sexta-feira, 29 de novembro de 2019

COMO RUBENS JÚNIOR, O CARRASCO COMUNISTA DE FLÁVIO DINO, QUER SER PREFEITO DE SÃO LUÍS?


Todos sabem que o deputado Rubens Júnior (PCdoB) sempre foi o queridinho do governador Flávio Dino para ser prefeito de São Luís, e agora o partido comunista em seu segundo mandato, controlando a máquina estatal, ficou mais “fácil” para Flávio dar continuidade ao seu plano maquiavélico!

Porém o governo e principalmente Rubens Júnior, que está no comando da Secretaria das Cidades e Desenvolvimento Urbano do Maranhão (SECID), cometeram algo horrendo com mais de 150 famílias carentes essa semana, destruindo dezenas de palafitas que estavam em uma área da avenida Quarto Centenário, na Vila Lobo, região da Camboa em São luís.



A alegação da SECID, é de que as famílias já possuíam casa própria, o que foi negado a vários moradores dessas humildes casas, sem nenhum tipo de infraestrutura digna para um ser humano, e “Digna” leva o nome de diversos projetos do governo Flávio Dino, mas que não passam de um grande engodo! 

Segundo as denúncias dos moradores, não houve uma consulta prévia por parte da SECID para conhecerem o perfil sócio econômico deles, e que não havia mandado do órgão oficial de justiça, e que o tratamento foi truculento, usando a força policial militar, e que também os protestos antes da derrubada dos barracos por tratores, não sensibilizou o governo, que não buscou realocar essas famílias em programas, onde muitos deles ficaram sem seus bens pessoais e sem ter para onde ir...

Rubens Júnior que se diz de esquerda, não tem se inspirado em grandes governos de esquerda como o de Lula, que criou diversas moradias populares, e assim como Flávio Dino fez com as famílias do Cajueiro, tem sido um grande carrasco do governador, dando grandes sinais de como vai agir, se por infelicidade dos ludovicenses ele fosse prefeito da nossa querida ilha...

Por Júlio Belargo

quinta-feira, 28 de novembro de 2019

UFMA DIVULGA NOVO MODELO ADMINISTRATIVO ADOTADO, ALIANDO MODERNIDADE E TRANSPARÊNCIA

Uma universidade mais moderna, desburocratizada e transparente, com foco em resultados e eficiência. É o princípio básico da mudança realizada pela nova gestão na estrutura administrativa da UFMA.

Pró-reitor de Planejamento, Gestão e Transparência, Walber Lins Pontes, explicou novo modelo administrativo adotado na UFMA
O novo organograma implantado pelo reitor Natalino Salgado pretende dar agilidade às demandas que a comunidade universitária almeja para os próximos quatro anos. “Tínhamos uma estrutura desatualizada. Era um formato voltado para uma estrutura por cargo ou por função, ou seja, eu precisava ter uma função para entender que eu tinha aquela atribuição. Esse modelo não é usado há muito tempo na administração”, explicou o pró-reitor de Planejamento, Gestão e Transparência, Walber Lins Pontes.
Pontes, que também é docente do curso de Administração, pontuou que a estrutura era confusa, inclusive com sobreposição de atribuições e deslocamento destas. “Havia, por exemplo, gestão de pessoas na Proen (Pró-Reitoria de Ensino) e na PPPGI (Pró-Reitoria de Pesquisa, Pós-Graduação e Inovação), logo isso dificultava, inclusive, a descentralização e uniformização de processos e procedimentos administrativos.
“Esse foi o diagnóstico inicial e, para melhorarmos o cenário, redesenhamos e constituímos uma nova estrutura, deixando essa ideia de função e inserindo uma de competências e atribuições. Agora, as áreas têm competências e atribuições, ou seja, não precisa ter uma função, para entender que aquela contribuição ou aquela competência é de uma área específica. Nós tentamos uniformizar essas competências e trazê-las para as áreas que são próprias. Como o exemplo da gestão de pessoas que estava na Proen e PPPGI, esses setores passaram a integrar a nova Pró-reitoria de Gestão de Pessoas, a antiga PRH”, pontua.
Com base nessas mudanças, o professor Walber destaca a Pró-Reitoria de Pesquisa, Pós-Graduação e Inovação, que passa a ser Agência de Inovação, Empreendedorismo, Pesquisa, Pós-Graduação e Internacionalização (Ageufma), comandada pelo pró-reitor Fernando Carvalho Silva, que tem a missão de expandir as ações da Universidade para a sociedade.
“Há vários serviços que a UFMA desenvolve e outros que tem capacidade de desenvolver, mas a sociedade, os empresários e até mesmo os estudantes da Universidade não sabem o que é produzido na Universidade. Portanto a criação da Ageufma vem para difundir o que é produzido para que possamos trabalhar essas vertentes. A Universidade possui mais de cem patentes registradas, e o que é feito com elas? Qual o resultado que essas patentes têm trazido para a comunidade? Como elas são utilizadas para solucionar a necessidade social? Tínhamos uma lacuna do que produzimos, como produzimos ou como as informações são disponibilizadas para a sociedade? A agência possui, então, o papel de atender às demandas da sociedade, tanto internas quanto externas”, detalha.
Organograma

A Pró-Reitoria de Extensão, Cultura e Empreendedorismo passa a ser Pró-Reitoria de Extensão e Cultura (Proec), sob o comando da professora Zefinha Bentivi. A pasta é responsável por fomentar atividades extensionistas e culturais promovidas pela Universidade. A Pró-Reitoria de Planejamento, Gestão e Transparência (PPGT), antes Pró-Reitoria de Administração e Finanças, passou por modificações para dar mais celeridade ao processo de gestão e dinamizar as tomadas de decisões. A Pró-Reitoria de Recursos Humanos agora é Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas (Progep), dirigida pela professora Vilma Heluy. As Pró-Reitorias de Ensino (Proen), sob o comando da professora Isabel Ibarra, e de Assistência Estudantil (Proaes), do professor Leonardo Soares, não tiveram alterações nas suas nomenclaturas. A novidade é que a Proaes passa a contar com uma diretoria de Esportes, e a Proen absorveu o Sistema Integrado de Bibliotecas.
Outra novidade é a criação das Superintendências, como a de Infraestrutura (antiga prefeitura), dirigida pelo professor Wener Miranda; de Comunicação e Eventos, pelo jornalista Fernando Oliveira; de Informação, Sistemas e Tecnologia, pelo analista de sistemas Anílton Bezerra. Na superintendência do Hospital Universitário, vinculado à Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares – Ebserh, foi reconduzida a professora Joyce Lages. “A ideia desses setores é dar mais ritmo às decisões, uma vez que as diretorias eram isoladas. Com a criação das Superintendências, o objetivo é descentralizar as ações, tornando um responsável único que possa atender às demandas e encaminhar para o reitor Natalino Salgado”, explica.
O Núcleo de Educação a Distância passa a ser Diretoria Interdisciplinar de Tecnologias na Educação (Dinte), sob a direção da professora Ana Emília de Oliveira. Essa diretoria tem a função de expandir as ações de ensino a distância, elevando o índice da Universidade em um patamar de excelência no uso das tecnologias em prol da educação.
Com todas essas mudanças, a ideia do reitor Natalino Salgado é desburocratizar, modernizar e descentralizar as tomadas de decisões. “Montamos uma equipe jovem mesclada com professores e técnicos com grande experiência para que possamos repensar a Universidade. Estamos mudando sua estrutura para podermos inserir a instituição numa gestão moderna, criativa, ágil que seja eficiente”, disse.
Walber Pontes elogiou os profissionais do quadro da UFMA no processo de gestão e na formação dos estudantes da instituição. “Temos um celeiro de competências na UFMA. Cabe ao gestor mobilizar essas competências para servir à instituição de forma organizada, inteligente, criativa e possibilitar que a Universidade desponte como órgão que presta serviços [de qualidade] para a sociedade”, afirma.
OEstado

NA DISPUTA DA PREFEITURA, EDUARDO BRAIDE FILIA-SE AO PODEMOS NESTA SEXTA-FEIRA


Parlamentar elegeu-se pelo PMN em 2018. Partido não atingiu a cláusula de barreira


Resultado de imagem para braide"

O deputado federal Eduardo Braide confirmou nas redes sociais, para esta sexta-feita 29, sua filiação ao Podemos.

O ato ocorrerá em São Luis, onde o parlamentar pretende disputar a prefeitura em 2020.

Nas eleições de 2018, Braide elegeu-se pelo PMN, partido que não atingiu a cláusula de barreira. Em uma articulação envolvendo o deputado federal Aluísio Mendes (PSC), há alguns meses garantiu o controle do Podemos, para onde já havia mandado alguns de seus assessores e correligionários mais próximos.

No PMN, seu antigo partido, colocou no comando o seu irmão, Fernando Braide.

Atual7

IBGE APONTA O MARANHÃO COMO ESTADO BRASILEIRO COM MENOR EXPECTATIVA DE VIDA

Resultado de imagem para Maranhão é o estado brasileiro com menor expectativa de vida"
O Maranhão é o estado brasileiro com menor expectativa de vida, segundo estudo divulgado nesta quinta-feira (28) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) com base em números de 2018. De acordo com o levantamento, um maranhense vive em média 71.1 anos, enquanto em Santa Catarina, é acima de 79 anos.
Segundo o IBGE, uma pessoa nascida no Brasil em 2018 tinha expectativa de viver, em média, até os 76,3 anos. Isso representa um aumento de três meses e 4 dias em relação a 2017. A expectativa de vida dos homens aumentou de 72,5 anos em 2017 para 72,8 anos em 2018, enquanto a das mulheres foi de 79,6 para 79,9 anos.
Isso representa um aumento de três meses e 4 dias em relação a 2017. A expectativa de vida dos homens aumentou de 72,5 anos em 2017 para 72,8 anos em 2018, enquanto a das mulheres foi de 79,6 para 79,9 anos.
A probabilidade de um recém-nascido do sexo masculino em 2018 não completar o primeiro ano de vida era de 13,3 a cada mil nascimentos. Já para as recém-nascidas, a chance era de 11,4 meninas não completarem o primeiro ano de vida.
A mortalidade na infância (de crianças menores de cinco anos de idade) caiu de 14,9 por mil em 2017 para 14,4 por mil em 2018. Das crianças que vieram a falecer antes de completar os 5 anos de idade, 85,5% teriam a chance de morrer no primeiro ano de vida e 14,5% de vir a falecer entre 1 e 4 anos de idade. Em 1940, a chance de morrer entre 1 e 4 anos era de 30,9%, mais que o dobro do que foi observado em 2018.
Estados – Entre as unidades da Federação, a maior expectativa de vida foi encontrada em Santa Catarina, 79,7 anos, e a menor no Maranhão, 71,1 anos. Uma pessoa idosa que completasse 65 anos em 2018 teria a maior expectativa de vida (20,4 anos) no Espírito Santo. Por outro lado, em Rondônia, uma pessoa que completasse 65 anos em 2018 teria expectativa de vida de mais 16,1 anos. Considerando-se a diferença por sexo, a população idosa masculina capixaba viveria mais 18,4 anos e a feminina, 22,2 anos. Entre as menores expectativas, estão os homens idosos do Piauí, com mais 14,7 anos, e as mulheres de Rondônia, com mais 17,3 anos.
Essas e outras informações estão disponíveis na Tábua Completa de Mortalidade para o Brasil – 2018, que apresenta as expectativas de vida às idades exatas até os 80 anos, e são usadas como um dos parâmetros para determinar o fator previdenciário, no cálculo das aposentadorias do Regime Geral de Previdência Social. A presente edição traz comparações com 1940, ano a partir do qual foi verificada uma primeira fase de transição demográfica, caracterizada pelo início da queda nas taxas de mortalidade.
Expectativa de vida – Em 1940, a expectativa de vida era de 45,5 anos, sendo 42,9 para homens e 48,3 anos para mulheres. Entre 1940 e 1960, o Brasil praticamente reduziu pela metade a taxa bruta de mortalidade (o número de óbitos de um ano dividido pela população total em julho daquele mesmo ano), caindo de 20,9 óbitos para cada mil habitantes para 9,8 por mil. A expectativa de vida ao nascer em 1960 era de 52,5 anos. Ao todo, a expectativa de vida aumentou 30,8 anos entre 1940 e 2018, chegando a 76,3 anos.
Em 1940, um indivíduo ao completar 50 anos tinha uma expectativa de vida de 19,1 anos, vivendo em média 69,1 anos. Com o declínio da mortalidade nesse período, um mesmo indivíduo de 50 anos, em 2018, teria uma expectativa de vida de 30,7 anos, esperando viver em média até 80,7 anos, ou seja, 11,6 anos a mais do que um indivíduo da mesma idade em 1940.
Por Aquiles Emir

RECURSO CONTRA A INELEGIBILIDADE DE FLÁVIO DINO E MÁRCIO JERRY SERÁ JULGADO HOJE PELO TRE

Resultado de imagem para márcio jerry e flávio dino"
O Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão (TRE-MA) deve julgar hoje (28), a partir das 15h, recursos do governador Flávio Dino e do deputado federal Márcio Jerry, ambos do PCdoB, contra decisão da juíza Anelise Reginato, que os declarou inelegíveis junto com o prefeito e o vice de Coroatá, Luis Mendes Filho e Domingos Alberto de Sousa.
Todos foram condenados por abuso de poder político e econômico nas eleições de 2016.
O processo chegou a ficar suspenso enquanto a corte julgava uma pedido de suspeição da magistrada, o que foi rejeitado por unanimidade, em outubro (relembre).
O relator do caso é o juiz eleitoral Júlio César Prazeres. O parecer do Ministério Público Eleitoral (MPE) no caso, assinado em junho pelo então procurador regional eleitoral no Maranhão, Pedro Henrique Castelo Branco, é pela reforma da sentença de primeiro grau (saiba mais).
No entendimento do procurador, um dos pontos que favorecem os condenados é o fato de a juíza Anelise Reginato, que declarou suas inelegibilidades, ter embasado sua decisão, em parte, num vídeo localizado pela própria magistrada na internet.
As defesas de Flávio Dino e dos demais denunciados alegam que eles não puderam se manifestar nos autos sobre essa prova específica. Eles chegaram a apresentar embargos contra isso, ainda na primeira instância, mas o pleito fora indeferido (reveja).
“Para embasar esta conclusão, considerou, além de degravações juntadas aos autos com a petição inicial, vídeo localizado pela própria magistrada de primeira instância no YouTube. […] O procedimento adotado pela magistrada, data venia, além de violar os princípios do contraditório, da ampla defesa e da não surpresa […], vai de encontro aos limites previstos pelo próprio art. 23 da LC 64/90″, afirmou, destacando dispositivo que diz, em linhas gerais, que os julgadores devem formar sua convicção pela livre apreciação dos fatos públicos e notórios”.
“Inobstante a facilidade de acesso à internet, nem todo material nela constante pode ser considerado fato público e/ou notório”, ponderou Castelo Branco.
Interferência
O então representante da Procuradoria Regional Eleitoral (PRE) no Maranhão também analisou alegações dos advogados de defesa de que a execução de obras do “Mais Asfalto” em Coroatá, no período das eleições, não visava a favorecer os candidatos apoiados pelo governo, mas atendia a um cronograma prévio de obras. Pedro Castelo Branco concordou com a tese.
Por Gilberto Léda

quarta-feira, 27 de novembro de 2019

EMISSÃO DE CARTEIRINHA ESTUDANTIL DIGITAL PROMETE ACABAR COM AS FRAUDES COMETIDAS POR ENTIDADES QUE COBRAM A EMISSÃO

Id Estudantil 2 970×544

O Ministério da Educação (MEC) anunciou na segunda-feira (25) o lançamento do aplicativo virtual para emissão da carteirinha estudantil digital. O ID Estudantil é gratuito e garante ao aluno o direito ao benefício de meia entrada em shows, teatro e outros eventos culturais.

Durante o lançamento, o ministro da Educação destacou que o programa digital irá garantir uma economia superior a R$ 1 bilhão. “Dependendo, o valor pode chegar a 2 bilhões. Com isso, a gente espera gerar um ganho maior para a comunidade”, afirmou Abraham Weintraub, de acordo com o G1.
Atualmente, uma lei de 2013 prevê que a carteirinha seja emitida por entidades como a União Nacional dos Estudantes (UNE) e a União Brasileira dos Estudantes Secundaristas (Ubes). Atualmente, ambas cobram R$ 35 pela carteira, além do frete.
Esse serviço é uma das principais fontes de recursos das entidades e já foi criticado pelo ministro da Educação. No atual sistema, a UNE fica com 20% do valor (R$ 7), e a Ubes, com 25% (R$ 10,50).
Os alunos que quiserem manter a carteirinha tradicional poderão solicitá-las junto às instituições e pagar o valor pedido.
Em setembro, o MEC anunciou a criação do Sistema Educacional Brasileiro (SEB), um banco de dados que deverá conter informações dos estudantes de todo o país. A proposta foi regulamentada em outubro. Uma das funções do sistema é permitir a criação da carteirinha digital, que será emitida pelo aplicativo divulgado nesta segunda.
Para abastecer o sistema com dados dos alunos, as instituições de ensino deverão enviar o número do Cadastro da Pessoa Física (CPF) dos estudantes.
Para garantir o acesso à ID Estudantil, um representante de cada instituição de ensino, pública ou particular deve enviar as informações dos alunos para o Inep, que irá alimentar o SEB.
No relatório, além do CPF, as instituições devem enviar os seguintes dados dos alunos: data de nascimento, curso, matrícula e o ano e semestre de ingresso dos estudantes.
Os alunos podem conferir se sua instituição passou os dados ao sistema em idestudantil.mec.gov.br. Caso não tenham sido cadastrados, os estudantes devem cobrar o envio diretamente na instituição em que estudam.
A emissão é feita sem custos por meio de um aplicativo de celular disponível para os sistemas operacionais Android e iOS.
Após baixar o aplicativo, os estudantes deverão tirar uma foto de rosto e da carteira de habilitação ou de um documento de identidade com foto, para comparação das imagens. Isso irá, segundo o MEC, evitar fraudes.

DEPUTADO WELLINGTON PROPÕE REDIRECIONAR R$ 15 MILHÕES DA PASTA DE COMUNICAÇÃO PARA A SAÚDE

Resultado de imagem para wellington do curso"
O deputado estadual Wellington do Curso (PSDB) apresentou emenda ao Projeto de Lei Orçamentária Anual (PLOA) 2020 do Governo do Maranhão propondo o redirecionamento de R$ 15 milhões da Comunicação para a Saúde.
Segundo ele, o objetivo é garantir, com o recurso, a construção de um hospital público veterinário em São Luís.
Se implantado, o hospital atenderá animais em situação de abandono e, também, aqueles em que seus tutores não tiverem condições financeiras para arcar com o tratamento médico.
“A população tem certeza de que destinar R$ 15 milhões à criação do Hospital Público Veterinário trará melhores resultados que, simplesmente, colocar na comunicação, para fazer propagandas. Flávio Dino gasta muito dinheiro com propaganda. E defendemos que esse recurso poderia ser melhor empregado. Não é uma questão apenas em relação aos animais, mas sim de saúde pública. Por isso, estaremos aprofundando essa discussão e fazemos questão de mostrar que é possível sim ter um Hospital Público Veterinário na capital maranhense”, afirmou o deputado Wellington.
Segundo revelou o Blog do Gilberto Léda no início da semana, o objetivo do governo Flávio Dino (PCdoB) é que a Secretaria de Estado da Comunicação e Assuntos Políticos (Secap) conte com R$ 76,6 milhões no ano que vem – o valor é R$ 13 milhões maior que os R$ 63 milhões destacados no Orçamento aprovado e em execução em 2019 (reveja).
Por Gilberto Léda

AS DELIBERAÇÕES NECESSÁRIAS QUE ESTÃO SENDO TOMADAS NA UFMA

Resultado de imagem para UFMA LIVRE"
O professor Natalino Salgado terá pela frente, muito provavelmente, o maior desafio da história da Universidade Federal do Maranhão (UFMA). Arruinada pelo PCdoB, a universidade agora terá no médico a última esperança de expurgo da praga que a tirou do lugar confortável em que se encontrava e a afundou no caos administrativo e financeiro. A tarefa não será fácil e deve ser encarada com firmeza. Ao não nomear Allan Kardec como vice-reitor e prometer uma devassa nas contas da UFMA, Salgado dá sinais inquestionáveis de que pretende passar a UFMA a limpo. Isso pelo bem de alunos, professores e técnicos.
HISTÓRIA E FATOS
Nas últimas décadas a comunidade acadêmica sempre optou por nomes de caráter técnico do Centro de Ciências Biológicas e da Saúde (CCBS) para gerenciar sua administração. Como resultado, enquanto o noticiário nacional era recheado pela falência de universidades federais por todo o Brasil, a UFMA seguia como uma espécie de oásis.
Notícias como de cortes de energia, atrasos de salários, congelamento de serviços, falta de segurança, sucateamento de aparelhos e prédios em ruínas não eram uma realidade preponderante na UFMA até a chegada de Nair Portela, Allan Kardec e do PCdoB ao poder.
Foram anos de crises financeiras em TODOS os setores e nunca antes na história daquela universidade se pode constatar uma reitoria tão despreparada e corrupta. Por que despreparada? O processo de modernização que antecedeu a chegada do PCdoB foi substituído por uma paralisação e um retrocesso. O canteiro de obras se tornou um cemitério de ruínas e a eficiência administrativa deu lugar a politicagem barata. Por que corrupta? Recentemente vários seguranças de vários setores da universidade entraram em greve. Os trabalhadores alegaram que não estavam recebendo alguns benefícios, mesmo com os pagamentos sendo realizados em dias. Ou seja: no mínimo o represamento dos benefícios dos trabalhadores contava com a anuência da reitora Nair Portela.
Até mesmo o setor esportista, que sempre contou com o apoio da reitoria, ficou sem participar de uma série de eventos esportivos por falta de incentivo.
PULSO FIRME PARA SALVAR O PRESENTE E O FUTURO
Não será com acordos espúrios ou concessões suicidas que o reitor Natalino Salgado irá conseguir tirar a UFMA do atoleiro em que Nair Portela e o PCdoB enfiaram a universidade. Ao não nomear Allan Kardec, Salgado demonstra que pretende agir de forma objetiva e clara em sua política de reconstrução da universidade. Poderia nomear o comunista, Allan Kardec é militante histórico do PCdoB, e fazer o que o PCdoB sempre faz: isolar o adversário. Fez a opção pela guerra declara à luz do dia ao invés do porão das conspirações.  
O presente e o futuro da comunidade acadêmica precisam emergencialmente de uma gestão que identifique os problemas e reconduza as coisas ao lugar em que deveriam estar.
O tempo da politicalha que arruinou a universidade, ao que tudo indica, chegou ao fim.
Por Linhares Júnior

VEREADOR BETO CASTRO SE ENVOLVE EM CONFUSÃO E REGISTRA BOLETIM DE OCORRÊNCIA


Vereador Beto Castro registrou um Boletim de Ocorrência (B.O) sobre o ocorrido.

Na tarde de ontem, 26, o Blog do Maldine Vieira publicou – sem citar nomes, uma confusão envolvendo um vereador de São Luís nos últimos dias, (Reveja).
Foi só o caso ganhar grande repercussão na mídia para que vazasse o Boletim de Ocorrência (B.O).
Ainda na tarde de ontem, uma fonte do blog enviou a cópia do Boletim que envolve o vereador Werbeth Macedo Castro, conhecido como Beto Castro, e dois homens identificados como Gilberto Mendes e Fernando Sérgio Mendes.
Ambos são moradores do bairro de Fátima.
De acordo com o B.O, a confusão começou por conta de desavença política e um débito envolvendo a compra de um veículo caminhão.
Segundo Beto Castro, os dois homens o procuraram para resolver a situação da documentação do veículo, e acabaram iniciando uma forte discussão ao ponto de quase chegarem as vias de fato.
Ainda de acordo com o parlamentar, em outro momento quando chegava em casa observou os dois homens armados com pedaços de pau, dizendo que iriam resolver suas desavenças.
Se sentindo ameaçado, Casto registrou o caso no plantão central da Cajazeiras.
Veja abaixo:
Por Maldine Vieira

NO DESESPERO PARA CHAMAR ATENÇÃO DOS ELEITORES, TALITA LACI E OCILÉIA PASSAM VERGONHA EM RAPOSA-MA

Essa semana no município de Raposa/MA, foi vexatória. A atual prefeita, Talita Laci, tentou dá uma de boa samaritana e fez uma mega cerimônia com sua equipe para inauguração de uma Caixa Eletrônico 24h num mercadinho próximo à praça Chico Noca.
Nas redes sociais os internautas acharam medíocre e ridícula a situação de querer aparecer e tentar desvincular a sua péssima imagem administrativa.
Do outro lado a ex-candidata a prefeitura, Ociléia Fernandes, tentou lacrar com a população raposense fazendo de uma simples entrega de um pequeno caminhão e um posto de gelo um ato apoteótico perante a população, isso querendo aumentar sua já pequena popularidade, visando as eleições municipais.
É lamentável essas situações, benefícios são trazidos para a população, mas na Raposa tem uns que sempre querem tirar casquinhas de tudo, inclusive quando se trata de ganhar notoriedade.
Blog do Rony Cardoso

terça-feira, 26 de novembro de 2019

O VALE TUDO DE FLÁVIO DINO NA TENTATIVA DE BUSCAR APOIO PARA SUA CANDIDATURA EM 2022

Todos contra Braide poderá ganhar um novo ingrediente picante, o toque feminino da filhota do Sarney, Roseana.

Resultado de imagem para roseana e flavio dino"
São inegáveis os movimentos do grupo Sarney em favor da maquina pública, além do campo político, somam-se os negócios, a TV Mirante, que perdeu o lucrativo espaço para as emissoras Difusora, do grupo Lobão,  já estaria contemplada pelos 70 milhões, que a Secretaria de Comunicação do estado deverá gastar, com direito a aditivos que, somados, podem chegar na casa dos cem milhões apenas no ano eleitoral de 2020. Ninguém perde!

Roseana vestida de vermelho:
Não se decepcionem se o jovem Duarte Júnior deixar o PCdoB e for impedido pelas forças contrárias. A explicação é lógica, Dino quer todo apoio possível para sua eleição em 2022.
Antes de entrar na questão política, quero lembrar que o partido de Flávio Dino, o PCdoB, se quisesse dividir o bolo de forma equilibrada não mexeria de forma equivocada naquele que poderia ser o efeito surpresa nas eleições que se aproximam de 2020.
MDB de Roberto Costa lançará Roseana prefeita:
Mas o PCdoB quer “limar” Duarte Júnior, justamente o pré-candidato a prefeito que teria mais chances de aglutinar  votos para o PCdoB nas eleições municipais de São Luís?
Sim. Aquilo que mais importa para os comunistas é 2022, ter no pacote de Flávio Dino o partido de Sarney, MDB de Roberto Costa, João Alberto, se possível com Roseana Sarney eleita prefeita de São Luís, e tudo o mais.
Se o deputado federal Eduardo Braide souber mexer, poderá ganhar a eleição de 2020, no primeiro turno, mas se repetir o mesmo de 2016, será um adeus geral. Olha em volta, Braide.
Se Braide falhar de novo, seja bem vinda de volta, pelos braços de Flávio Dino, prefeita Roseana.
Agente de Sarney, o líder do MDB costura alianças com Flávio Dino. Confira abaixo o protagonismo comunista do ex-oligarca, Roberto Costa:
Ex-sarneysista de carteirinha só vota com o governo, ainda que seja para prejudicar a população:

Por Ricardo Santos

BUMBA MEU BOI DO MARANHÃO PODE SE TORNAR PATRIMÔNIO CULTURAL IMATERIAL DA HUMANIDADE

O Bumba Meu Boi do Maranhão pode receber o título de Patrimônio Cultural Imaterial da Humanidade pela Unesco. A candidatura será analisada pela Unesco nos próximos dias 10 a 12 de dezembro, durante a 14º reunião do Comitê Intergovernamental, que será realizado em Bogotá, na Colômbia.
Reconhecido pelo Iphan (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional) como Patrimônio Cultural do Brasil em 2011, o bumba meu boi realizado no Maranhão é considerado um “Complexo Cultural” por congregar diversos bens culturais associados em uma manifestação.
Em termos de expressão popular, o Bumba Meu Boi possui performances dramáticas, musicais e coreográficas, no plano material, podem ser apreciados o artesanato das indumentárias, os bordados feitos no couro do boi, os instrumentos musicais que são confeccionados artesanalmente.
Se ganhar o título, o Complexo Cultural do Bumba meu Boi será o sexto bem brasileiro a integrar a lista internacional junto com a Arte Kusiwa – Pintura Corporal e Arte Gráfica Wajãpi (2003), o Samba de Roda no Recôncavo Baiano (2005), o Frevo: expressão artística do Carnaval de Recife (2012), o Círio de Nossa Senhora de Nazaré (2013) e Roda de Capoeira (2014).
Por Juraci Filho

GOVERNO DE FLÁVIO DINO NÃO REPASSA DINHEIRO QUE 42 DEPUTADOS ESTADUAIS DESTINARAM AO HOSPITAL ALDENORA BELO

A Fundação Antônio Jorge Dino, mantenedora do Hospital Aldenora Bello, referência no tratamento de câncer no Maranhão, aguarda até hoje o governador Flávio Dino fazer a transferência das emendas coletivas dos deputados estaduais aprovadas no dia 24 de outubro passado para ajudar no pagamento de fornecedores. O dinheiro, no total, é da ordem de R$ 4,2 milhões.


Sensibilizados com a situação do hospital, que enfrenta problemas com sua manutenção, 42 deputados se reuniram e decidiram enviar dos recursos de suas emendas parlamentares  R$ 100 mil cada um, totalizando os R$ 4,2 milhões. À época, o governo fingiu que concordou, mas não transferiu nenhum centavo para a Fundação Antônio Jorge Dino.
Imaginando que o dinheiro havia sido transferido, credores começaram a cobrar da fundação seus pagamentos, tendo alguns até suspendido o fornecimento. Os deputados, embora tenham cumprido com a palavra, não cobram do governo que faça a sua parte.
Por Luis Cardoso

PROFESSOR MARCOS FÁBIO É O MAIS NOVO VICE-REITOR DA UFMA

Resultado de imagem para PROFESSOR DA UFMA Marcos Fabio"

Pela primeira vez na história da UFMA, o vice-reitor será um professor de um campus do interior do estado. Marcos Fábio é defensor da criação da Universidade Federal do Sul do Maranhão.

Marcos Fabio Belo Matos é Licenciado em Língua Portuguesa pelo Centro Federal de Educação Tecnológica do Maranhão (1997), bacharel em Comunicação Social/ Jornalismo pela Universidade Federal do Maranhão (1997), especialista em Língua Portuguesa pela Faculdade Atenas Maranhense (2004), mestre em Comunicação e Cultura pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (2000), doutor em Linguística e Língua Portuguesa pela UNESP/Campus de Araraquara (2010) e pós-doutor em Comunicação pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos (Unisinos). Atualmente é professor adjunto IV dos Cursos de Jornalismo e Pedagogia da UFMA, campus de Imperatriz (CCSST).



*Perfil – fonte: Diego Emir.

COMEÇOU ONTEM O IX CONGRESSO ESTADUAL DO MINISTÉRIO PÚBLICO DO MARANHÃO


Teve início na manhã desta segunda-feira (25), no auditório da Procuradoria Geral de Justiça, em São Luís, o IX Congresso Estadual do Ministério Público do Maranhão, com o tema “O Ministério Público na indução de políticas públicas”.

A conferência de abertura foi ministrada pelo vice-presidente do Tribunal Superior Eleitoral e ministro do Supremo Tribunal Federal, Luís Roberto Barroso. No início dos trabalhos, o diretor da Escola Superior do Ministério Público do Maranhão, Márcio Thadeu Silva Marques, afirmou que o congresso trata dos desafios do Ministério Público ao promover a dignidade da pessoa humana.


“Há outros caminhos além da judicialização? Como a nossa instituição deve se conduzir em sua missão constitucional, possibilitando amplo e necessário controle social sem a ideologização da sua conduta?”, foram alguns dos questionamentos apresentados.

Márcio Thadeu Marques também ressaltou a importância do evento ir além do público interno, dialogando com a sociedade “na busca permanente da captura de suas aspirações, ajudando assim a formar o ciclo de políticas públicas, indispensável para a instituição e efetivação de direitos”.



O procurador-geral de justiça, Luiz Gonzaga Martins Coelho, destacou que o objetivo do Congresso é fomentar a reflexão sobre as possibilidades de intervenção do Ministério Público no processo de indução de políticas públicas. “É indispensável repensar sobre a importância e os caminhos do Ministério Público para a sociedade brasileira contemporânea”, afirmou.

Luiz Gonzaga Coelho também falou sobre a realidade polarizada atual, na qual “busca-se a judicialização da política e a politização da justiça” e marcada por conceitos como pós-verdade, fake news e desinformação. Nesse contexto, o chefe do MPMA reforçou a importância da autocomposição e da atuação em rede em busca de soluções para os problemas sociais.

Compuseram a mesa de abertura do evento o corregedor-geral do MPMA, Eduardo Jorge Hiluy Nicolau; o desembargador José Luís Oliveira de Almeida, representando o Tribunal de Justiça do Maranhão; o deputado Roberto Costa, representando a Assembleia Legislativa; a procuradora-geral de justiça do Ministério Público de Roraima, Janaína Carneiro Costa; a ouvidora do MPMA, procuradora de justiça Rita de Cassia Maia Baptista; o procurador-chefe da Procuradoria Geral da República no Maranhão, José Raimundo Leite Filho; o procurador de contas Jairo Cavalcanti Vieira, representando o presidente do Tribunal de Contas do Estado, Nonato Lago; o presidente da Câmara Municipal de São Luís, Osmar Filho; o procurador-geral de contas, Paulo Henrique Araújo dos Reis; o presidente da Associação do Ministério Público do Maranhão, Tarcísio José Sousa Bonfim; o defensor público-geral do Maranhão, Alberto Bastos Pessoa; o superintendente de Controle Externo do Tribunal de Contas da União, Alexandre Walraven; e o juiz Holídice Barros, representando a Associação dos Magistrados do Maranhão.

Por Ricardo Farias

segunda-feira, 25 de novembro de 2019

POLÍCIA CIVIL APREENDE FUZIS NO PIAUÍ QUE SERIAM USADOS EM ATAQUES A BANCO NO MARANHÃO

A Polícia Civil dos estados do Maranhão e Piauí apreenderam neste domingo (24), nas cidades de Valença-PI e Monsenhor Gil-PI, vários fuzis que seriam utilizados em ataque contra instituições financeiras.

O sítio onde estavam escondidos fuzis servia como ponto de apoio para uma quadrilha especializada em assaltos a bancos no Nordeste. Operação integrada entre as polícias do Piauí, Maranhão e Rio Grande do Norte resultou na apreensão do armamento pesado e em informações que vão auxiliar nas investigações. As armas estavam enterradas no quintal do imóvel. 


O coordenador do Grupo de Repressão ao Crime Organizado (Greco), delegado Tales Gomes, acrescenta que foi apreendido um veículo usado pelos criminosos em um assalto no mês de outubro em Tutóia. “Foram feitas oitivas e agora avançaremos nas investigações”, concluiu o delegado. Com informações do Cidade Verde.



MA10

MDB ANUNCIA QUE VAI OFICIALIZAR PRÉ-CANDIDATURA DE ROSEANA SARNEY PARA DISPUTAR A PREFEITURA


O deputado estadual Roberto Costa reafirmou hoje (25), em discurso na Assembleia, que o MDB vai oficializar o lançamento do nome da ex-governadora Roseana Sarney à Prefeitura de São Luís.
Segundo ele, a confirmação deve ocorrer em evento com a presença do presidente nacional da sigla, o deputado federal Baleia Rossi, na semana que vem (saiba mais).
“O partido vem declarar nosso apoio a nossa definição em relação ao nome da ex-governadora em São Luís”, disse Costa.
O parlamentar é um dos maiores entusiastas da candidatura (veja).
Por Gilberto Léda

FLÁVIO DINO DETERMINA CORTES GIGANTESCOS DE RECURSOS NA CULTURA E ESPORTE

O governador Flávio Dino (PCdoB) determinou cortes estratosféricos nas verbas destinadas às pastas de Cultura e Esporte.
No caso da Secult, o orçamento caiu quase pela metade: de R$ 127,4 milhões em 2019, para 75,3.
São aproximadamente R$ 50 milhões a menos (R$ 11 milhões dos quais foram para o Turismo, que até o início deste ano estava na mesma pasta).
No Esporte, queda parecida: se em 2019 a Sedel teve R$ 46 milhões, em 2020 contará apenas com R$ 28,5.
São quase R$ 18 milhões a menos.
Blog do Gilberto Léda