve uma redução significativa dos casos", disse.
Ainda durante as ações do Dia D, foram realizadas visitas domiciliares, houve entrega de panfletos a cidadãos, além de no Centro terem sido feitas demonstrações sobre a atuação do agente transmissor das doenças, o mosquito Aedes Aegypti. Pessoas que passavam no Centro, hoje pela manhã, puderam observar os estágios de vida do mosquito e recebiam informações sobre as formas de combatê-lo.
Paralelamente ao Dia D, ainda no Centro, foi promovido o circuito de saúde, em que foram oferecidas vacinas grátis contra Hepatite e Tétano. "É uma ação importante e que ajudará a combater e a controlar essas doenças na cidade", frisou a superintendente de Vigilância Epidemiológica e Sanitária da Semus, Terezinha Lobo.
O aposentado José de Ribamar Pereira, de 67 anos, esteve no Centro recebendo orientações sobre o controle do Aedes Aegypti e recebeu doses de vacina. " É uma ação importante da Prefeitura, que demonstra estar preocupada com a população", disse.

quinta-feira, 5 de fevereiro de 2015

E lá vamos nós....Quanta hipocrisia!

MARANHÃO GOVERNABILIDADE:  SECRETARIA DE JUVENTUDE EXISTE SÓ NO PAPEL

Por: Ilha Rebelde

ANB Online


 Secretária fantasma?


 Nas estatísticas que apontam o Maranhão e a Grande São Luís como como violentos e de alta periculosidade a presença da Juventude chama atenção pelos crimes que vem protagonizando em meio a total ausência de políticas públicas por parte do Governo.

Em sua maioria adolescentes ou jovens com até 30 anos,  a participação reincidente de pessoas com o perfil ainda em formação é gritante nos registros de ocorrências diárias das cidades maranhenses. Na Região Metropolitana, uma quase-regra.

Tatiana com Flávio: 'heroísmo' que ainda não contemplou a Juventude do Maranhão
A triste realidade denuncia a inércia e a inoperância da Secretaria de Juventude do Governo do Maranhão que, a bem da verdade, sempre existiu só no papel. Nas administrações passadas e na atual. Até hoje, a titular da Pasta, Tatiana Pereira ainda não mostrou a que veio.

A acomodação com a falta de funcionalidade da Pasta é histórica. Vista como cabide de empregos e no organograma administrativo somente ali para constar, a Secretaria de Juventude é um elefante branco que vem custando caro ao bolso do contribuinte e  aos cofres públicos sem, contudo,  apresentar a contrapartida desejada.

Funcionando com a lógica de fóruns e eventos pífios na sua esfera interna, os integrantes da Pasta, incluindo sua titular, ainda não se deram conta da estrutural missão que tem pela frente. Ou, como afirmam fontes ligadas a Tatiana Pereira, estão perdidos sem saber o que fazer ou por onde começar.

NADA APRESENTAR A secretária de Juventude do Estado,Tatiana Pereira segue o metier das gestões passadas; Juventude maranhense está cada dia mais abandonada
O fato é que no centro da questão preocupante, os jovens maranhenses estão cada vez mais vulneráveis e cooptados pelas organizações criminosas no velho jargão  ‘onde o Estado se omite  o crime domina’. Mas não se trata só de omissão.  A postura da Secretaria aponta para a falta de compromisso com o Setor. Indica que já lhe basta a inserção dos créditos no portal do Governo do Estado.  Assim, sem se sentir na obrigação de nada fazer.

Nos municípios e pelas ruas dos bairros de São Luís, a paisagem de descaso e abandono da Juventude salta aos olhos. Não se veem projetos, medidas ou programas sociais anunciados pela Pasta que segue engessada mesmo recebendo milhões mensais para investir no Seguimento.

Por outro lado a defesa de certo ‘heroísmo’ de secretários do governador suplanta toda e qualquer intenção de se  usar a pragmática e a realidade para cair em campo e reverter o quadro assombroso que vem se perpetuando. Numa situação cômoda, a titular da Juventude e auxiliares seguem os frios protocolos de sempre na repetição de seus antecessores. Enquanto isso, a Juventude do Estado sobrevive cada vez mais desamparada, na ociosidade e sem oportunidades. 

Semus promove Dia D de controle da Dengue e Febre Chikungunya!!!



Por: Jeisael Marx

A Secretaria Municipal de Saúde (Semus), realiza no próximo sábado (7), o Dia D de mobilização para o controle da Dengue e Febre Chikungunya na capital maranhense, conforme orientação do Ministério da Saúde.


O evento terá concentração a partir das 8h30 na Praça Deodoro e na Cidade Olímpica, além de atividades nos sete distritos da cidade (Centro, Coroadinho, Cohab, Bequimão,Tirirical, Vila Esperança e Itaqui-Bacanga).

Entre as ações a serem realizadas estão visitas de agentes de saúde em residências para controle de focos e recolhimento de objetos que sirvam para acúmulo de água e possam se transformar em criadouros do mosquito Aedes Aegypti. As ações incluem ainda panfletagem nos Terminais de Integração e orientação sobre a prevenção da dengue e da febre chikungunya. A Semus vai realizar também uma fiscalização especial em borracharias, que poderão receber o Selo Legal, se atenderem aos requisitos de acondicionamento de pneus.

Segundo a Semus, em 2014 houve uma redução de 17% nos casos de dengue, em relação a 2013.

Recentemente o Ministério da Saúde anunciou a capital maranhense como uma das 10 cidades do país que serão referência no Plano de Contingência de Estudo para o controle da dengue, doença que teve 928 casos notificados em 2014, em São Luís.

Dengue
A dengue é uma doença febril aguda causada por um vírus, sendo um dos principais problemas de saúde pública no mundo. O seu principal vetor de transmissão é o mosquito Aedes aegypti que se multiplica em depósitos de água parada acumulada nos quintais e dentro das casas.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) estima que entre 50 a 100 milhões de pessoas se infectem anualmente com a dengue em mais de 100 países de todos os continentes, exceto a Europa. Cerca de 550 mil doentes necessitam de hospitalização e 20 mil morrem em consequência da dengue.
Embora pareça pouco agressiva, a doença pode evoluir para a dengue hemorrágica e a síndrome do choque da dengue, caracterizadas por sangramento e queda de pressão arterial, o que eleva o risco de morte. A melhor maneira de combater esse mal é atuando de forma preventiva, impedindo a reprodução do mosquito.

Febre Chikungunya

Febre Chikungunya é uma doença parecida com a dengue, causada pelo vírus CHIKV. Seu modo de transmissão é pela picada do mosquito Aedes aegypti infectado e, menos comumente, pelo mosquito Aedes albopictus.
Seus sintomas são semelhantes aos da dengue: febre, mal-estar, dores pelo corpo, dor de cabeça, apatia e cansaço. Porém, a grande diferença da febre chikungunya está no seu acometimento das articulações: o vírus avança nas juntas dos pacientes e causa inflamações com fortes dores acompanhadas de inchaço, vermelhidão e calor local.





quarta-feira, 4 de fevereiro de 2015

COMPARTILHE...“Está ao nosso alcance”

"ESTÁ AO NOSSO ALCANCE"
Por Fundação do Câncer
O Dia Mundial Contra o Câncer, celebrado pela União Internacional de Controle do Câncer (UICC) em 4 de fevereiro, será lembrado ao longo de uma semana na rede social da Fundação do Câncer. Desde o dia 28 de janeiro, a Fundação divulga o tema da campanha em 2015 - “Está ao nosso alcance” - para levar a seus mais de 165 mil seguidores no Facebook uma abordagem positiva e proativa da luta contra a doença. 
“A proposta da campanha este ano é ressaltar que existem soluções para o controle do câncer, e que elas estão ao nosso alcance. Estamos compartilhando informações nos quatro eixos de abordagem sugeridos pela UICC, que visam à conscientização para a escolha de uma vida saudável, à detecção precoce e ao tratamento efetivos para todos, e à melhoria da qualidade de vida”, explica Claudia Gomes, gerente de Marketing e Captação da Fundação do Câncer. 
Fundada em 1933 e com sede em Genebra, na Suíça, a UICC é a maior organização de luta contra o câncer, com mais de 760 organizações participantes em 155 países. A Fundação do Câncer é membro da UICC desde 2008. O objetivo dessa rede de cooperação internacional é promover ações que resultem na queda da incidência do câncer no mundo. 

Será que é transparente mesmo? Deve ser por isso que ninguém vê!

Por: Marco Aurélio D'ça

Incoerência…

Por algum motivo, o Portal da Transparência do governo estadual do Maranhão está paralisado desde o começo da gestão Flávio Dino.
Não há qualquer registro de gastos diretos, transferências a municípios ou despesas com pessoal na página eletrônica do Executivo estadual.
Embora muitos pagamentos já tenham sido efetuados nos últimos 30 dias, o governo que criou uma Secretaria de Transparência ainda não deu nenhuma informação oficial à população sobre seus gastos.

terça-feira, 3 de fevereiro de 2015

Farra nos cargos públicos do Governo Flavio Dino, até envolvida em escândalos tem seu lugar garantido!


Por: Atual7
A farra de distribuição de cargos públicos no governo Flávio Dino privilegiou uma das investigadas na Operação Geist da Polícia Federal por participação no esquema fraudulento denunciado pelo programa Fantástico, da Rede Globo, no quadro 'Cadê o dinheiro que estava aqui?'.

Trata-se da ex-secretária de Assistência Social de Tuntum, Daniella Jadão Meneses Cunha, esposa do prefeito do município, Cleomar Tema, um dos 104 presos pela PF, em 2007, na Operação Rapina, uma das maiores operações no país contra desvio de dinheiro público.

Emplacada no governo comunista como diretora geral do Hospital de Urgência e Emergência de Presidente Dutra, Daniella Jadão manteve contratos, durante sua passagem na administração do esposo, com a empresa de fachada A4 Serviços e Entretenimento Ltda, denunciada no Fantástico pelo desvio de milhões dos cofres públicos em dezenas de prefeituras do Maranhão, por meio de contratos para alugueis de carros e máquinas.

De acordo investigações da PF, Controladoria Geral da União (CGU), Polícia Civil e do Grupo de Atuação Especial no Combate às Organizações Criminosas (Gaeco) do Ministério Público (MP), a A4 era usada pelos gestores municipais para o fornecimento de notas fiscais frias.

Além de recursos federais, a empresa contratada por Daniella Jadão desviou ainda verba do Tesouro estadual e dos municípios participantes do esquema criminoso.
Enquanto isso, Flávio Dino brinca de governar e enche o palácio dos leões com ratos. Aqueles que como ratos que roubam as panelas abertas eles roubam o tesouro do estado! 

MAIS SAÚDE, MAIS ACESSO.INCENTIVO A HÁBITOS SAUDÁVEIS!


Prefeitura retoma atendimento domiciliar
Da Redação
Agência São Luis
A prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Sáude (Semus), retomou as visitas domiciliares do Programa da Família (PSF), beneficiando idosos, acidentados, mulheres no pós-parto, pessoas com limitações físicas e pacientes da rede de urgência e emergência que tenham recebido alta, mas necessitem de acompanhamento. A medida faz parte dos investimentos do prefeito Edivaldo em programas que melhorem a qualidade de vida da população. O programa integra o conjunto de ações do Projeto Municipal de Qualificação, Articulação e Fortalecimento da Atenção Básica.
Segundo a secretária de Saúde, Helena Duailibe: "Prestar assistência de saúde no ambiente familiar é uma forma de garantir também o envolvimento das pessoas nos tratamentos, chamar a atenção delas para a necessidade de ter hábitos saudáveis de vida e construir novas  relações entre os usuários do SUS e a equipe do PSF. Tudo isso tem sido feito de forma humanizada e acolhedora", afirmou.
Com o compromisso de cumprir a meta de 60% de cobertura do Programa, mais 356 novos agentes de saúde deverão ser contratados pela gestão municipal até 2017. Atualmente, 849 profissionais da área atuam na zona urbana e rural de São Luís. Neste mês a prefeitura fez a entrega de 4 mil novos kits com uniformes para Agentes Comunitários de Saúde. Cada integrante recebeu boné, bolsa e 2 camisetas, além do tradicional colete. Edivaldo também anunciou o novo piso salarial da categoria, que passará dos atuais R$ 900,00 para R$ R$ 1.014,00, mais os acréscimos de 20% de adicional de insalubridade e outras vantagens inerentes à profissão. "Tenho a grata satisfação de anunciar que vamos cumprir o piso nacional da categoria, cujos valores serão aplicados já a partir deste mês. Fazemos isso porque sabemos da importância do trabalho dos agentes comunitários de saúde como estratégia fundamental na nossa política de saúde preventiva", destacou o prefeito.
Em 2014, 12 novos veículos foram entregues pelo Prefeito Edivaldo para o deslocamento das equipes até os usuários do SUS e suas famílias. Há cinco anos, as visitas domiciliares estavam suspensas por falta de estrutura do programa e, com a reorganização do serviço de Atenção Básica executada pela atual administração municipal, as visitas puderam ser retomadas.
Visitas- O cronograma de atendimentos inclui 53 unidades básicas de saúde, em que uma equipe realiza visitas nas residências de idosos, acidentados, mulheres no pós- parto, pessoas com limitações físicas e pacientes da rede de urgência e emergência que tenham recebido alta, mas necessitem de acompanhamento. A equipe de visita médica é formada por um médico generalista, um enfermeiro, um auxiliar ou técnico de enfermagem e agentes comunitários de saúde. O PSF abrange sete Distritos de Saúde de capital, como o do Bequimão, Centro, Cohab, Coroadinho, Itaqui-Bacanga, Tirirical e Vila Esperança. As demandas de visitas das equipes do Programa são identificadas pelos agentes comunitários de saúde nas atividades externas às unidades de saúde. O atendimento conta com o suporte de toda a rede municipal de saúde que atua como apoiadora das ações de atenção básica. Nas visitas domiciliares, as equipes do PSF, além de prestarem assistência ao doente, também orientam sobre os procedimentos na rede municipal que devem ser buscados pelos demais integrantes da família.