terça-feira, 31 de julho de 2018

FLÁVIO DINO SENTE O GOSTO AMARGO DO VENENO QUE ELE MESMO USOU CONTRA JACKSON LAGO EM 2010

Por MARCO AURÉLIO D'EÇA

Lideranças e eleitores no interior começam a por dúvidas na candidatura do comunista, por causa da inelegibilidade do seu vice, Carlos Brandão; há oito anos, atual governador espalhava história parecida contra o falecido pedetista.

Flávio Dino em uma das raras fotos com Jackson Lago: traição e covardia na campanha de 2010

Em 2010, quando disputou pela primeira vez as eleições de governador, a campanha do comunista Flávio Dino utilizou uma estratégia cretina contra o ex-governador Jackson Lago (PDT): em busca da hegemonia na oposição, espalhou no interior que o pedetista teria os votos anulados pela Justiça Eleitoral.(Relembre aqui e aqui)
A tática covarde da campanha dinista atingiu em cheio o ex-governador, que acabou amargando um terceiro lugar naquela disputa, vencida em primeiro turno por Roseana Sarney (MDB).
Hoje, Flávio Dino prova o mesmo veneno que fez Jackson experimentar há oito anos.
Lideranças e eleitores no interior questionam sobre a validade da campanha do comunista, uma vez que seu vice, Carlos Brandão, deverá ser declarado inelegível pela Justiça Eleitoral.
O drama de Flávio Dino é o mesmo de Jackson Lago, com uma diferença: o do ex-governador era uma mentira inventada pela campanha comunista. O de hoje, é um risco real, a ser decidido na Justiça Eleitoral.
Já existem, inclusive, especulações de que Brandão será substituído pelo ex-chefe da Casa Civil, Marcelo Tavares (PSB). (Veja aqui)
Outros, apontam que seria a oportunidade para que o PT assumisse a vaga.
Mas enquanto Flávio Dino insiste em manter Brandão como companheiro de chapa, o desgaste de sua candidatura ganha corpo no interior maranhense.
E pode causar sérios danos na candidatura do próprio comunista…
Há quem acuse o próprio Flávio Dino de provocar a inelegibilidade de Carlos Brandão


OS NÚMEROS NÃO MENTEM! GOVERNO DE FLÁVIO DINO É UM FRACASSO!

Por Jorge Aragão

Os números continuam atormentando o governador Flávio Dino, pois ano após ano, alguns números comprovam o fracasso da gestão comunista no Maranhão, afinal contra fatos e números não existem argumentos, apenas chiliques tolos e desnecessários.


O Blog, em maio deste ano, na postagem “Os números que atormentam Flávio Dino”, já fez uma abordagem de alguns levantamentos nacionais sobre Segurança, Estradas, Pobreza e Desemprego.
Estradas – No fim de 2017, foi divulgado um levantamento CNT sobre a situação de todas as rodovias do Brasil. O levantamento analisou 4.647 km de estradas que cortam o Maranhão. Analisando apenas as rodovias estaduais – de responsabilidade do Governo Flávio Dino – 91,6% têm o estado geral ruim ou péssimo, 8,4% estariam regular ou bom e nenhuma está ótima, segundo a pesquisa. Pior é que de 2016 a 2017 (dentro da gestão comunista), o índice de trechos considerados ruins ou péssimos nos aspectos de pavimentação, sinalização e geometria passou de 88,7% para 91,6%.
Pobreza – De acordo com a Revista Valor Econômico, baseada num levantamento da LCA Consultores e em uma Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad Contínua), a pobreza extrema no Maranhão cresceu de 2016 para 2017, pois aumentou o índice de maranhenses vivendo com menos de U$ 60 por mês. Os dados comprovam que a extrema pobreza no Maranhão cresceu.
Segurança – O Fórum Brasileiro de Segurança Pública observou o aumento de alguns crimes no Maranhão, entre eles o latrocínio, roubo seguido de morte. O 10º Anuário Brasileiro de Segurança Pública mostrou um aumento de 61,2% dos casos de latrocínios em relação 2014 a 2015 no Maranhão. Em 2014, foram registrados 72 casos, enquanto que no ano posterior, no Governo Flávio Dino, foram 117 ocorrências.
Desempregos – Agora foi a vez da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad) do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), apontar que a taxa de desempregados aumentou no Maranhão.
O levantamento diz que a taxa de desocupados no estado chegou a 15,6 no primeiro trimestre deste ano. Percentual é maior nos últimos sete anos. O pior é que ano após ano no Governo Flávio Dino, o número de desempregados segue aumentando. Em 2015 a taxa de desemprego tinha o percentual média de 8,5%, maior que a média nacional.
Em 2017, o aumento de desemprego continuou no estado e o Maranhão passou a ser o sexto com maior taxa de desempregados do Brasil ficando acima da média nacional que é de 13,1%. De quando teve início o comunista até o momento, a taxa de desemprego quase que dobrou.
PIB – Agora, nesta terça-feira (31), os números do PIB também comprovam o fracasso da gestão comunista. O Maranhão foi um dos estados que registrou maior queda acumulada do Produto Interno Bruto (PIB – que é a soma de todas as riquezas produzidas) em 2016 e 2017.
Com percentual de -11,5%, é a terceira unidade da Federação nesse ranking, atrás do Espírito Santo (-12,3%) e de Sergipe (-11,8%). As informações foram divulgadas pela consultoria Tendência e têm por base dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).
Vale destacar que o declínio registrado no Maranhão nesse período é quase o dobro do apontado no Brasil, onde a queda acumulada no PIB chegou a 6,9% em 2016 e 2017. O Maranhão está no grupo dos oito estados cujo recuo acumulado do PIB passou dos 9%.O Produto Interno Bruto (PIB) do Maranhão registra resultados negativos desde 2015 – primeiro ano do governo Flávio Dino -, quando houve queda de 4,1%, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Em 2014, o PIB do estado havia registrado crescimento de 3,9%.
E os números além de demonstrarem o fracasso da gestão comunista, comprovam que a vida real é muito diferente da propaganda enganosa demonstrada pelo Governo Flávio Dino.

segunda-feira, 30 de julho de 2018

SECRETARIA DE MULHERES DO PT-MA MANIFESTA REPÚDIO À DECISÃO DA COLIGAÇÃO EM NÃO APOIAR A PRÉ-CANDIDATA AO SENADO ADRIANA OLIVEIRA

“ A política não deveria ser a arte de dominar, mas sim a arte de fazer justiça “ (Aristóteles).

Considerando o debate e o resultado do Encontro Estadual do Partido dos Trabalhadores, realizado no dia 27.07.2018, sexta feira passada, e com base no debate e encaminhamento ali deliberado temos as seguintes considerações sobre a mencionada  atividade:

01 – nenhuma das intervenções dos presentes se manifestou contrária a política de aliança com a coligação e reeleição do Governador Flávio Dino;

02 – todas as manifestações verbal ou escrita da pré-candidatura ao Senado Federal de Adriana Oliveira, sempre foram pautadas na reeleição do atual governador e com participação na chapa majoritária, conforme decisão do Congresso Estadual do PT de 2017;

03 – a condução da coordenação da mesa, de forma atropelada e com manobras, apresentou para votação do plenário “a pré-candidatura X a coligação”, fazendo entender que quem votasse em uma proposta estaria contra a outra;

Considerando a grave crise política, econômica e social que o país atravessa, o estado de exceção que estamos vivendo, a fragilidade de nossa democracia, situações de manipulação são extremamente desnecessárias no campo democrático e popular, “a paz se possível, mas a verdade a qualquer preço” (Martinho Lutero).

Não tem como explicar o fato de petistas na defesa de quaisquer que sejam os  interesses se posicionarem contra o fortalecimento do partido,  intervindo contra uma candidatura de uma mulher negra, quilombola, trabalhadora rural e de esquerda, construída pelas bases com apoio de mais de 40 entidades sociais, sindicais, de jovens e de mulheres.

A Secretaria de Mulheres do PT encaminhou o que a maioria das mulheres decidiram, que não aceitam uma militante do Golpe político jurídico e midiático que retirou da presidência da república uma mulher - Dilma Rousseff - legitimamente eleita com mais de 54 milhões de votos.  Um golpe marcado pelo machismo, misoginia e patriarcado, que continua promovendo prejuízos para os trabalhadores e soberania da nação.

As mulheres investiram em um novo projeto de partido onde a paridade não seja apenas jogo de palavras e lutaram muito para que uma mulher, militante de esquerda e dos movimentos sociais e sindicais compusesse a chapa do Governador Flavio Dino.
Adriana Oliveira era pré-candidata do PT-MA ao senado 
É lamentável que não tenha sido compreendida uma das poucas oportunidades de construção da participação efetiva de mulheres e dos movimentos sociais neste processo eleitoral.

As mulheres petistas não sofreram derrota, menos ainda a valente e valorosa companheira Adriana Oliveira.
Derrotados foram aqueles que mais uma vez apostaram na incapacidade de apresentarmos um projeto que no momento combata as candidaturas da direita golpista, mas que também num futuro próximo nos possibilite sermos a alternativa de poder em nosso estado com a projeção de novas lideranças.
 “Conhecereis a verdade e a verdade vos libertará” (Jesus Cristo).

Assinam:
Ednalva Alves Lima – Secretária Estadual de Mulheres do PT

Thaizia Ramalho – Secretária Municipal de Mulheres do PT

Maria Adriana Oliveira
Jucelina Ramos Vale
Maria Júlia Reis Nogueira
Josélia Maria de Alencar Nogueira
Pétala Adrianne Pinto Monteiro

CONVENÇÃO DE ROSEANA REUNIU MULTIDÃO NO ESPAÇO RENASCENÇA

Por Gilberto Léda

A ex-governadora Roseana Sarney (MDB) mostrou hoje (29), durante convenção partidária realizada em São Luís, porque segue sendo o principal pesadelo dos comunistas do Maranhão.


Com força e liderança, ela reuniu uma multidão no Espaço Renascença para confirmar sua candidatura ao Governo do Estado. O empresário Ribinha Cunha, do PSL, foi oficializado como seu candidato a vice-governador.
Sarney Filho (PV) e Edison Lobão (MDB) completam a chapa majoritária, disputando vagas no Senado.
No seu discurso, Roseana destacou o que norteará seu programa de governo.
“Posso dizer que a prioridade maior é a proteção e o cuidado as pessoas, principalmente aquelas mais carentes”, afirmou.
Senado
Duas vezes ministro do Meio Ambiente e deputado federal por nove mandatos, Sarney Filho destacou que possui trabalho comprovado em prol do estado.
“Todos querem vencer numa eleição, ainda mais sendo ela para o Senado. Mas para isso precisa ter trabalho comprovado, fazer parte de um grupo coeso, que tem sempre como foco o benefício do povo. A população não quer e nem tem mais tempo para apostar numa aventura. Chega de enganação, falsas promessas. Por isso, vamos fazer uma grande convenção no domingo, pra mudar o Maranhão pra melhor, com mais emprego, transparência, segurança, respeito ao meio ambiente, saúde e inclusão e responsabilidade social”, destacou Sarney Filho.
Sem cabresto
Num aplaudido discurso, o prefeito de Imperatriz, Assis Ramos (MDB), elogiou a adesão da família Cunha ao projeto de Roseana, lembrou a perseguição que sofreu em 2016, quando foi candidato contra candidaturas ligadas ao Palácio dos Leões, e mostrou confiança na vitória.
“Vamos mostrar para o atual governador que o povo maranhense não tem cabresto. O povo maranhense quer Roseana de volta”, declarou.

EM CONVENÇÃO QUE DÁ LARGADA À CHAPA DA GUERREIRA, A MULTIDÃO UNÂNIME GRITA: "VOLTA ROSEANA"

Por Daniel Matos


Milhares de pessoas de todas as regiões do estado lotaram, neste domingo (29), o Espaço Renascença para participar da convenção estadual do MDB e partidos aliados que oficializou a chapa pela qual Roseana Sarney tentará conquistar seu quinto mandato de governadora do Maranhão. 



Em um grandioso ato político, marcado por emoção e discursos inflamados contra a perseguição a adversários e o aumento de impostos que marcam o governo Flávio Dino (PCdoB), a multidão pediu, a uma só voz, “Volta, Roseana”.
Candidatos a deputado estadual, federal e ao Senado se revezaram, no palanque, em discursos que tiveram um ponto em comum: a necessidade do retorno de Roseana para redimir o estado e livrar o povo da carga tributária massacrante imposta pelos comunistas e para executar as obras estruturantes que o Maranhão tanto precisa e que não foram realizadas pelos atuais donos do poder.

Usaram o microfone os candidatos a deputado federal Cláudio Trinchão (PSD), Victor Mendes (PSD), Hildo Rocha (MDB) e João Marcelo de Souza (MDB) e os candidatos a deputado estadual Adriano Sarney (PV), Arnaldo Melo (MDB), Roberto Costa (MDB), César Pires (PV) e outros. Candidato a vice-governador, o empresário Ribinha Cunha, oriundo de Imperatriz, também usou a palavra e prometeu total empenho na campanha, rumo a mais uma vitória do grupo liderado por Roseana.
Experiência
Em seu discurso, o candidato ao Senado Sarney Filho (PV) destacou a sua antiga luta em prol do meio ambiente. Ele frisou que a preservação dos recursos naturais beneficia primordialmente o povo, pois cria as condições necessárias à sobrevivência humana. Lembrou que por defender ardorosamente a causa ambiental foi nomeado para o cargo de ministro da pasta por duas vezes, uma pelo ex-presidente Fernando Henrique Cardoso e outra pelo atual presidente da República, Michel Temer. Ressaltou, ainda, a sua trajetória na vida pública, que o credencia a concorrer ao mandato de senador, diferente dos candidatos da chapa governista, que não tem currículo à altura para pleitear o cargo.
Lobão fez um breve retrospecto dos períodos em que o seu grupo governou o estado, desde o mandato de José Sarney (1966-1970), passando por sua própria gestão (1991-1994) até a última administração de Roseana (2011-2014). Foram inúmeras obras, que transformaram o Maranhão, outrora sem perspectiva de desenvolvimento, em um território com estradas, porto, ferrovias e inúmeras outras obras que elevaram o potencial local e criaram um ambiente favorável ao progresso. Lobão também destacou sua atuação como ministro das Minas e Energia no governo do ex-presidente Lula, quando levou, por meio do programa Luz para Todos, energia elétrica a 1,5 milhão de lares maranhenses, que antes só tinham iluminação por lamparinas.
Sarney contrariou argumento comunista ao afirmar que um mandato é suficiente para realizar conjunto expressivo de obras

Presente na convenção, o ex-presidente José Sarney foi convidado pela filha, Roseana, a discursar. Em meio a aplausos e gritos de “Sarney, guerreiro do povo brasileiro”, o experiente político também recorreu ao passado para demonstrar que seu grupo fez muito pelo Maranhão. E afirmou um mandato é tempo suficiente para revolucionar um estado, contrariando o argumento dos governistas de agora de que quatro anos é pouco tempo para trabalhar, um mandato é suficiente. “Em apenas quatro anos como governador do Maranhão eu fiz o Porto do Itaqui, a Barragem do Bacanga, a Ponte do Caratatiua, a estrada São Luís-Teresina (BR-135), a estrada Santa Luzia-Açailândia, a usina de Boa Esperança e ainda deixei pronto o projeto da Ponte Bandeira Tribuzi”, listou.
Sarney fez questão de afirmar que Roseana foi convencida pelos aliados a disputar novamente o governo em um momento em que já havia decidido encerra sua carreira na vida pública. Sem conter a emoção, ele lembrou o verso do jingle de campanha da filha, interpretado pela cantora Alcione, que diz “volta, Roseana”, que, para ele, traduz, verdadeiramente, o anseio dos maranhenses.
No momento mais esperado da convenção, Roseana, após um dueto, em pleno palanque, com Alcione, na interpretação da música-tema da sua campanha, prometeu retomar as ações positivas implementadas em seus governos anteriores. Ela reconheceu que o governo Flávio Dino tentou, de alguma forma, dar continuidade a boa parte dos projetos da sua gestão, mas afirmou que isso é muito pouco para um governo que se apresentou como agente da mudança.
Roseana prometeu acabar com a política tributária massacrante implementada pelos comunistas, que, segundo ela, contribuiu para que mais de 300 mil maranhenses voltassem à situação de pobreza extrema desde 2015. Também sem comprometeu a rever a cobrança de ICMS sobre a conta de energia elétrica, elevada no governo atual a um percentual acima de 50%, e retomar programas bem sucedidos como o Primeiro Emprego, o Saúde é Vida e o Viva Luz, este último voltado a famílias carentes, beneficiadas com o pagamento de 100% das suas contas de energia elétrica.
Além do MDB, integram a coligação de Roseana o PV, PSD PSC e PRP.
Assista a um trecho do discurso de Roseana na convenção:
Vídeo by Daniel Matos 




VEJA AS PROPINAS QUE PARTIDOS COLIGADOS AO PC DO B RECEBERAM DE EMPRESAS INVESTIGADAS PELA LAVA A JATO

Autor: 


Clique no partido para mais informações.


PartidoPropina em forma de doação
PC do B4.090.015,08
PDT5.586.245,00
PP14.055.000,00
PPS1.090.000,00
PROS1.390.000,00
PSB21.756.181,05
PT131.633.500,00
PTB4.378.730,00
PR14.052.500,00
PRB1.455.000,00
DEM18.588.546,08
PEN1.100.880,00
PTC250.000,00
SD3.680.000,00
PPL25.000,00
Total223.131.597,21

sábado, 28 de julho de 2018

ELIZIANE GAMA É HOSTILIZADA POR MILITANTES DO MST EM CONVENÇÃO DE FLÁVIO DINO

Por Daniel Matos
Candidata ao Senado apoiada pelo governador Flávio Dino (PCdoB), a deputada federal Eliziane Gama (PPS) foi chamada de golpista por militantes do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), ligado ao PT dos ex-presidentes Lula e Dilma Rousseff.
De bandeira em punho, os ativistas hostilizaram em coro a parlamentar, que votou a favor do impeachment de Dilma, em 2016.
O constrangimento foi geral no palanque, de onde Dino assistiu, impotente, à execração política da sua companheira de chapa majoritária. Assista:

sexta-feira, 27 de julho de 2018

CAMPANHA DE ROSEANA SARNEY AGORA SOB O COMANDO DE FERNANDO SARNEY

Por Diego Emir
Fernando Sarney assumiu a coordenação da campanha de Roseana Sarney (MDB). Após passar o período da Copa do Mundo na Rússia, afinal ele é vice-presidente da CBF, o irmão da ex-governadora topou a missão e foi muito bem recebido pela classe política.
Inicialmente não existiria um único coordenador de campanha, mas sim vários, mas o nome de Fernando Sarney foi muito bem visto e considerado fundamental para o sucesso da campanha.
Com a chegada de Fernando Sarney, anúncios já foram feitos e decisões foram tomadas. O irmão de Roseana é considerado ainda um nome agregador.

RENOVAÇÃO DE FLÁVIO DINO NA ASSEMBLEIA E NA CÂMARA PÕE EM RISCO MANDATOS DE DEPUTADOS

Por Luis Pablo

É um verdadeiro golpe que o governador Flávio Dino (PCdoB) fará com sua base na Assembleia Legislativa do Maranhão e na Câmara Federal.

Os deputados estaduais e federais correm grande risco de perder o mandato pelas mãos do próprio Flávio, que opera uma renovação de 30% no Poder Legislativo e na Câmara.
Pré-candidatos como Márcio Jerry, Duarte Júnior, Márcio Honaiser, Adelmo Soares, entre outros que não fizeram parte do secretariado, mas que são apadrinhados do Palácio dos Leões irão entrar na vaga de alguém com mandato. Isso é fato.
Quem está com dificuldade de se reeleger e que não teve suas emendas pagas pelo governo, pode já começando a recolher seus pertences do gabinete, porque se depender de Flávio Dino a renovação será grande grande, principalmente na Assembleia onde os parlamentares dependem do governo para atender suas bases.
Pode anotar!

CONVENÇÃO QUE OFICIALIZA ROSEANA SARNEY COMO CANDIDATA AO GOVERNO DO MARANHÃO SERÁ DOMINGO


Convenção que oficializa Roseana Sarney como candidata ao governo do Maranhão será realizada neste domingo (29 de julho), no Espaço Renascença. Além do partido MDB, partidos como o PV, PSD, PMB, PRP entre outros, devem participar do evento e anunciar apoio à candidata. 
Na ocasião, também será anunciado o nome do candidato a vice-governador, bem como os suplentes dos candidatos ao senado: Sarney Filho e Edson Lobão. 

A saúde pública está DETERIORADA! Diz juiz ao manter inquérito contra Carlos Lula

Por Gilberto Leda
O juiz federal Roberto Veloso, da 1ª Vara da Justiça Federal no Maranhão, declarou que há interesse público envolvido no inquérito aberto contra o secretário de Estado da Saúde, Carlos Lula, pela Ministério da Transparência e Controladoria-Geral da União (CGU) no âmbito da Operação Pegadores.
Segundo ele, o fato de a saúde pública estar “tão deteriorada na quadra atual” é motivo o suficiente para a manutenção das investigações.
O argumento foi usado pelo magistrado ao negar um pedido do auxiliar do Governo do Estado para que o processo aberto na CGU fosse arquivado (saiba mais).
“Em relação à fiscalização em curso, não vislumbro razões para paralisá-la, mesmo porque o interesse público na apuração de fatos ditos irregulares deve prevalecer”, destacou.
Veloso também rejeitou o argumento da defesa de Lula de que os recursos públicos supostamente desviados não são federais, mas do tesouro estadual.
“Somente depois de devidamente apurado em procedimento regular será possível determinar de onde provieram [os recursos]. Portanto, não me parece razoável, neste momento, determinar a paralisação da investigação, principalmente estando envolvidas grandes somas de recursos públicos […] levando em consideração que se trata dinheiro destinado à saúde pública, tão deteriorada na quadra atual”, completou.

quinta-feira, 26 de julho de 2018

DENÚNCIA!!! SERVIDORES NAS UPAS PASSAM O PLANTÃO SÓ A PÃO E SUCO


Por Ricardo Murad
Vejam que absurdo!!! A situação da saúde parece mais uma novela de terror! Cada dia um fato escabroso acontecendo pela irresponsabilidade de Flávio Dino.
Esse foi o diálogo meu com um funcionário de uma UPA.
Funcionário - Dr Ricardo, esse é o jantar que está sendo servido hoje, dia 24 de julho, nas upas para os funcionários que irão passar a noite inteira de plantão. Isso é muito revoltante.
Ricardo Murad - É mesmo?
Funcionário - Sim, os funcionários estão indignados aqui! É só um para cada funcionário. É uma nova empresa que entrou há menos de um mês e já está nos deixando com fome.
Ricardo Murad - Posso publicar?
Funcionário - Pode sim!
REVOLTANTE!!!

PC do B é denunciado por fazer uso de manobras que ferem a democracia

De O Estado

A direção do MDB no Maranhão acionou o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e o Conselho Nacional de Justiça (CNJ) com pedido de providências contra manobra jurídica praticada pelo PCdoB, partido do governador Flávio Dino (PCdoB), em ações protocoladas na Justiça Eleitoral do estado.

De acordo com a sigla, o PCdoB tem usado de forma indiscriminada – na classificação de representações eleitorais -, a modalidade “sigilo de justiça” contra adversários do governador, partidos políticos e até contra jornalistas. A estratégia comunista, segundo sustentou o MDB, é tentar dificultar a defesa dos representados judicialmente, ou seja, litigância de má fé.
A assessoria jurídica do MDB anexou nas reclamações uma lista com oito representações eleitorais ajuizadas recentemente, todas de autoria do PCdoB, e que tiveram certidões e decisões proferidas por magistrados eleitorais, determinando a retirada do segredo de justiça, por não terem vislumbrado, em todos os casos apontados, “a existência de circunstância fática que justificasse a excepcionalidade nos autos”.
“A banalização do segredo de justiça fere a democracia e o direito de acesso à informação. Logo, a garantia da publicidade evidencia que os preceitos democráticos estão incorporados no âmago dos processos judiciais”, fundamentou a legenda, com referência à argumentação levantada pelo juiz Wellington Claudio Pinho de Castro.
O MDB também enfatizou que a prática da modalidade “sigilo de justiça” no protocolo de representações, compromete o acesso dos advogados da parte representada nos autos, por meio de consulta eletrônica antes de sua habilitação formal.
“Sabe-se que tal manuseio imediato é fundamental, haja vista o dinamismo dos feitos eleitorais. Tal sofisma também impede que os representados antecipem sua defesa, bem assim despachem com juízes eleitorais. Motivo: não possuem dons premonitórios. Com efeito, somente advogados da parte autora sabem, logo acompanham a tramitação do feito na seara liminar, em prejuízo da paridade das armas”, completou o partido.
A sigla também destacou que a Emenda Constitucional nº 45/2004 [Reforma do Judiciário], fortaleceu o princípio da publicidade dos atos processuais re reduziu a possibilidade de decretação de segredo de justiça, “sendo cabível apenas aos casos em que a preservação do direito à intimidade do interessado no sigilo não prejudicasse o interesse público”.
“Registra-se, que se os advogados das partes/candidatos estiverem fora das capitais onde se encontram os respectivos Tribunais Eleitorais, jamais, conseguirão saber da existência de novas demandas, pois o acesso estará limitado aos sistemas eletrônicos que não apontam as petições maliciosamente medidas para coibir o referido artifício procedimental indevidamente utilizado, tudo em detrimento da publicidade, boa-fé, não-surpresa e celeridade do processo público eleitoral”, enfatizou.
O MDB explicou que também já informou o TRE-MA da reclamação contra a suposta manobra do PCdoB e cobrou medidas do TSE e CNJ para evitar a continuidade da prática no Maranhão.
“Outrossim, pede que sejam apuradas e punidas eventuais práticas de chicana procedimental eleitoral e que seja regulamentada a matéria de litigância de má fé”, finalizou.

PRÉ-CANDIDATO AO GOVERNO DO MARANHÃO ANIBAL LINS ENTRA COM AÇÃO JUDICIAL PARA ADIAR O ENCONTRO DO PT

Por Diego Emir

O Encontro de Tática Eleitoral do PT do Maranhão marcado para esta sexta-feira (27), pode ser suspenso ou considerado, caso ocorra. Isto ocorre, pois o pré-candidato ao Governo do Maranhão, Aníbal Lins, quer que seja mantida a data do dia 2 de agosto para preservar os interesses do partido, que é a defesa de Lula Livre.


COMUNICADO
Cumpro o dever de comunicar aos companheiros e companheiras do Partido dos Trabalhadores-PT que ingressei com uma medida judicial, visando suspender a realização do Encontro Estadual de Tática Eleitoral no Maranhão nesta sexta feira, 27/07, bem como objetivando sejam declarados NULOS todos os atos praticados pela direção estadual do PT-MA, caso essa insista em contrariar a Resolução da Comissão Executiva Nacional que adiou o referido encontro para o próximo dia 02 de AGOSTO.
Caso a direção Estadual do PT cumpra a decisão colegiada da Executiva Nacional, desistirei de pronto da referida medida judicial, que visa resguardar o fiel cumprimento das deliberações das instâncias decisórias democráticas do PT.
Faço isso em nome de resguardar os interesses estratégicos e nacionais do PT, notadamente a campanha para elegermos Lula a Presidente da República, ou quem Lula indicar. Ainda que não seja concedida medida liminar, repito, todos os atos que possam vir a ser praticados amanhã pela direção estadual do PT-MA poderão vir a ser declarados NULOS.
O bom senso recomenda, portanto, que respeitemos todos nós a resolução da Comissão Executiva Nacional do PT e façamos um grande Encontro Estadual de Tatica Eleitoral no Maranhão no próximo dia 02 de AGOSTO.
Busquei no Poder Judiciário a resposta formal e lastreada no estatuto e nos regimentos do PT, que busquei junto a direção do nosso partido e que, até o momento, não obtive.
Por fim, estou com a consciência absolutamente tranquila de estar fazendo a coisa certa. Ninguém pode ser punido por estar defendendo o seu direito e tenho o direito de exigir que as decisões das instâncias democráticas do PT sejam respeitadas, inclusive na sua hierarquia.
#LulaLivre #LulaInocente #LulaPresidente #OBrasilFelizDeNovo
São Luís (MA), 26 de Julho de 2018.
ANÍBAL LULA DA SILVA LINS – Pré-Candidato ao Governo do Maranhão pelo PT

quarta-feira, 25 de julho de 2018

Flávio Dino continua abusando do poder e mais uma vez é visto usando o helicóptero da Polícia

O governador foi flagrado utilizando o helicóptero oficial do Estado para cumprir dois compromissos políticos, ambos fora da agenda oficial.

Por Jorge Aragão
Definitivamente, o governador Flávio Dino segue aprontando das suas e sendo representado na Justiça Eleitoral.
Vale lembrar que o comunista já foi multado nessas eleições e ainda é aguardado o posicionamento da Procuradoria Regional Eleitoral sobre dois casos graves – Polícia Política e Farra de Capelães – onde supostamente pode ter ocorrido abuso de poder político.
Nesta semana, Flávio Dino foi novamente representado na Justiça Eleitoral. O MDB ingressou com uma ação por abuso de poder político e econômico. O governador foi flagrado utilizando o helicóptero oficial do Estado para cumprir dois compromissos políticos, ambos fora da agenda oficial.
O assunto havia sido denunciado anteriormente nas redes sociais pela deputada estadual Andrea Murad (reveja aqui).
“Sem agenda oficial, Flávio Dino usa helicóptero da Segurança Pública para participar, em Lago da Pedra, do Círculo de Orações da Assembleia de Deus acompanhado da sua candidata ao Senado, deputada Eliziane Gama. Estou publicando as fotos que comprovam o abuso, ao mesmo tempo em que me dirijo ao procurador Eleitoral, Dr. Pedro Henrique Castelo Branco, para punir mais esse crime do governador usando recursos e equipamentos públicos, em dia de expediente e horário de trabalho, para fazer campanha política no interior do Estado”, escreveu Andrea Murad nas redes sociais.
Além de Flávio Dino, a pré-candidata ao Senado, Eliziane Gama, também foi alvo da ação, que também reforçou a recomendação recente da Procuradoria Regional Eleitoral do Maranhão sobre o envolvimento de religiosos nas eleições 2018 (reveja aqui).
O curioso é que os comunistas seguem afirmando que a vitória de Dino será tranquila e ainda no primeiro turno, mas mesmo assim, com essa “vantagem” toda, não querem cumprir as regras do jogo e seguem, a todo instante, cometendo atrocidades e sendo representados na Justiça Eleitoral.

Pesquisa do Jornal Pequeno dá vitória aos candidatos de Roseana ao Senado

A mesma pesquisa que diz que Flávio Dino (PC do B), tem 60% das intenções de votos, afirma que Sarney Filho (PV) e Edison Lobão (MDB), estariam eleitos para o Senado Federal

Por Felipe Mota

Contratado pelo Jornal Pequeno, o Instituto Exata divulgou, ontem, quarta-feira (25), um levantamento feito para o Senado Federal. Nele, aparecem praticamente empatados em primeiro lugar o senador Edison Lobão (MDB), com 24% das intenções totais de voto, e Sarney Filho (PV), com 23%.
A pesquisa afirma ainda que os candidatos do governo ao Senado, Weverton (PDT) e Eliziane Gama (PPS), tem exatos 20%.
O ex-governador José Reinaldo aparece com 16% nas pesquisas.
Waldir Maranhão, que seria candidato com o apoio do presidente Lula e do PT, mas que agora está no PSDB, apareceu bem na sondagem de votos, com 11%.
Os demais  pré candidatos,
Alexandre Almeida (PSDB) com 9%;
Preta Lú (PSTU) tem 4%;
Saulo Arcangeli (PSTU) aparece com 2%.
Brancos, nulos e indecisos somam 71%.
Se as pesquisas falassem…

Promessa pra lá de mirabolante!!! Ciro Gomes promete implantar 16 creches a cada dois dias em todo o país

O que não faz a fome pelo poder!!! De repente surgem as promessas mais mirabolantes possíveis e o pior é que as vezes o povo cai feito pato na lagoa.
Seria providencial que os candidatos se ativessem primeiramente com as condições dignas de saúde pública, com uma segurança que desse de fato o direito de ir e vir, uma educação de qualidade e não quantitativa, com uma infraestrutura que não precisasse ser refeita com pouco tempo e, assim, consuma o dinheiro do contribuinte sem pena, com o desemprego e, principalmente, com o respeito ao povo… Não se pode conceber uma proposta como essa, que além de mirabolante é uma enganação!!! 

O candidato à presidência da República pelo PDT, Ciro Gomes, diz que a prioridade do seu governo será implantar creches em tempo integral por todo o Brasil. A cada dois dias, serão criadas 16 novas unidades de creches no país, segundo o Plano de Governo do candidato. Enquanto governador do Ceará, Ciro Gomes entregou uma creche a cada dois dias.
Hoje, apenas 30% das crianças brasileiras, de 0 a 3 anos, conseguem vaga em creche. A expectativa atual é de que o Brasil leve mais 25 anos para conseguir estender o direito à creche a pelo menos metade de suas crianças de até 3 anos, embora a meta do Plano Nacional de Educação (PNE) seja a de atender no mínimo 50% dessas crianças até 2024.

Hoje, longe de atingir esta meta, o Brasil deixa de atender justamente as famílias mais pobres. Das creches que estão em construção pelo país, 57% delas ainda se encontram em construção, com obras que não chegam nem pela metade.

BOMBA! Polícia prende amigo de Flávio Dino que administrava fakes contra Roseana

O Estado

                                       Governador Flávio Dino ao lado do seu amigo Fabrício Oliveira


Uma guarnição do 3º Batalhão da Polícia Militar do Maranhão prendeu na madrugada de ontem, em Imperatriz, um dos agentes do PCdoB denunciados por divulgação de fake news contra a ex-governadora Roseana Sarney (MDB).
Segundo relato dos policiais que participaram da ação, o blogueiro Fabrício Oliveira – que se identificava como funcionário do Governo do Estado do Maranhão em uma de suas páginas em redes sociais – foi abordado em uma rua conhecida por ser acesso a bocas de fumo da cidade.
Durante a abordagem, ainda segundo a PM, nada de ilícito foi encontrado com o comunicador, que acabou preso quando se descobriu – após consulta realizada pelo Centro Integrado de Operações de Segurança (Ciops) – que havia contra ele um mandado de prisão em aberto no estado de Goiás.
Segundo apurou a reportagem, Fabrício Oliveira foi condenado a seis anos de prisão por assalto a mão armada. A pena deve ser cumprida em regime semiaberto. Há ainda, segundo dados do Banco Nacional de Mandados de Prisão, do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), um segundo mandado em aberto.
Perfis fake

A prisão do blogueiro comunista ocorre apenas dias depois da confirmação do envolvimento dele em outro crime.
Ao cumprir uma sentença do juiz federal Clodomir Reis, do Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão (TRE-MA), determinando ao Facebook a exclusão e identificação de perfis fakes criados para atacar Roseana Sarney, os advogados da rede social apresentaram, no dia 16 de julho, os IPs de acesso.
Na peça, informou-se que era Fabrício Oliveira quem administrava a página falsa, já deletada. A partir dos dados apresentados pelo Facebook, constatou-se que o blogueiro do PCdoB usava uma lan house e o próprio celular para logar-se na conta e disseminar propaganda negativa e fake news contra a ex-governadora emedebista. O fato foi comunicado, também, à Polícia Federal.
Blogueiro não está na folha, diz Secap
Em resposta ao pedido de nota de O Estado, a Secap garante que Fabrício Oliveira não tem relações com o governo.
“A Secretaria de Estado da Gestão, Patrimônio e Assistência dos Servidores (Segep) informa que Antônio Fabrício Oliveira Silva não é servidor de nenhum órgão estadual cuja folha de pagamento é processada por esta secretaria”, diz a nota
Blogueiro preso informou receber dinheiro público
Numa discussão em um dos grupos do qual participa, o blogueiro Fabrício Oliveira chegou a afirmar que recebia recursos públicos para disseminar informações pró-governo e contra adversários dos comunistas.
“Tiro nota da agência em nome do governo, assim como faço com a câmara (sic)… Minha nota é para o Estado, assim como tiro nota de prestação de serviços para a câmara municipal (sic)”, disse Oliveira.
A revelação foi feita em maio, depois de o Partido Verde denunciar à Superintendência da Polícia Federal no Maranhão e à Procuradoria Regional Eleitoral (PRE) a disseminação de fake news contra a ex-governadora Roseana Sarney (MDB) por servidores do governo Flávio Dino (PCdoB).
Assinada pelo deputado estadual Adriano Sarney, a denúncia destacava a atuação do atual secretário de Estado da Comunicação e Articulação Política, Ednaldo Neves (PCdoB) e do próprio Fabrício Oliveira, além de outros comunistas.
Eles postaram em redes sociais ou espalharam em grupos de Whats­App uma montagem em que o deputado federal Hildo Rocha (MDB) teve seu rosto trocado com o do presidente Michel Temer (MDB) para simular a presença deste num ato político da ex-governadora em São Luís, na segunda-feira, 21.
Para o PV, trata-se da comprovação de que o governo tem financiado a disseminação de fake news no Maranhão.
“Há documentos comprobatórios que levam a concluir que o sr. Fabrício Oliveira faz parte do grupo de pessoas ligadas ao Governo do Estado que recebe recurso público para produzir e disparar mensagens de conteúdo falso e violadoras da honra (objetiva e subjetiva) daqueles que firmam posicionamento contrário ao Governo Flávio Dino. O fato fora confessado pelo próprio Fabrício em grupo de WhatsApp”, destaca a representação partidária.
A representação do partido acrescenta que o uso de dinheiro público pode ser uma das explicações para o que considera “avalanche de ‘fake news’ veiculadas por meios de comunicação” ligados ao Palácio dos Leões.